Please enter banners and links.


Corpo do empresário, Emídio Germano, será sepultado nesta quarta (25)

Emídio Germano, estava com 96 anos

O corpo do empresário caicoense, Emídio Germano da Silva, que morreu na tarde desta terça-feira (24), em sua casa, será sepultado nesta quarta-feira (25), no Cemitério Campo Jorge.

De acordo com familiares, o corpo ficará no Centro de Velório do Sempre, localizado ao lado da Vila Militar, no Centro da cidade. Antes do sepultamento, nesta quarta-feira, está prevista para acontecer, às 16hs, missa de corpo presente na Catedral de Sant’Ana.

Emídio Germano estava convalescendo de uma pneumonia que o levou a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva, em Natal, há poucas semanas. Ele, também, já tinha passado por cirurgias cardíacas.

No auge do algodão, em Caicó, Emídio Germano, foi um dos empresários mais bem sucedidos, inclusive, tinha usina própria. Também foi dono de saboaria e de uma usina de óleo. O empresário foi um dos amigos mais próximos do senador Dinarte de Medeiros Mariz.



Polícia prende dois acusados de matar caicoense em Catolé do Rocha

Galeguinho confessou o crime

Policiais da cidade de Catolé do Rocha/PB, prenderam nesta terça-feira (07), dois homens acusado do assassinato de José de Arimateia Diniz, caicoense.

A vítima foi morta a facadas e depois teve o corpo queimado em um terreno baldio no Bairro da Palha, na cidade paraibana.

Primeiro, foi preso, ALAN LOPES DE ARAÚJO, o GALEGUINHO, de 22 anos, também, natural de Caicó/RN, residente na Rua André Sales, Nº 36, no Bairro Barra Nova. Em depoimento, ele confessou o crime e fez com que todos acreditassem, inicialmente, que o corpo carbonizado era seu.

Francisco Eudes foi preso, mas, nega participação no crime

A arma do crime, uma faca peixeira, foi apreendida nas ações realizadas pela polícia.

O segundo preso, é Francisco Eudes pereira da Silva, mais conhecido por EUDINHO, que já responde por envolvimento com o tráfico de drogas, e estava no semi-aberto.

O Eudinho, nega a participação no crime.



Livro sobre obra do caicoense José Ezelino é eleito um dos melhores fotolivros de 2018

Livro foi escolhido um dos melhores

O livro “Quando a pele incendeia a memória”, de autoria da pesquisadora Ângela Almeida que resgata o trabalho do fotógrafo caicoense José Ezelino da Costa, foi eleito por um grupo de especialistas em fotografia como um dos melhores fotolivros de 2018. A publicação contou com patrocínio do Morada da Paz, por meio do programa de incentivo à cultura Djalma Maranhão da Prefeitura do Natal, com realização da Cultura de Valor.

Promovida pela revista ZUM, publicação semestral do Instituto Moreira Salles (IMS) dedicada ao universo fotográfico, a distinção foi dada apenas a dois livros: “Quando a pele incendeia a memória”, de Ângela Almeida (Edufrn); e “Conhecidos de vista”, de Letícia Lampert (Editora Incompleta). O livro sobre José Ezelino da Costa foi o único do Rio Grande do Norte a participar do festival ZUM, realizado em setembro deste ano na sede do IMS em São Paulo/SP.

Sobre o livro

José Ezelino da Costa, o primeiro fotógrafo negro da região do Seridó, nascido em 1889 em Caicó, filhos de escravos, é o pioneiro no registro da identidade social da cultura seridoense. Além disso, Ezelino imortalizou imagens de parentes e amigos e o cotidiano da sociedade da sua época. Para a elaboração do livro, Ângela Almeida contou com o apoio da sobrinha-neta do retratista, a arquiteta Ana Zélia Moreira, que apresentou o álbum de família, herança deixada por sua mãe. O livro conta com projeto gráfico de Rafael Sordi Campos e ilustrações de Michelle Holanda.

Não existe nenhum registro fotográfico semelhante ao de José Ezelino no Brasil. A maioria dos registros é da população negra retratada como vendedores de ruas ou como trabalhadores de baixo escalão. Além dos registros familiares, Ezelino produziu um vasto material da cidade de Caicó e demais regiões do Seridó. Infelizmente, muitas destas fotos foram perdidas ao longo dos anos, o que fortalece ainda mais a importância do trabalho da pesquisadora Ângela Almeida.



