Grupo Vila apresenta primeiro cemitério vertical do RN

Cemitério do Sempre em São Gonçalo do Amarante

O primeiro cemitério vertical do Rio Grande do Norte entrou em funcionamento na região metropolitana de Natal, em São Gonçalo do Amarante, nesse mês de novembro. O empreendimento ganha a assinatura do plano Sempre, marca pertencente ao Grupo Vila, que é referência em assistência funeral na região Nordeste.

O cemitério vertical funciona respeitando todas as regras ambientais. Os corpos serão sepultados em lóculos individuais, divididos e sobrepostos em andares, podendo ser exumados após 36 meses sendo transferidos para o ossuário da família. A ideia do empreendimento é ser acessível a toda a população, prestando um serviço que possui um padrão de qualidade e mantém o respeito às famílias enlutadas.

Continue lendo


Parque da Passagem é o primeiro cemitério do RN a adotar sistema de energia solar

Parque da Passagem é o primeiro cemitério do RN a adotar sistema de energia solar

Confiável, inesgotável e gratuita, a energia produzida pelo sol é considerada como uma das mais limpas, pois não polui e nem gera resíduo.Nesta semana, o cemitério Parque da Passagem, em Extremoz, que pertence ao Grupo Vila, deu início ao uso deste recurso. Com a novidade, a empresa é a primeira do segmento funerário do Rio Grande do Norte a contar com o uso dessa fonte sustentável de energia.

Continue lendo


Funcionamento do novo cemitério da Barra de Santana será apresentado nesta sexta-feira em Jucurutu

Às 9 horas desta sexta-feira (18) haverá uma reunião na Prefeitura de Jucurutu, com a presença de representantes da Secretaria de Recursos Hídricos do RN, IDEMA, Seapac, prefeitura e secretarias, Consórcio Solo Moveterras, Comissão dos Atingidos pela construção do Complexo Barragem de Oiticicas.

O objetivo será apresentar a situação do novo Cemitério da Barra de Santana, que está em fase de acabamento, e será entregue dentro de mais ou menos dois meses, e planejar o seu funcionamento, que ficará a cargo da gestão municipal.

É um cemitério dentro dos novos padrões técnico-ambientais, e a prefeitura terá o conhecimento da funcionalidade desse novo equipamento”, destacou Procópio Lucena, representante do Seapac junto ao Movimento.