Exposição sobre Xico Santeiro será montada no CERES/UFRN em Caicó

A exposição Xico Santeiro – Uma escola de arte popular, será montada no Ceres Caicó, como parte da programação do VII Colóquio de História Cultural e Sensibilidades, que acontecerá de 6 a 10 de novembro.

A sétima edição do Colóquio tem por tema Sertões: Corpo, Educação e Sociedade e vem evidenciar o caráter consolidado do evento que ocorre desde o ano de 2011, com o  objetivo reunir professores, pesquisadores e alunos de graduação e pós-graduação, dedicados aos estudos em História Cultural, além de profissionais e cidadãos com interesses nesta área. Mais informações sobre o evento no site.

Sobre Xico Santeiro

Joaquim Manoel de Oliveira nasceu em 1898, no município de Santo Antônio do Salto da Onça/RN. Começou esculpindo imagens religiosas em madeira para igrejas, capelas e oratórios domésticos, tendo aprendido a profissão com o pai, que também era “imaginário”. Na década de 1940 fixou residência em Natal e começou a criar para colecionadores e turistas, expandindo o repertório para os temas regionais (Lampião e Maria Bonita, retirantes, carro de boi, etc.) e iniciando membros de sua família no ofício da escultura. Assinava suas obras como Xico Santeiro, com “x” mesmo, e foi um dos primeiros artistas populares reconhecidos e valorizados em todo o Brasil e também no exterior, ao lado de nomes como o do ceramista pernambucano Mestre Vitalino.

A exposição será realizada das 8h às 11h30 e das  13h às 17h30. Outras informações pelos telefones (84) 9 9229-6575 e 9 9656-5456 com o professor Abraão Sanderson.



Ceres Caicó realiza Colóquio de História Cultural e Sensibilidade

O Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), campus Caicó, realiza, entre os dias 6 e 10 de novembro, o VII Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, com o tema: Sertões – Corpo, Educação e Sociedade.

O evento é o segundo maior do país, dedicado à História Cultural no Brasil, e reúne pesquisadores das mais diversas temáticas. Segundo a organização, as conferências e mesas foram compostas com a preocupação de oferecer um evento que sintetize a historiografia brasileira, o que levou ao convite feito a pesquisadores do Rio de Janeiro, de São Paulo, Manaus, Goiânia, entre outras.

Os simpósios irão discutir temas como: História Cultural e o Sagrado; História do Corpo: Práticas, Instituições, Sentidos e Saberes; História, Educação e Sensibilidades; História dos Sertões no Período Colonial e Arqueologia Histórica no Espaço Regional.

Detalhes sobre a programação podem ser conferidos aqui.



Departamento de Letras do CERES oferece especialização em Libras

Terminam no próximo dia 10 de novembro, as inscrições para o Curso de Especialização em Libras promovido pelo Ceres/UFRN de Currais Novos. Podem participar profissionais das diversas áreas de conhecimento que tenham interesse no tema.

Os candidatos deverão fazer a inscrição on-line através do site https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/home.jsf (Processo Seletivo – Processos Seletivos Lato Sensu). Neste mesmo endereço, o candidato tem acesso ao edital completo.

Serão oferecidas duas turmas, sendo uma em Natal (50 vagas) e outra em Currais Novos (50 vagas) e o investimento consta de taxa de matrícula no valor de R$ 100,00 (cem reais) mais 18 parcelas de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais).

As aulas iniciarão no dia 25 de novembro de 2017.



UFRN aprova criação de novos programas de pós-graduação; Um será no Ceres

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou a criação de novos programas de pós-graduação em sessão extraordinária na última terça-feira, 31 de outubro. Um deles é destinado ao Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES), para implantação do mestrado acadêmico em História.

Também foram aprovados os mestrados profissionais em Produção de Petróleo e Gás, vinculado ao Centro de Tecnologia (CT), e Segurança Pública, vinculado ao Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA). Já a pós-graduação em Ciências Odontológicas, nas modalidades mestrado e doutorado acadêmico, se dá a partir da fusão dos programas em Patologia Oral e Saúde Coletiva.

A consolidação dos programas ficará condicionada à aprovação da proposta pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, do Ministério da Educação – MEC.



