Até novembro, mais de 100 radares de velocidade estarão em operação no RN

Dnit fará a instalação dos novos equipamentos nas rodovias federais do RN – (Foto: Alex Regis/Tribuna do Norte)

Um ano após firmar acordo com o Ministério Público Federal para instalar mil radares de controle de velocidade nas rodovias federais não concedidas à iniciativa privada em todo o Brasil, o Ministério da Infraestrutura através do  Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT)  iniciou a ampliação do número desses equipamentos no Rio Grande do Norte. Além dos 80 já instalados, pelo menos outros 22 novos dispositivos serão implementados e irão monitorar, no total, 208 trechos de rodovias federais que cortam no Estado. A instalação desses radares faz parte do Programa Nacional de Controle de Velocidade (PNCV) e deverá a operação em novembro deste ano.

De acordo com o DNIT, dos 22 equipamentos que ainda faltam ser instalados, 13 deles estão em processo de instalação, dois em análise por parte do órgão – que vistoria tanto o projeto apresentado quanto a elaboração do estudo de viabilidade -, e sete em processo de confecção de estudo que comprova a necessidade de colocação do medidor de velocidade em determinado trecho de via. Com relação aos outros sete equipamentos, uma empresa terceirizada pelo DNIT está elaborando o projeto de instalação dos equipamentos.

Ao todo, sete BRs que cortam o Rio Grande do Norte serão contempladas com esses radares: 101, 110, 226, 304, 405, 406 e 427. Os dispositivos possuem três tipologias: REV (Redutor Eletrônico de Velocidade); CEV (Controlador Eletrônico de Velocidade) e CEM (Controlador Eletrônico Misto).

Tribuna do Norte


Nesta manhã, Seridó tem 3 protestos em estradas sendo dois em BRs

RN 288 interditada em São José do Seridó

Mais protestos são registrados na manhã nesta quinta-feira (24), na região Seridó. A RN 288, entrada da cidade de São José do Seridó, no sentido de quem sai de Caicó, foi interditada por caminhoneiros.

Outro ponto de interdição acontece na BR 226, na cidade de Jucurutu. Lá, os manifestantes também queimaram pneus e não permitem que caminhões sigam viagem. Somente carros de pequeno porte e carros grandes com cargas vivas ou perecíveis podem passar.

Outra interdição acontece no quilômetro 109 da BR 226 em Santa Cruz.

Sobre as rodovias federais, a confirmação foi dada pela Polícia Rodoviária Federal.