Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro

Horário de Verão tem data de início mantida

O Palácio do Planalto informou nesta terça-feira (15) que o início do horário de verão será mantido no dia 4 de novembro, cancelando um novo adiamento.

Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições. No começo do mês, o governo federal chegou a anunciar que adiou o início do horário de verão para o dia 18 de novembro por causa de um pedido feito pelo Ministério da Educação para não prejudicar os candidatos do Enem. O exame será aplicado em dois domingos. O primeiro deles será o dia 4 de novembro.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, já contava com o adiamento e chegou a comemorá-lo. “Candidatos terão mais tranquilidade para fazer as provas! Caso o horário de verão iniciasse no primeiro dia de provas do Enem, como estava previsto, muito provavelmente acarretaria prejuízos aos participantes“, disse nas redes sociais no início de outubro.

A negativa do Planalto ao pedido veio após estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes. Segundo a assessoria do Planalto, a análise dos ministérios concluiu a inviabilidade de nova mudança no horário de verão, sem detalhes da decisão.

Continue lendo



Placas do Mercosul são suspensas pela Justiça em decisão provisória

Justiça proíbe placas do Mercosul no Brasil

A Justiça suspendeu na última quarta-feira (10) a adoção das placas do Mercosul no Brasil. A decisão é da Desembargadora Federal Daniele Maranhão Costa, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, e tem caráter liminar, ou seja, é uma decisão provisória.

O pedido de suspensão foi feito pela associação das empresas fabricantes e lacradoras de placas automotivas de Santa Catarina, a Aplasc.

As placas começaram a ser instaladas no Rio de Janeiro há um mês, em 11 de setembro. Até 1º de dezembro, todos os demais estados deverão fazer o mesmo.

*Do G1



Brasil é o país que mais acredita em fake news, aponta pesquisa

O Brasil é o país que mais acredita nas informações falsas publicadas e divulgadas na internet, as chamadas fake news. A constatação foi feita pela Ipsos, empresa que faz análise de dados. Em um ranking com 27 países, o Brasil ficou com o primeiro lugar. Segundo o levantamento, cerca de 62% da população acredita nos boatos propagados, por exemplo, em redes sociais.

Apesar do alto índice de pessoas que admitiram já terem acreditado em uma notícia falsa, a pesquisa aponta que 68% dos entrevistados sabem diferenciar os conteúdos verdadeiros. Ainda de acordo com a pesquisa, que ouviu mais de 19 mil entrevistados, 51% dos brasileiros não confiam no senso crítico do restante da população para diferenciar as informações verdadeiras e falsas.

Entre os motivos apresentados pela pesquisa para que o índice atingisse esse nível é que boa parte da população acredita que as fake news são criadas por políticos e pela mídia, principalmente quando o assunto é redução das taxas de criminalidade.

Apenas 14% dos entrevistados acreditam que os enganos são causados por dados errados, enquanto 18% acredita na dificuldade da população com as estimativas e números.



Datafolha: Bolsonaro tem 28% das intenções de voto; Haddad tem 16%

Nova pesquisa do instituto Datafolha, divulgada na madrugada desta quinta-feira (20), mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 28% das intenções de voto na disputa presidencial. Fernando Haddad (PT) tem 16% e Ciro Gomes (PDT) aparece com 13%. Geraldo Alckmin (PSDB) obteve 9% e Marina Silva (Rede) é a candidata de 7% dos entrevistados.

Alvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo (Novo) marcam, cada um, 3% das intenções de voto. Henrique Meirelles (MDB) tem 2%. Estão empatados Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU), com 1% cada. João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriota) e Eymael (DC) não pontuaram.

Continue lendo



Faltam 20 dias: Justiça Eleitoral se prepara para viabilizar o voto de eleitores

Neste ano, para viabilizar o voto de mais de 147 milhões de eleitores em cada um dos 5.570 municípios brasileiros e em 171 localidades no exterior, a Justiça Eleitoral conta com um corpo de 15,4 mil servidores e colaboradores, 2.645 juízes eleitorais e também com um batalhão de aproximadamente dois milhões de voluntários que atuam como mesários. Ao fim de cada pleito, após a avaliação de erros e acertos, a Justiça Eleitoral começa a preparar a eleição seguinte.

No dia 7 de outubro, primeiro turno do pleito, os eleitores votarão em 556 mil urnas eletrônicas em mais de 480 mil seções eleitorais distribuídas em 95 mil locais de votação. Num esforço logístico coordenado, urnas são levadas a locais remotos, como comunidades ribeirinhas amazônicas e aldeias indígenas, e de lá, ao fim do pleito, os votos são transmitidos por satélite às sedes dos Tribunais Regionais Eleitorais em minutos, numa demonstração de como a tecnologia pode encurtar distâncias e promover cidadania.

