Faltam 12 dias para as eleições municipais

Estamos a 12 dias do pleito eleitoral em que serão escolhidos, prefeitos e vereadores em todas as cidades do Brasil.

No calendário eleitoral, hoje, terça-feira (03), é o último dia para reclamação contra o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores no primeiro e eventual segundo turnos de votação.

O primeiro turno das eleições será no dia 15 de novembro. Nos locais em que houver segundo turno, a data é o dia 29 de novembro.

O horário de votação foi ampliado por conta da pandemia da Covid-19. Os eleitores poderão comparecer às urnas de 7h às 17h. Importante destacar que o horário entre 7h e 10h é preferencial, para pessoas acima de 60 anos.


Conmebol define horários de jogos do Brasil nos dias 13 e 17 de novembro

A Conmebol detalhou nesta segunda-feira a tabela da terceira e quarta rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, agendadas para novembro. O Brasil terá pela frente a Venezuela no dia 13, às 21h30, no Morumbi. Já o confronto com o Uruguai foi agendado para as 20 horas do dia 17, em Montevidéu, no Estádio Centenário.

Confira os demais embates das duas rodadas:


PRF segue com a Operação Nossa Senhora Aparecida nas rodovias federais

Operação segue acontecendo nas rodovias federais do Brasil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) segue realizando a Operação Nossa Senhora Aparecida nas estradas e rodovias. A ação permanecerá até a noite desta segunda-feira (12), feriado nacional.

A maior movimentação nas estradas estava prevista para sexta e sábado, passados, quando as pessoas se deslocaram para os locais de permanência no feriado, e na tarde e noite desta segunda-feira, quando a maioria volta para casa.

As equipes da PRF estão em campo para intensificar a fiscalização de desrespeito às normas de trânsito rodovias federais. De acordo com a corporação, o foco será em irregularidades como velocidade acima do permitido, embriaguez ao volante e ultrapassagens em desacordo com as regras. Também será dada atenção para o transporte de crianças.


Covid-19: Brasil negocia com nove laboratórios sobre possíveis vacinas

Governo prevê aquisição de 140 milhões de doses no primeiro semestre

O Brasil mantém tratativas com nove laboratórios ou centros de pesquisa atuando em estudos e no desenvolvimento de vacinas contra a covid-19. Com os responsáveis pelas vacinas Oxford e Astrazeneca e do consórcio da OMS Covax Facility, já foram celebrados acordos para a aquisição de 140 milhões de doses no primeiro semestre de 2021, que serão disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização.

O balanço foi apresentado hoje (8), em entrevista coletiva do Ministério da Saúde. As nove iniciativas de pesquisa são: Oxford/Astrazeneca (Reino Unido), Sinovac/Butantan (China), Pfizer (Estados Unidos e Alemanha), Sinopharm (China), Sputinik5 (Rússia), Covaxx e Novavax (Estados Unidos), Janssen (Bélgica) e Merck (Estados Unidos, França e Áustria).

Agência Brasil


Quem são as mulheres bilionárias brasileiras; Luiza Trajano lidera

Empresária Luiz Helena Trajano – (Foto: Magazine Luiz/Divulgação)

Luiza Trajano viu o seu patrimônio se multiplicar no ano passado com a valorização das ações da varejista Magazine Luiza (MGLU3), que dobraram de preço na bolsa. Dona Luiza, como é conhecida, se tornou a maior bilionária brasileira com R$ 24 bilhões acumulados, de acordo com ranking da revista Forbes.

Mas ela não é a única. Outras 18 mulheres aparecem na lista dos 100 brasileiros mais endinheirados do país — ou seja, elas não representam nem 20% do total. A maior parte delas é herdeira de impérios, como WEG (WEGE3) e Itaú (ITUB3), diferentemente da Dona Luiza e da Dulce de Godoy Bueno que construíram seus patrimônios.