Ladrões roubam carro com carga de queijo de caicoense na BR 226

O caicoense, Jarismar Monteiro de Medeiros, de 36 anos, teve seu carro uma Pick-Up Strada Woring, de cor cinza, ano 2014 e placas OJX8953, tomada de assalto na BR 226, na entrada da cidade de Bom Jesus/RN, por volta de 1hs da madrugada desta quinta-feira, dia 6 de novembro.

Em contato com o Blog Sidney Silva, a vítima disse que trafegava com destino à Natal para fazer a entrega de cerca de 500 quilos queijo quando foi abordado por cindo homens armados. Eles estavam em uma caminhonete que não soube descrever detalhes.

Os ladrões trancaram o carro da vítima obrigado o mesmo a parar sob a via. Os ocupantes da Pick-Up foram obrigados a deitar no chão. De lá, os ladrões fugiram levando o carro e a carga.

O caicoense disse que procurou a Delegacia de Bom Jesus, prestou queixa, mas, seguiu para Natal, aonde fez o registro do fato na Delegacia de Furtos e Roubos.



Após renúncia de Arthur Nuzman, caicoense assume o comando do Comitê Olímpico Brasileiro

Paulo Wanderley Teixeira, fica no cargo até 2020

Carlos Arthur Nuzman renunciou ao cargo de presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), nesta quarta-feira (11), e quem assume o comando é o vice Paulo Wanderley Teixeira, potiguar, natural de Caicó. Radicado em Vitória-ES, o norte-rio-grandese presidiu por 16 anos a Confederação Brasileira de Judô (CBJ), fazendo um excelente trabalho de resgate da credibilidade do judô brasileiro.

Agora, o caicoense terá um desafio ainda maior na presidência do COB. Eleito para um mandato de quatro anos e que tem respaldo do estatuto para permanecer no cargo até o fim do prazo, em 2020, Paulo Wanderley disse que o momento é de união e que a partir de agora haverá transparência. “Primeiramente precisamos de união entre os dirigentes para dar segurança ao público de que as coisas serão corretas no COB. Aqui se delega, mas também se fiscaliza”, garantiu.

Para o presidente da Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte (FJERN), Tibério Maribondo, o conterrâneo é a pessoa mais indicada para fortalecer o COB. “Paulo Wanderley realizou uma gestão vitoriosa à frente da CBJ e na minha opinião tem tudo para fazer um grande trabalho de fortalecimento do COB. Em 16 anos de judô, ele conquistou 12 medalhas olímpicas e 30 mundiais, montou uma estrutura profissional com patrocínios renovados até o ano de 2020, colocando o judô como a modalidade olímpica mais vitoriosa do Brasil. Estaremos aqui torcendo por seu sucesso, pois hoje ele é motivo de orgulho para todos os potiguares”, comentou Tibério.

Mesmo longe do Rio Grande do Norte, Paulo Wanderley não esquece suas origens. Em 2016, ele esteve em Natal prestigiando o Campeonato Brasileiro Regional de Judô, realizado no ginásio Nélio Dias. Na ocasião ele elogiou o trabalho que a FJERN vem realizando para o fortalecimento do judô potiguar e destacou o alto nível técnico dos judocas norte-rio-grandenses, que desde 2013 se destacam nas competições nacionais promovidas pela CBJ.

*Fonte: Sou Mais RN



Empresa caicoense será responsável pela parte comercial da Festa do Boi 2017

Empresa caicoense, Destaque Publicidade, é escolhida para vender a Festa do Boi 2017

A Associação Norte-riograndense de Criadores (Anorc) e parceiros promoveram na sexta-feira (25), o lançamento da 55ª edição da Festa do Boi, o maior evento do setor agropecuário do Nordeste e uma das principais festas populares e feiras de negócios do Rio Grande do Norte. A Festa do Boi de 2017, será realizada no período de 7 a 14 de outubro próximo.

Em seu novo formato, a festa terá três pavilhões, áreas de alimentação, com novos eventos como exposições de queijo artesanais – que reunirá produtores do RN e de outros estados -, de flores e peixes ornamentais, prova de 3 Tambores, além dos tradicionais leilões, julgamentos, desfiles e exposição de animais.

