ATENÇÃO: Agências da Caixa abrem duas horas mais cedo a partir desta segunda, dia 4

Agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo a partir desta segunda, dia 4

A partir desta segunda-feira (4) a Caixa vai antecipar em duas horas a abertura de todas as agências do país. Com a mudança – pensada para agilizar o atendimento e evitar grandes filas e aglomeração de pessoas aptas a receber o auxílio emergencial de R$ 600 – as unidades passarão a funcionar de 8h às 14h. Desde 22 de abril, 1.102 agências já vinham funcionando nesse horário.

O banco também anunciou, a partir desta segunda-feira, um reforço no número de vigilantes nas agências. Serão mais 2.800 que vão se juntar aos 2 mil que já estavam atuando. Além deles, outras 389 recepcionistas vão reforçar orientação e atendimento ao público.

O presidente da Caixa, Pedreo Guimarães, participou dos atendimentos no sábado, dia 2, e falou em vídeo sobre a abertura das agências aos sábados e sobre o empenho do banco em pagar o #AuxilioEmergencial para os brasileiros.

*Leia a notícia completa da Agência Brasil, aqui


Juiz federal vê excesso do INSS em alguns cortes de benefícios

Juiz Federal, Carlos Wagner Dias, diz que é grande o número de restabelecimentos de benefícios cortados pelo INSS no RN – (FOTO: Sidney Silva)

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte, está recebendo nos últimos meses, uma demanda considerável de processos de pessoas tentando reaver os benefícios que foram cortados pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, depois de ser realizado um pente fino determinado pelo Governo Federal.

Os filtros impostos estão fazendo com que benefícios previdenciários, de pessoas que já se encontram aposentadas por invalidez ou já estão recebendo o auxílio doença, seja cortado. As pessoas, naturalmente, com o benefício cortado, vem ao Judiciário para tentar restabelecê-lo. Todo desajuste que ocorre na sociedade, a Justiça Federal, é um termômetro, pois, quando existe um aumento na demanda nossa, significa dizer que alguma coisa está errada na sociedade“, disse o juiz federal, Carlos Wagner Dias.

O magistrado relata ainda que também é grande o número de concessão de benefícios e o restabelecimento dos que foram cortados. “Tem me impressionado o aumento no número de concessões de benefícios e de restabelecimentos, o que mostra que o INSS, em certas medidas, tem abusado um pouco nesses cortes, claro que existem pessoas que recuperam a sua capacidade laborativa, mas, existe uma quantidade grande de pessoas que consegue voltar a receber o seu benefícios porque estão incapazes“.


INSS convoca mais 94 mil segurados para revisão de benefícios

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) convocou 94 mil segurados que recebem aposentadoria por invalidez ou auxílio-doença para a revisão de benefícios por incapacidade. A lista com os nomes de quem precisa comparecer ao INSS foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira (23).

O intuito é combater as fraudes no pagamento dos benefícios e garantir o direito a quem realmente precisa. Foram convocados os beneficiários não encontrados por alguma inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou a perícia no prazo estipulado.

Continue lendo