Entre as bilionárias, há também acionistas do Magazine Luiza, que tiveram uma alta estrondosa nos últimos anos. Para se ter ideia, a ação que encerrou o pregão desta quarta-feira (23) por R$ 86,48, na verdade deveria custar mais do que R$ 5.500, não fossem os desdobramento de ações feitos pela varejista no período. E é exatamente com essa alta que dona Luiza aumentou a sua fortuna. Atualmente, o Magalu vai R$ 140 bilhões.

Confira a lista das 10 mulheres mais ricas do país que, juntas, detêm uma fortuna de R$ 117 bilhões.

1. Luiza Helena Trajano

Patrimônio: R$ 24 bilhões

Origem do patrimônio: Varejo

2. Dulce Pugliese de Godoy Bueno

Patrimônio: R$ 16,34 bilhões

Origem do patrimônio: Saúde

Godoy Bueno fundou com seu ex-marido, Edson de Godoy Bueno, a rede de assistência de saúde Amil em 1972. Ela deixou o dia a dia da companhia, mas manteve uma participação acionária estimada de 33%. Após a compra da empresa pela UnitedHealth em 2012, a médica investiu na rede de laboratórios Dasa, da qual detém 48%.

3. Flávia Bittar Garcia Faleiros

Patrimônio: R$ 11,46 bilhões

Origem do patrimônio: Varejo

Herdeira do casal Wagner e Maria Trajano Garcia, que fundaram o Magazine Luiza, Garcia Faleiros tem uma participação na varejista por meio da holding Walter Garcia Participações.

4. Miriam Voigt Schwartz

Patrimônio: R$ 10,77 bilhões

Origem do patrimônio: Indústria de motores

5. Cladis Voigt Trejes

Patrimônio: R$ 10,66 bilhões

Origem do patrimônio: Indústria de motores

6. Valsi Voigt

Patrimônio: R$ 10,56 bilhões

Origem do patrimônio: Indústria de motores

As três têm participações acionárias na fabricante de motores WEG que foi cofundada por seu pai, Werner Voigt. As irmãs e seus herdeiros são donos de 33,33% da holding WPA que responde por 50,1% da WEG.

7. Maria Helena Moraes Scripilliti

Patrimônio: R$ 9,46 bilhões

Origem do patrimônio: Diversos

Herdeira do empresário José Ermírio de Moraes que fundou a Votorantim.

8. Ana Lúcia de Mattos Barretto Villela

Patrimônio: R$ 8,74 bilhões

Origem do patrimônio: Setor financeiro

É uma das maiores acionistas individuais do Itaú Unibanco. Ela preside o Instituto Alana, organização sem fins lucrativos voltada a projetos culturais.

9. Camilla de Godoy Bueno Grossi

Patrimônio: R$ 8,5 bilhões

Origem do patrimônio: Saúde

É uma das maiores acionistas da Dasa, após a morte do pai, Edson de Godoy Bueno. Ela também tem uma fatia acionária pequena na Amil.

10. Lily Watkins Cohen Monteverde Safra

Patrimônio: R$ 6,76 bilhões

Origem do patrimônio: Setor financeiro

Viúva de Edmond Safra, Lily administra o patrimônio deixado pelo banqueiro. Ela também herdou fortuna do marido anterior Alfredo Monteverde. Ajuda diversas instituições de caridade.

CNN


Câmara aprova alterações no Código de Trânsito; texto vai à sanção

Mudanças no Código de Trânsito foram aprovas e seguem para a sanção presidencial – (Foto: Marcelo Casal Jr./ABr)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (22) parte das emendas do Senado ao Projeto de Lei 3267/19, que altera o Código de Trânsito Brasileiro. O texto de origem do Poder Executivo segue para sanção do presidente da República.

Além do aumento na validade da CNH para dez anos para condutores com menos de 50 anos de idade, a proposta torna todas as multas leves e médias puníveis apenas com advertência, caso o condutor não seja reincidente na mesma infração nos últimos 12 meses. O projeto cria o Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), uma espécie de listagem de bons condutores.

Continue lendo

Nova cédula de R$ 200 entra em circulação na quarta-feira

A nova nota terá a imagem do lobo-guará

A nova nota de R$ 200, com a imagem do lobo-guará, começará a circular na próxima quarta-feira (2). Segundo o Banco Central (BC), será a sétima cédula da família de notas do Real. Serão produzidos neste ano 450 milhões de unidades.