Continue lendo



Mais de 900 mil alunos participaram da segunda fase da Olimpíada de Matemática

No sábado (15), mais de 900 mil estudantes de todo o país participaram da segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Esta é considerada a maior competição científica do país.

A prova é discursiva e composta por seis questões valendo até 20 pontos cada. Nesta fase foram classificados os 5% dos competidores mais bem colocados de cada colégio.

O evento é promovido pelo Ministério da Educação, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

O anúncio dos vencedores está previsto para ocorrer no dia 21 de novembro, no site www.obmep.org.br



Eleições majoritárias de 2018 são disputadas por 569 candidatos

Eleições seguem em todo o Brasil

Nas eleições de 2018, 569 candidatos em todo o país vão disputar os 82 cargos existentes para o comando do Poder Executivo federal e estadual (presidente da República e governadores) e para a renovação de dois terços do Senado Federal. Em todos os casos, será eleito o candidato que receber a maioria dos votos válidos digitados nas urnas eletrônicas.

Poderá haver segundo turno para as eleições majoritárias para presidente da República e para governador, caso nenhum candidato obtenha um mínimo de 50% mais 1 dos votos válidos, excluídos os votos brancos e nulos. Nesse caso, disputarão o segundo turno no dia 28 de outubro os dois candidatos mais bem colocados nas urnas e ganhará aquele que alcançar o maior número de votos, não importando a porcentagem.

Já para o Senado Federal serão eleitos, em cada estado, os dois candidatos a senador que receberem mais votos, também considerados apenas os votos válidos.

Continue lendo



Contrabando e pirataria causaram prejuízo de R$ 146 bi no Brasil em 2017

Contrabando é mais uma vez tema de discussão no Brasil

O contrabando e a pirataria causaram um prejuízo de R$ 146 bilhões de reais ao Brasil em 2017. O dado foi apresentado nesta terça-feira durante o quarto Encontro da Aliança Latino-americana anti-contrabando. O evento reuniu representantes do entidades ligadas ao comércio, indústria e segurança de diversos países da América do Sul, além de autoridades brasileiras.

Entre os pontos que destacam a necessidade de uma melhora nas estratégias e políticas contra esse tipo de crime, estão os reflexos que a atividade causa. Em um primeiro momento, um aumento de questões ligadas ao crime.

Segundo o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, o contrabando de cigarros representam 67,44% de todas as apreensões. A grande liquidez do produto explica o porquê de ser um dos produtos mais contrabandeados.



Aquisição de 8 mil viaturas vai reforçar o trabalho de policiais em todo o país

Viaturas serão entregues no Distrito Federal e outros nove estados

Boa notícia para os brasileiros no que se refere a Segurança Pública no país. R$ 1 bilhão serão investidos para a aquisição de 8 mil novas viaturas. A frota vai ser financiada pelo programa BNDES Segurança e beneficiará 15 estados, Distrito Federal e outros 9 municípios.

De acordo com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, este será o maior pacote de compra da história da segurança pública no país. “Maior licitação de veículos, maior pacote de compra da segurança pública, da história da segurança pública. R$ 1 bilhão para a compra de uma frota de oito mil veículos”.

Só para este ano, o programa BNDES Segurança destinará R$ 5 bilhões. Grande parte dos recursos, ou seja, R$ 4 bilhões, será utilizado para a aquisição de equipamentos, como coletes, motos, drones, armas, incluindo essas viaturas. O outro R$ 1 bilhão vai ser investido na implantação dos presídios, monitoramento e inteligência.

Segundo o ministro, até o final de agosto, será implantado o SUSP, um Sistema Único de Segurança Pública onde os mandados de prisão e a ficha de criminosos, por exemplo, passam a ser compartilhadas nacionalmente.

Agora, durante 5 anos, o programa BNDES Segurança injetará 40 bilhões de reais para projetos de segurança pública.



4G já é utilizado por metade dos usuários do país

4G já é utilizado por metade dos usuários do país

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a tecnologia 4G já representa 50,29%  do total de contratos de internet móvel do país, o que corresponde a 118.226.718 clientes. A tecnologia começou a ser utilizada no país em 2013 e o 5G está previsto para chegar ao país em 2020. O Brasil registrou um total de 235.076.217 linhas de telefonia móvel no mês de junho de 2018. O serviço vem seguindo tendência de queda e apresentou redução de 7.048.232 linhas nos últimos 12 meses, na comparação com maio, a queda foi de 394.230 linhas.

