Denúncia Popular: Vereadores receberam defesa do prefeito Batata

Câmara recebeu defesa de Batata

Marcos Dantas destaca em seu blog que a Câmara de Vereadores de Caicó recebeu na última quarta-feira (26), data limite para o acolhimento, a defesa por escrito do prefeito Robson Araújo acerca da denúncia popular, apresentada na Casa Legislativa pelo caicoense Filipe Costa.

A Comissão que é presidida pelo vereador Erinaldo Lino e que tem como relator o vereador Alisson Jackson, juntamente com os demais membros do grupo irá analisar a defesa e em seguida e posteriormente se pronunciará sobre os trâmites que serão seguidos de acordo com o regimento interno.



Batata se diz vítima de articulação que tenta lhe derrubar da Prefeitura

Batata se diz vítima de articulação por golpe

O prefeito Batata Araújo (PSDB), disse na manhã desta terça-feira (27), que está sendo vítima de pessoas que estão engendrando um golpe para lhe tirar a gestão. Contou que vai mostrar detalhadamente como está sendo montado o esquema que lhe acusa de ter praticado atos de improbidade administrativa.

Não querem que um simples radialista, que não tem família tradicional, possa trabalhar como eu estou, mas, eu estou tranquilo. Tem uma tentativa de golpe, nós já até descobrimos como está sendo planejado isso e ainda hoje teremos novidades sobre isso. O golpe parte de muita gente que está articulando o poder pelo poder. Gente que quer mais de 100 cargos“, disse.

Ele conta também que pagou as contas de energia dos prédios públicos como os demais gestores pagaram. É o caso de Roberto Germano e de Bibi Costa.

Olha que movimento político está acontecendo em Caicó…todos os prefeitos, desde a chegada da taxa da Cosip, pagaram conta de energia dos prédios públicos do Município e não tem crime nisso. Agora, na Câmara, receberam a denúncia de um cidadão mandado investigar isso (pagamento de conta de energia dos prédios públicos) e a vereadora Rosângela que assinou o recebimento da denúncia, deu entrada em um requerimento solicitando que a Prefeitura continuasse pagando a energia do prédio do Açougue. O presidente da Câmara (Odair Diniz), fez um pronunciamento (está gravado em áudio e vídeo) dizendo que a gente não pode deixar de pagar a conta de energia do referido prédio. Então, quem está certo? Quem é que está errado? Isso é ato político!“, declarou.



Câmara detém poder para cassar mandato de Batata

A Câmara de Vereadores de Caicó tem o poder de afastar o prefeito Robson Batata Araújo. De acordo com o relatório da CEI da Cosip, duas vertentes estão sendo trabalhadas:

A primeira, trata dos atos de improbidade onde uma Comissão de Vereadores entregará a Procuradoria Geralde Justiça e ao TCE a cópia do relatório.

A outra, trata das infrações político-administrativas conforme do decreto 201/67 que pode gerar a possível cassação do gestor de Caicó.

*Do Blog de Robson Pires



Câmara vai apurar pagamento de energia de prédios públicos feito por Batata

Nova CEI é instalada na Câmara de Vereadores de Caicó

Uma nova Comissão Especial de Investigação – CEI está sendo instalada na Câmara Municipal de Caicó. O objetivo agora é apurar as denúncias feitas pelo popular, Felipe Costa, a cerca do pagamento da energia elétrica de prédios públicos pela Prefeitura Municipal.

De acordo com a denúncia, o gestor, Robson Araújo (PSDB), teria desrespeitado o artigo 4º, VII e VIII do Decreto-Lei
nº 201, de 27 de fevereiro de 1967, e cometido infração político-administrativa sujeita ao julgamento pela Câmara de Vereadores.

O dispositivo destaca a omissão e negligência na defesa de bens, rendas direitos ou interesses do Município e ainda que teria ocorrido falha por causa da suspensão do fornecimento de energia elétrica nos prédios públicos municipais por negligência da equipe técnica, uma vez que que deixaram débitos em aberto, apesar de devidamente notificados.

A nova CEI é composta pelos líderes dos partidos da Câmara de Vereadores, mas, pode ocorrer mudança entre os membros o que deve ocorrer até a próxima sessão na quarta-feira (28).