A cerimônia de lançamento das novas cédulas será transmitida pelo canal do BC no YouTube. O Banco Central divulgará a imagem da nova cédula no dia 2.

lobo-guará foi escolhido em pesquisa realizada pelo BC em 2001 para eleger quais espécies da fauna brasileira deveriam ser estampadas nas cédulas do país. No site do Banco Central, há mais informações sobre a nova cédula.

De acordo com o BC, o lançamento da nova nota é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda.


Vacinação contra sarampo para quem tem de 20 a 49 anos é prorrogada

Brasileiros com idade entre 20 e 49 anos têm até o dia 31 de outubro para se vacinar contra o sarampo. O prazo terminaria na próxima segunda-feira (31), mas o Ministério da Saúde anunciou nesta tarde a prorrogação do prazo. Devido à pandemia – e à preocupação com os riscos de contaminação pela covid-19 – a campanha deste ano acabou atingindo um público menor do que o esperado.

Novo prazo da vacinação vai até o dia 31 de outubro – (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Dados preliminares das secretarias estaduais de saúde, registrados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, apontam que, do início da campanha em 16 de março até o dia 17 de agosto, 5.299.087 de pessoas na faixa etária de 20 a 49 anos foram vacinadas.

O número corresponde a apenas 5,8% das 90 milhões de pessoas que têm entre 20 e 49 anos, público-alvo da quarta etapa da Mobilização Nacional de Vacinação contra o Sarampo, doença considerada “grave e de alta transmissibilidade”, uma vez que cada pessoa contaminada poder transmiti-la a até 18 pessoas, principalmente por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou mesmo respirar.

De acordo com as autoridades de saúde, a principal medida de prevenção e controle do sarampo é a vacinação. Nesse sentido, alertas têm sido dados à população sobre “a importância da vacinação contra o sarampo, mesmo com a pandemia de covid-19 em evidência no país”.

Agência Brasil


População do Brasil passa de 211,7 milhões de habitantes, estima IBGE

IBGE diz que população do Brasil aumentou

Diário Oficial da União publica, nesta quinta-feira (27), portaria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulga as estimativas da população para estados e municípios, com data de 1º de julho de 2020.

As estimativas mostram que o Brasil já tem uma população de 211.755.692 de pessoas. Em 2019, a população estimada era de 210.147.125 pessoas. De acordo com a projeção, o Brasil ganhou mais 1,6 milhão de habitantes em relação ao ano passado.

Os estados mais populosos são: São Paulo (46.289.333), Minas Gerais (21.292.666) e Rio de Janeiro (17.366.189).

O Distrito Federal já conta com uma população de 3.055.149 habitantes. Roraima é o estado com a menor estimativa populacional (631.181).

tabela completa, por estado, pode ser conferida no Diário Oficial.

Agência Brasil


Brasil atinge a marca de 110 mil óbitos por covid-19, informa Saúde

Casos de Covid-19 continuam aumentando no Brasil

O Brasil atingiu a marca de 110 mil mortes por causa da pandemia do novo coronavírus. Com 1.212 novos registros nas últimas 24 horas, o total chegou a 111.100. Os dados foram divulgados na atualização do Ministério da Saúde (MS) hoje. Ontem, o painel do órgão marcava 109.888 vítimas fatais da doença. Ainda há 3.173 mortes em investigação.

O balanço do MS também contabilizou 3.456.652 casos confirmados desde o início da pandemia. Entre ontem e hoje, foram notificados pelas secretarias de saúde 49.298 novas pessoas infectadas com o coronavírus. Ontem, o sistema do MS trazia 3.407.354 casos confirmados.

Continue lendo

Trabalhadores dos Correios devem entrar em greve a partir do dia 17

Pacote de medidas teria a capacidade de gerar uma economia de mais de 600 milhões de reais para a empresa

Segundo colocado no portal ReclameAqui pela baixa solução de reclamações, só perdendo para Caixa Econômica por conta nos atrasos na concessão do auxílio emergencial por conta da pandemia do coronavírus, os Correios devem entrar em greve no dia 17 de agosto.