A edição 2017, terá também espaço de foodtrucks, Cidadania, Social, PET e Bombeiros em Ação. A tradicional Feira de Artesanato será revitalizada. Durante o evento, o Parque Aristófanes Fernandes, ganhará nova sinalização e três portais que ajudarão a orientar os visitantes, expositores, criadores e comerciantes.

Outra grande surpresa, é a participação direta da Destaque Publicidade de Caicó. A empresa será responsável por toda parte comercial. O detalhe, é que ao longo das 55 edições, essa é a primeira vez que uma empresa caicoense participará diretamente no comercial da Festa do Boi.

“Ficamos muito felizes e surpresos com o convite. Tudo começou em um trabalho que fizemos para o SEBRAE na Exponovos de Currais Novos, e de repente surgiu a oportunidade. Agradecemos a Deus pelo sucesso da empresa e a toda direção da ANORC pela confiança. Temos certeza que faremos um excelente trabalho e não temos  dúvidas que a 55ª edição ficará marcada pela inovação e organização de toda festa. Nesta edição, a ANORC tem o propósito de mudar a cara da Festa do Boi para dar mais conforto e comodidade aos visitantes. A estimativa de público é cerca de 400 mil pessoas ao longo dos 8 dias de evento”, comentaram, Kênia Lucena e Itallo Diniz da DESTAQUE PUBLICIDADE.

O lançamento, realizado no Parque Aristófanes Fernandes, local da festa, reuniu dirigentes da Anorc, parceiros, patrocinadores e o comercial (Destaque Publicidade), além de representantes de associações e núcleos de criadores.



Caicoense Stepherson Rodrigo vence ultramaratona Natal/Touros

Caicoense Stepherson Rodrigo vence últramaratona Natal a Touros

O atleta caicoense Stepherson Rodrigo Oliveira, venceu neste sábado (15), a Últramaratona Desafio 80K de Natal/Touros.

Ele concluiu a prova em 7 horas e 55 minutos. Nas suas redes sociais ele comentou o seguinte: “O que falar dessa prova? OBRIGADO DEUS, obrigado minha equipe de apoio, obrigado minha família, obrigado meu treinador!!!



Morre em Natal, o jornalista Orlando Rodrigues “Caboré”

O jornalista Orlando Rangel Rodrigues, também conhecido como Caboré, faleceu em Natal, no Hospital Promater. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva, desde o sábado (14), em estado grave com um quadro de hemorragia gástrica que se generalizou com o passar dos dias. O jornalista também passava por outras complicações, inclusive, renais.

Na terça-feira, a sua irmã Ana Heloísa Rodrigues, disse que o médico informou que Orlando já tinha tido falências dos órgãos, devido ao grau de infecção generalizada, só o coração ainda não tinha sido afetado.

Orlando Rodrigues era nascido em Caicó/RN, tinha 71, estudou no GDS, atual Colégio Diocesano Seridoense de Caicó. Foi radialista da Emissora Rural, foi vereador em Caicó, o mais votado na época. Era jornalista, escritor, juiz classista aposentado pelo TRT/RN. Era paciente renal, sendo transplantado e possuía um legado muito grande de amigos em Caico e em Natal. Seu corpo será  velado no Cemitério Morada da Paz, a tarde.

Seu falecimento se deu por volta das 5hs30min desta quarta-feira (18). Ele deixou viúva, Elisa Nóbrega com quem teve e quatro filhos, Reno Rodrigues, Fabio Nobrega Rodrigues,  Marielle Rodrigues, que  advogada e OFICIALA DE JUSTICA DO TJRN e THAISE RODRIGUES, além de SETE NETOS. Os pais, Júlio Rodrigues Barbosa e Rosália Rangel, irmã de Paizinho Rangel. Ele como escritor, lançou cerca de oito ou nove livros em Caicó, Natal e Brasília, na colônia caicoense dos meninos de seu Herminio Gomes e demais amigos caicoenses residentes em Brasília. Ele foi líder estudantil do Diretório do  antigo GDS (CDS), onde era ex-interno na época de Mons.  Walfredo Gurgel.

*Do Blog de Miqueias Capuxu