Vereador Odair denúncia que Batata pode ter pago obra não realizada

Odair Diniz fez denúncia contra o prefeito Batata

Durante a sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (26), uma denúncia feita em plenário chamou a atenção. O presidente da casa, vereador Odair Diniz (PSDC), disse que existem indícios de que o Prefeito Batata Araújo, pagou a empresa Real Energy LTDA. por obra que não foi realizada. A empresa teria sido a mesma que no final de 2016, o então prefeito Roberto Germano, não pagou por que não tinha identificado a suposta execução da expansão da rede elétrica que compreende entre o posto Santa Cruz, no Bairro Barra Nova e o cemitério morada da Paz, na saída para o perímetro irrigado Sabugi. O trecho é de 2,2 quilômetros.

O Ministério Público pediu dentro da Operação Blackout todas as licitações, tomada de preço e pregão presencial, além do contrato feito em 2016 pelo Município de Caicó, na gestão de Roberto Germano com a empresa Real Energy LTDA.



Caicó: CEI da Cosip indiciou Roberto Germano, Bibi Costa e Batata

A Comissão Especial de Investigação instalada na Câmara de Vereadores de Caicó, para apurar supostos desvios dos recursos da Contribuição de Iluminação Pública, concluiu pelo indiciamento dos ex-prefeito Roberto Germano, Bibi Costa e o atual gestor, Robson Araújo (Batata).

O relatório conclusivo da investigação foi divulgado na manhã desta segunda-feira (19), pelos vereadores, Rangel Araújo (PDT) e Alisson Jackson (PROS).

De acordo com o relatório, os indiciados incorreram em erros e praticaram atos de improbidade administrativa. Com isso, tendo em vista a aplicação irregular dos recursos da COSIP, ficou estampado e caracterizado o favorecimento ilegal, dos permissionários no município de Caicó/RN.

O atual gestor desrespeitou a Lei 201 de 1967, com infração político-administrativo sujeita ao julgamento pela Câmara de Vereadores, tendo em vista que, respectivamente, praticou ato de sua competência ou omitiu-se na sua prática, e omitiu-se ou negligenciou-se na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do Município, sujeitos à administração da Prefeitura.



Caicó: Servidores em greve param sessão ordinária da Câmara pedindo o impeachment de Batata

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Caicó desta segunda-feira, (20), foi interrompida pelos servidores da Prefeitura de Caicó em protesto pelo atraso nos seus pagamentos.

Com gritos de “Fora Batata” e “Estamos em Greve”, eles fizeram intervenção na sessão até que o Presidente do Legislativo, vereador Odair Diniz (PSDC), garantiu que os receberia em reunião quando do termino da sessão de hoje.

Os manifestantes também querem que a Câmara faça tramitar e vote o impeachment do Prefeito Batata.




Em responta a pronunciamento de Vivaldo, Batata pede que o deputado lute por Caicó

Batata responde críticas de Vivaldo feitas na ALRN

O prefeito de Caicó, Robson Araújo Batata (PSDB), convocou a imprensa para uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (17). Ele falou sobre diversos assuntos, entre eles, saúde, comissão que investigará o uso do dinheiro da Cosip, o corte da energia elétrica nos prédios públicos, ocorrido recentemente por falta de pagamento e por fim criticou o deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) que tinha feito pronunciamento na ALRN e também criticado sua gestão.

O gestor caicoense disse o deputado Vivaldo Costa só pensa em política e que o mesmo deveria trabalhar mais por Caicó. “Com todo o respeito a história dele, o que foi que aconteceu em Caicó nos últimos anos? Vivaldo, aliado político de todo governo que entra lá. Até de Henrique Alves, ele foi aliado, votou, pediu voto, se aliou a Robson, que votou contra. Ele é governo. E porque Caicó não avançou mais? E porque não chegaram tantas obras aqui? Então, eu quero pedir ao deputado, que esqueça a política um pouco e vamos pensar no povo. Deputado, vamos agir. O senhor é aliado do Governo. Bata forte aí na porta do Governo. Cobre segurança, cobre investimentos na saúde, já que é a sua área. Cobre investimentos para a geração de emprego, eu estou fazendo isso, mas, eu sou só o prefeito“, disse.

No final, disse ainda que política se faz no momento certo, fazendo referência ao pleito eleitoral de 2018 que se avizinha.

Então, só criticar, bater, crítica, rede social, isso atrapalha. Nós queremos trabalhar. A política se faz num outro momento, no momento certo, 2018, está chegando. Nós teremos vários candidatos, entre eles, Vivaldo Costa“, relatou.





