Cearense preso em Caicó foi detido acusado de fraudar o ENEM em 2016

Outra passagem do cearense preso pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte, em Caicó, nesta quarta-feira (19), aconteceu quando ele era gestor da Secretaria de Saúde da cidade de Alto Santo.

Ele foi preso em flagrante pela Polícia Federal em Fortaleza, suspeito de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no segundo dia de prova, no ano de 2016.

Naquele ano, a operação foi batizada de “Embuste”. A suspeita era que um candidato fazia prova em uma universidade no centro de Fortaleza, usando de equipamentos eletrônicos presos ao corpo com pontos de escuta nos ouvidos.


PF prende em Natal ‘por acaso’ cearense procurado pela Justiça

Polícia Federal prendeu cearense em Natal

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira, (08), em um condomínio da Zona Sul de Natal, um cearense, de 61 anos, técnico em refrigeração, suspeito de falsificação e uso de documento público.

A ação se deu em cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Aracati/CE e aconteceu meio que ‘sem querer’. Na verdade, a PF diligenciava buscando cumprir um outro mandado judicial que fora expedido pela Justiça Federal/RN, mas ao chegar no endereço descobriu que o homem havia se mudado.

De posse de um novo indicativo, os policiais localizaram um outro apartamento no mesmo condomínio, onde foram recebidos pelo atual morador, mas esse alegou desconhecer a pessoa procurada. Diante do fato, foi-lhe solicitado um documento de identificação e, após consulta, constava em seu nome, o mandado de prisão da Justiça Estadual do Ceará, em aberto.

Conduzido para a sede da PF, o preso está sob custódia, à disposição da Justiça, e aguarda transferência para o vizinho estado.


Cearense é preso pela PRF em Mamanguape/PB com cocaína, maconha e LSD

Cocaína apreendida com cearense em Táxi – (Foto: Divulgação/PRF/PB)

Um home de 24 anos de idade foi preso na noite desta quarta-feira (21), pela Polícia Rodoviária Federal com cocaína, maconha e  LSD. Ele era passageiro de um táxi que trafegava no sentido Natal/RN à João Pessoa/PB. A abordagem ao veículo aconteceu na BR 101, em Mamanguape, Zona da Mata Norte da Paraíba.

Os agentes da PRF abordaram o táxi, com placas de Santa Rita (PB), no quilômetro 38 da rodovia federal. Durante a revista foram encontrados na bolsa de um dos passageiros, seis tabletes de cocaína, totalizando 2,6 Kg; uma trouxa com 80 gramas de maconha e cinco cartelas com 125 “pontos” de ácido lisérgico (LSD), que é uma droga sintética com alto poder alucinógeno.

Os policiais encontraram também três aparelhos celulares, um relógio e a quantia de R$ 676 reais em espécie.

O suspeito, que é trabalhador autônomo e nasceu no estado do Ceará, disse aos PRFs que adquiriu as drogas em Fortaleza/CE. De lá, embarcou em um ônibus até a cidade de Natal, onde pegou o táxi para chegar até João Pessoa.

O flagrante foi registrado na Delegacia Distrital da Polícia Civil da região.

Caso seja condenada pelo crime de tráfico de drogas, ele poderá pegar uma pena que varia entre cinco e quinze anos de reclusão.