Um comunicado enviado pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios ao presidente da estatal, general Floriano Peixoto Vieira Neto, bateu o martelo depois que a diretoria da empresa propôs reduzir o bônus de férias (de 2/3 para 1/3 do salário), diminuir o adicional noturno (de 60% para 20% a hora), extinguir o popular “Vale Peru” (tíquete de alimentação no valor de R$ 1 mil oferecidos em dezembro) e alterar a licença maternidade (de 180 dias para 120 dias).

Continue lendo

Covid-19: Brasil chega a 2,6 milhões de casos e 91,2 mil mortes

O Brasil chegou a 2.610.102 casos acumulados de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 57.837 pessoas infectadas. Ontem (29), o sistema trazia 2.552.265 casos desde o início da pandemia. Os dados são da atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada no início da noite desta quinta-feira (30).

Também conforme o balanço do órgão, foram 91.263 vidas perdidas desde o início da pandemia. O painel recebeu 1.129 novos registros nas últimas 24 horas. Ainda há 3.591 óbitos em investigação. Ontem, o sistema marcava 90.134 falecimentos em função da doença.

Ainda de acordo com a atualização diária do Ministério da Saúde, há 694.744 pacientes em acompanhamento. Outras 1.824.095 pessoas já se recuperaram da covid-19.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3.5%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 43,4. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1.242.

Agência Brasil


Brasil chega a 2 milhões de casos acumulados de covid-19

Mais de 1,2 milhão de brasileiros se recuperaram da doença – (Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)

Agência Brasil – Nesta quinta-feira (16), o Ministério da Saúde divulgou que o novo coronavírus atingiu 2.012.151 de pessoas no Brasil desde o início da pandemia. Desse total, 1.296.328 pacientes conseguiram se recuperar da covid-19, doença que causou a morte de 76.688 brasileiros. Atualmente, 639.135 pacientes estão em tratamento.

Nas últimas 24 horas, o país registrou 45.403 novos casos da doença e confirmou mais 1.322 óbitos em decorrência do novo coronavírus. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,8 %. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 36,5. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 957,5.


Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Casos de Covid-19 no Brasil aumentaram

O Brasil bateu a marca de 1,5 milhão de casos confirmados acumulados desde o início da pandemia de covid-19. O número foi divulgado na atualização diária do Ministério da Saúde. Com 42.223 novos casos, o total desta sexta-feira (3) chegou a 1.539.081, um aumento de 2,8% em relação a quinta (2).

O balanço também registrou 1.290 novas mortes nas últimas 24 horas, chegando ao total de 63.174. O aumento no número de mortes cresceu 3,7% em relação a ontem, quando o painel do Ministério da Saúde trazia 61.884 óbitos.

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram e 607.535 pacientes estão em acompanhamento. Ainda há 3.968 mortes em investigação.

Fonte: Agência Brasil


Saúde Estudo mostra que coronavírus já circulava no país antes do isolamento

Virus já estava em circulação antes do isolamento, aponta estudo

Um estudo que envolveu pesquisadores do Brasil e do Reino Unido mostra que o novo coronavírus (covid-19) já circulava no país antes da adoção de medidas de isolamento social. Para fazer a análise, o grupo identificou 427 genomas do vírus no Brasil a partir dos dados de 7,9 mil amostras de laboratórios públicos e privados. O trabalho foi publicado na plataforma medRxiv e ainda não passou pela revisão da comunidade científica.

O estudo identificou que entre 22 e 27 de fevereiro, três tipos do vírus, provavelmente vindos da Europa, estavam presentes no país e conseguiram se estabelecer antes das medidas para restringir o contágio. O primeiro caso no Brasil foi confirmado em São Paulo, no dia 24 de fevereiro, em um homem que tinha voltado de viagem à Itália. As primeiras medidas de isolamento social só foram adotadas no estado a partir de 16 de março, e a quarentena, com fechamento dos serviços não essenciais, em 24 de março.

Continue lendo