Bispos católicos prorrogam medidas restritivas em Igrejas até 17 de março

Igrejas seguem com restrições

Os bispos da Igreja Católica no Rio Grande do Norte, Dom Jaime Vieira Rocha (Natal), Dom Mariano Manzana (Mossoró) e Dom Antônio Carlos Cruz (Caicó), publicaram neste sábado (06), documento que prorroga as medidas restritivas para evitar o contágio do novo coronavírus. O prazo é até o dia 17 de março, seguindo o Decreto nº 30.388, de 5 de março de 2021, do Governo do Estado do RN.

Na nota, os bispos afirmam que compreendem a gravidade do momento e em espírito de recíproca cooperação e corresponsabilidade; e tendo em conta a vida como bem maior a ser preservado, decidem continuar com a suspensão das celebrações de forma presencial com fiéis.

As missas continuam sendo celebradas, nas igrejas catedrais e nas igrejas matrizes de portas fechadas, com a restrita participação de uma equipe celebrativa de apoio.

O sacerdote celebrante, a referida equipe celebrativa de apoio e os funcionários da paróquia, terão o direito de locomoção assegurado (ida e retorno – de suas residências ao local da celebração), mesmo aos domingos, conforme garantia do Decreto nº 30.388.

As celebrações devem ser transmitidas, através das plataformas digitais de comunicação da própria paróquia, sempre que possível, especialmente no domingo.

As igrejas permanecerão abertas, exceto aos domingos, em seus regulares horários de funcionamento, para os momentos de orações pessoais dos fiéis, obedecendo todos os protocolos sanitários e em consonância com os horários e normas do “toque de recolher”.

Os atendimentos individuais dos fiéis pelos padres e secretarias paroquiais, será mantido nos dias e horários habituais – exceto aos domingos.


Bispos do RN decidem que Igreja Católica continua seguindo recomendação de isolamento social

Bispos tiveram reunião remota na tarde desta segunda

Os bispos de Caicó, Natal e Mossoró, decidiram em reunião remota realizada na tarde desta segunda-feira (25), que as Igrejas, permanecerão sem receber públicos para evitar aglomeração enquanto durar a determinação governamental que rege tal situação.

Trecho da nota divulgada, diz: “exortamos mais uma vez ao povo potiguar para que permaneça empenhado no cumprimento da recomendação de isolamento social“.

Confira o texto na íntegra:

Nós, Bispos da Província Eclesiástica de Natal (Arquidiocese de Natal, Diocese de Mossoró e Diocese de Caicó), reunidos remotamente, nesta segunda-feira, dia 25 de maio de 2020, em espírito de comunhão fraterna e eclesial; atentos à realidade e a dureza dos fatos e dos números, no que se refere à pandemia do coronavírus; sensíveis aos apelos do Povo fiel católico; e movidos pelo dever de zelar e promover a vida humana, exortamos mais uma vez ao povo potiguar para que permaneça empenhado no cumprimento da recomendação de isolamento social. Deste modo, reafirmamos a determinação para que nossas igrejas (catedrais, matrizes e capelas) permaneçam fechadas, até que tenhamos condições de dispor em contrário.

O penoso tempo que atravessamos e as restrições que nos impõem distanciamento físico trazem sofrimento ao nosso coração de Pastor e isto nos ajuda a compreendermos ainda melhor a dor da nossa gente. Exortamos, pois, aos nossos colaboradores padres, aos fiéis católicos e a todas as pessoas de boa vontade a permanecerem firmes na esperança. Rogamos a Nossa Senhora da Apresentação, Santa Luzia e a Senhora Sant’Ana, padroeiras destas nossas igrejas particulares, para que intercedam por nós, neste momento de maior dificuldade, junto a Jesus, nosso Senhor e Salvador.

Natal (RN), 25 de maio de 2020.

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo Metropolitano de Natal

Dom Mariano Manzana
Bispo Diocesano de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos
Bispo Diocesano de Caicó