Colisão frontal entre dois carros na BR 226, em Jucurutu, deixa 3 mortos

Colisão entre dois carros deixa 3 mortos – (Foto: Sidney Silva)

Um acidente do tipo colisão frontal envolvendo dois carros, registrado na tarde deste domingo (19), na BR-226, deixou pelo menos 3 pessoas mortas, sendo dois adultos e uma criança.

No local, que é distante cerca de 13 quilômetros da cidade de Jucurutu, um veículo Siena, colidiu com o Fox de cor branca e placas MOH3720.

O primeiro carro, era conduzido por Tomaz Magno da Silva, de 34 anos, que levava sua esposa, Ana Maria Bezerra de Medeiros e os filhos Tomaz Dayvson Medeiros da Silva, de 12 anos (morto no local) e Artur Felipe. O casal e o segundo filho, foram socorridos e transferidos para Natal.

No segundo carro, estavam, Aldo dos Santos Filho e Maria Ioderlândia Arruda, que morreram carbonizados. Seus dois filhos, Aldo José dos Santos Neto e André Felipe, foram socorridos e transferidos para Natal.

Casal morreu carbonizado no local do acidente

A informação não oficial sobre o acidente dá conta que o condutor do veículo Siena, invadiu a faixa de contramão na tentativa de fazer uma ultrapassagem e colidou com o carro de Aldo Filho.

Populares que passavam no local prestaram o socorro inicial às vitimas.

O Corpo de Bombeiros e Samu de Caicó, foram acionados e estiveram no local. As chamas foram contidas.

A Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Itep, estiveram no local para os levantamentos das informações.



PRF apreende grande quantidade de sandálias por sonegação fiscal na BR 226

Sandálias foram apreendidas pela PRF na BR 226

Por volta das 23h10 desta quinta-feira (19), uma equipa da PRF fiscalizou na BR 226, na Unidade Operacional de Campo Redondo/RN, uma caminhonete Hilux, carregada com sandálias de borracha, conduzida por um homem de 34 anos, natural de Patos/PB.

Na abordagem, o condutor apresentou um documento auxiliar de nota fiscal eletrônica – DANFE que indicava a quantidade de 1.500 sandálias, saindo da cidade de Patos/PB com destino a Juazeiro do Norte/CE. O que chamou a atenção dos policiais é que o condutor informou que estava indo para Natal.

Diante dos fatos, os PRFs entraram em contato com a Secretaria Estadual de Tributação/RN e solicitaram a presença de uma equipe do Fisco. Ao fazer a conferência, constatou-se que a carga continha 3.600 sandálias, caracterizando assim o crime de sonegação fiscal.

Ato contínuo, a mercadoria foi apreendida pela SET/RN e a PRF lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência -TCO, pelo crime cometido. O delito deixa de existir quando o autor pagar as taxas e os impostos devidos. O valor dos encargos calculado nesta ocorrência foi de R$ 5.000,00.