Conta de luz continua com bandeira tarifária mais cara em setembro

Energia mais cara para os brasileiros

A bandeira tarifária da energia elétrica acionada para este mês de setembro vai ser vermelha patamar 2, e os brasileiros deverão pagar R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, a bandeira continua nesse patamar em razão das condições hidrológicas ainda desfavoráveis e pela redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN). Afirmação que o especialista em energia Renato Queiroz contesta.

“O que é importante dizer para todos é que vai continuar, a conta de luz mais alta. Ah, o armazenamento da energia dos reservatórios não são suficientes, esta é a explicação. Não chover, a culpa é da chuva. Não! Mas por quê? Todo ano isso. Por quê? Se as usinas estão poucas, se as usinas não estão conseguindo armazenar, então tem que botar mais usinas, poderia ter uma questão dessa.”

Continue lendo



Polícia sobe morro e retira bandeira de facção criminosa em Mãe Luiza

Bandeira com siglas do Sindicato do RN é retirada de morro em Mãe Luíza pela PM –
(Foto: Cedida via Portal BO)

Do Portal BO – Policiais militares lotados na Companhia Ambiental retiraram na manhã desta terça-feira (11), uma bandeira contendo identificações de uma facção criminosa instalada em uma área do bairro considerada de preservação ambiental. O pedaço de tecido pintado com tinta verde estava preso a galhos de árvores.

De acordo com o Major Eduardo Franco, assessor de comunicação da Polícia Militar uma equipe da corporação participava de um ato social em uma escola da comunidade quando percebeu a bandeira no local. “Assim que vimos acionamos a Cipam (Companhia de policiamento ambienta), que em poucos minutos retirou a bandeira do alto do morro“, disse.

O oficial ainda informou que diariamente outras unidades da PM realizam operações no bairro com a finalidade de prender indivíduos em conflito com a lei e apreender produtos ilícitos como drogas e armas ilegais. Qualquer morador pode denunciar a atuação de criminosos ligando para o disk denúncia através do 181.