Continue lendo



População sente mais medo do desemprego, aponta CNI

Desde 1996, o brasileiro poucas vezes esteve tão preocupado com o desemprego como agora. Em pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o índice mostra aumento de 4,2 pontos acima do registrado em março, chegando a 67,9 pontos em junho.

O indicador pode variar de 0 a 100 pontos e quanto maior o número, maior o medo do desemprego. Esse valor registrado é o maior da série histórica, empatando com os valores registrados de 1999 e em junho de 2016.

O gerente-executivo de pesquisas da CNI, Renato da Fonseca, explica o porquê do medo da sociedade.

Continue lendo



Com retrospecto favorável, Brasil reencontra México na Copa do Mundo

Vai ser em ritmo latino que o Brasil seguirá na busca pelo hexa. Após garantir a classificação para as oitavas de final da Copa na liderança do grupo E, a nossa seleção terá pela frente o México, que terminou a fase de grupos em segundo lugar no grupo F.

Na última Copa, em 2014, o caminho de brasileiros e mexicanos se cruzaram logo na primeira fase. Naquela ocasião, o jogo terminou zero a zero, apesar das chances criadas pelos dois lados.

De quatro anos para cá, muita coisa mudou nas duas seleções. O Brasil trocou de técnico duas vezes. Primeiro, Dunga assumiu o lugar de Felipão após o vexame histórico contra a Alemanha. Com uma campanha ruim nas eliminatórias, Tite assumiu o comando verde e amarelo.

Continue lendo



Brasil bate Sérvia e avança como líder do grupo E; Alemanha está fora da Copa

Brasil bate Sérvia e avança como líder do grupo E; Alemanha está fora da Copa - (FOTO: Lucas Figueiredo/CBF)
Brasil bate Sérvia e avança como líder do grupo E – (FOTO: Lucas Figueiredo/CBF)

Em partida tranquila, o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0, com gols de Paulinho e Thiago Silva. A vitória, que garantiu a primeira colocação do grupo E, teve um apenas um susto. O lateral Marcelo deixou o campo antes dos 10 minutos do primeiro tempo, com dores lombares.

Diferente do duelo contra a Costa Rica, a seleção brasileira abriu o placar ainda na primeira etapa. Aos 35 minutos, Coutinho lançou para Paulinho, que tocou por cima do goleiro e correu para o abraço. Tímidos, os sérvios apostavam em bolas esticadas, mas pecavam no último passe.

Continue lendo



Juiz do ouro olímpico, iraniano apitará duelo decisivo entre Brasil e Sérvia

Saiu o trio de arbitragem que apitará o jogo entre Brasil e Sérvia, pela última rodada da fase de grupos, na quarta-feira, às 15h (Brasília).

O árbitro que comandará o jogo será o iraniano Alireza Faghani, o mesmo que apitou a final masculina nos Jogos do Rio, na conquista do inédito ouro olímpico para Brasil.

Ele será auxiliado pelos compatriotas Reza Sokhandan e Mohamm Mansouri.

*Do GE



Confronto entre Brasil x Alemanha pode acontecer nas oitavas de final da Copa da Rússia

O Brasil, líder do Grupo E após vencer a Costa Rica. Alemanha, vice-líder do Grupo F graças ao gol de Kroos contra a Suécia, no último minuto. Posições que, até o momento, colocam as duas seleções em rota de colisão logo nas oitavas de final da Copa.

Porém, faltando uma rodada para o fim da fase inicial, só há uma certeza para os dois países: nada está definido. Mas quais são as chances do duelo que ficou marcado pelo 7 a 1, no Mundial de 2014, acontecer logo na próxima fase? O GloboEsporte.com te responde!

O Brasil encerra a fase de grupos contra a Sérvia, na quarta-feira, às 15h (horário de Brasília) e já vai saber quais são os possíveis adversários das oitavas. Afinal, às 11h, a Alemanha decide sua vida contra a Coreia do Sul. Para que o encontro aconteça, é preciso que uma seja líder e a outra vice de sua chave.

As combinações são muitas, mas, de acordo com o matemático Tristão Garcia, os alemães aparecem com maior probabilidade de encarar a Seleção de Tite.

ALEMANHA: 44%
MÉXICO: 22%
SUÉCIA: 15%
COREIA DO SUL: 5%

O cenário mais crítico, que aparece com 14% entre as probabilidades, é do Brasil sequer avançar para o mata-mata do Mundial.

*Do GE