Exames confirmaram que 7 internos do Case de Caicó estão com Covid-19

Os internos do Case estão sendo acompanhados por equipes de saúde

O resultado dos exames de Covid-19, feitos em 7 internos do Centro de Atendimento Socioeducativo – Case de Caicó (antigo Ceduc), saiu nesta terça-feira (25). Todos testaram positivo.

O diretor interino da unidade, Genival Santos, disse que ao Blog Sidney Silva, que os internos positivados estavam todos em um único alojamento e que depois dos sintomas, foram isolados em local distante dos demais.

Os testes foram realizados na sexta-feira (21).

Os sintomas, segundo o diretor interino, são leves. Ele disse ainda que todos estão medicados sendo acompanhados por equipes de saúde e médicos.

Atualmente, o Case de Caicó, tem 31 sócio-educandos em situação de internamento cumprindo algum tipo de medida judicial.


Governo do RN convoca 55 novos servidores temporários para a Fundase

Case convoca profissionais para atuar nas unidades da instituição

O Governo do RN publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (26) a convocação de 55 aprovados no Processo Seletivo Simplificado nº 001/2018 para os cargos, em caráter temporário, de agente socioeducativo, assistente social, psicólogo, pedagogo, ASD (auxiliar de serviços diversos) e motorista da Fundação de Atendimento Socioeducativo – Fundase/RN.

A convocação obedece à ordem de classificação dos candidatos e supre as necessidades das unidades socioeducativas da Fundação, situadas em Natal, Parnamirim, Mossoró e Caicó.

Confira a lista na publicação Diário Oficial.

Continue lendo

CMDCA e Conselho Tutelar realizam visita de inspeção no CASE Caicó

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Caicó, Cristiano Manoel, acompanhado dos Conselheiros Tutelares, Francisco Fábio, Lúcia Azevedo Clemente, Manoel Messias, Marcos Matheus e Maria Santana, realizaram uma inspeção conjunta no Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Caicó.

Os conselheiros atestaram que alguns problemas precisam ser solucionados para que a instituição desenvolva seu trabalho de forma mais eficaz. “Verificamos com a inspeção que a estrutura é ampla, mas que é preciso realizar reparos em alguns pontos principalmente na parte elétrica. Também constatamos durante a visita que é preciso aumentar o número de agentes socioeducativos para otimizar e garantir um melhor funcionamento da instituição”, registrou Cristiano Manoel.

Quem acompanhou a visita foi Alysson Moisés, diretor da instituição que conta atualmente com 34 adolescentes internos.