Segundo Batata, empresas de Caicó não se interessaram por licitação da Ilha

O prefeito de Caicó, Batata Araújo, usou suas contas nas redes sociais para o que a sua assessoria está dizendo ser um esclarecimento sobre a programação que será desenvolvida na Ilha de Sant’Ana, por ocasião da festa da padroeira do município.

Nos últimos dias, muitas informações têm circulado sobre a realização dos eventos na Ilha durante a Festa de Sant’Ana 2017. O município de Caicó realizou licitação para exploração do espaço da ilha, porém as empresas locais não se interessaram”, explicou.

Segundo o Gestor, após a licitação dar deserta (realizada no dia 13 de julho), o Município foi procurado por empresários de Natal que se interessaram em explorar o espaço e realizar os eventos da ilha de Sant’Ana. “Nosso setor jurídico esteve interagindo com eles e tomando as providências necessárias”, destacou Batata.

A solicitação foi formalizada e a empresa RS Eventos (do empresário Ricardo Simineia) pagará os 70 mil reais que previa o edital para explorar o espaço da Ilha. Ficará ao seu cargo, organizar toda estrutura e contratar as bandas. “Teremos uma grande festa com atrações de renome nacional e tudo isso viabilizado sem gastos de dinheiro público. Amanhã a empresa deverá está formalizando as atrações, como por exemplo, Solange Almeida, que já foi anunciada pelo seu empresário”, concluiu o prefeito.



Prefeito Batata disse que empresa Prátika ainda lhe deve R$ 20 mil

O prefeito Robson Araújo (Batata), disse ao Blog Sidney Silva que o dinheiro citado pelo MPF que ele teria recebido, realmente foi para ele, mas, para o pagamento dos serviços de locução prestados para a campanha de Henrique.

Foram 20 mil reais pagos pelo trabalho de locução da campanha. “Eu era o locutor da campanha e recebi 20 mil, mas, ainda estão me devendo 20 mil. Eu estou processando a empresa Prátika porque não me pagou o restante do dinheiro até hoje“, disse.



MPF diz que políticos seridoenses receberam dinheiro de Henrique em 2014

O Ministério Público Federal, na denúncia ofertada contra Henrique Eduardo Alves, Eduardo Cunha e outras pessoas, afirma que os dados bancários obtidos revelam que a empresa PRATIKA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS LTDA. serviu como instrumento para compra de apoio político para Henrique Eduardo Lyra Alves na campanha ao Governo do Rio Grande do Norte em 2014.

Sob o pretexto de prestar serviços de “militância e mobilização de rua”, a empresa recebeu valores que, posteriormente, serviram na realidade para pagar políticos e pessoas politicamente relacionadas no Rio Grande do Norte, em troca do apoio ao candidato.

Entre os nomes citados pelo MPF estão o do vereador caicoense, Lobão e do prefeito de Caicó, Robson Araújo (Batata).

O vereador Lobão Filho teria recebido R$ 30.300,00 e o prefeito Batata, R$ 20.000,00.



Polícia Militar de Caicó ganhará sistema de rádios digitais e de monitoramento por câmeras

O prefeito Robson Araújo “Batata”, anunciou no programa Comando Geral da Rádio Caicó, na manhã desta quinta-feira (11), que o sistema de rádio do 6º BPM vai ser trocado pelo digital. Atualmente, os rádios usados pelos policiais são analógicos. A cidade ainda vai ganhar o sistema de vídeo-monitoramento em parceria com o Ministério da Justiça.

Caicó será contemplado ainda em 2017 com um sistema de comunicação digital criptografado para ser usado no COPOM (Central de Operações da PM) e nas viaturas. Os equipamentos já foram adquiridos e estão sendo transportados pela fornecedora internacional Motorola. Caicó também receberá na próxima semana equipes do Ministério da Justiça para apresentar o sistema SINESP/CAD, projeto pioneiro onde a cidade será a primeira do Brasil a receber. No novo sistema, todas às ocorrências do COPOM serão monitoradas em tempo real pela Secretaria de Segurança e Ministério da Justiça“, disse.

Participaram da reunião, o Prefeito Batata; o Coronel Florêncio, adjunto da SESED; Coronel Macedo do CIOSP e Marcelo Nita engenheiro da Motorola e os secretários da gestão municipal.