Campus da UFRN em Caicó sediará 1º Conferência de Direito no CERES

Campus da UFRN em Caicó sediará 1º Conferência de Direito no CERES

Com o tema “O Direito frente às fragilidades dos tempos de crise” acontecerá no final do mês de Outubro em Caicó, a 1ª Conferência de Direito do CERES, evento organizado por alunos do 4º período com apoio do professor Dr. Fabricio Germano Alves, que leciona cadeiras da área de Civil no referido curso.

A conferência contará com a participação de palestrantes (professores mestres e doutores) do campus central de Natal, da UFERSA de Mossoró, do departamento de Direito de Caicó, do comandante da policia militar no Seridó, além de mestrandos recém egressos do curso de Direito, que hoje também atuam como professores substitutos em nosso campus regional.

Serão três dias (30, 31 de Outubro e 01 de Novembro) de muitas palestras e debates instigantes, com o Direito nacional sendo confronto com a crise politica e institucional vivida nos dias atuais, isso sobre uma ótica dos direitos humanos e sua aplicabilidade em nossa sociedade. O evento, além do conteúdo de imensa valia para estudantes e profissionais da área, terá a carga horária de 20h emitida através de certificado aos participantes.

As inscrições poderão ser feitas por estudantes da UFRN via Sigaa (sistema eletrônico institucional da Universidade Federal do RN) e para oriundos de outras faculdades e público externo em geral via página do Sigeventos. Maiores informações nas redes sociais da Conferência, principalmente via Instagram no perfil cdc_ceres, em breve todos os detalhes.



Ceres realiza colóquio de debates contemporâneos em Direito

Ceres sedia colóquio de direito neste mês de setembro

O Departamento de Direito, do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), Campus Caicó, vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza, nos dias 28 e 29 de setembro, o I Colóquio Seridoense de Debates Contemporâneos em Direito.

O evento ocorre no auditório do Ceres, em Caicó, e faz parte das atividades do projeto Café, Direito e Arte, que tem aplicação durante todo o período 2017.2. A programação, disponível no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), conta com atividades culturais, mesas-redondas e palestras.

A conferência de abertura acontece no dia 28 de setembro, às 19h40, com o debate sobre gênero, afetividade e parentalidade, com participação dos professores Dimitre Soares, Tânia Cristina Meira Garcia e Priscila Brandão.

As inscrições podem ser realizadas por meio deste link.



Ceres/UFRN sediará I Encontro de Pesquisas e Práticas Pedagógicas em Educação Infatil

Ceres vai sediar evento de pesquisa pedagógica infantil

O Departamento de Educação do Centro de Ensino Superior do Seridó/ CERES-Campus de Caicó, o Núcleo de Educação para a Infância (NEI/Cap/CE) e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN-Campus de Caicó),  realizarão no período de 12 a 14.06.2017, nas dependências do CERES-Campus de Caicó, o I Encontro de Pesquisas e Práticas Pedagógicas de Educação Infantil – EPPPEI – RN, tendo como tema central  “Políticas e práticas pedagógicas na Educação Infantil: saberes, perspectivas e desafios atuais”. O evento pretende inaugurar um espaço regional para atualização e discussão das temáticas relacionadas à Educação Infantil, contribuindo para o pensar as políticas públicas, pesquisas e práticas das escolas no âmbito dos diferentes municípios do RN.

Terá uma carga horária de 20h, envolvendo as seguintes atividades: conferências, mesas redondas, diálogos pedagógicos, comunicações orais, oficinas, momentos culturais e lançamentos de livros. As inscrições devem ser realizadas até 30.05, pelo site do evento. VAGAS LIMITADAS.

Público alvo: graduandos(as), professores(as) e pesquisadores(as) das universidades envolvidas,  gestores(as), técnicos(as) e professores(as) das redes de ensino públicas e privadas do RN, e demais profissionais interessados(as) na temática.

Maiores informações https://epppeirn.wixsite.com/epppei2017

Atendimento via WhatsApp: +55 84 9 8104 2567

Segunda à sexta-feira – Das 8h às 17h



CERES Caicó promove mesa-redonda sobre depressão

CERES Caicó promove mesa-redonda sobre depressão

O Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove nesta quinta-feira, (27), uma mesa-redonda para debater sobre depressão. Aberto à comunidade em geral, o evento acontece a partir das 17h, no auditório do campus de Caicó.

Participarão como palestrantes os professores Tiago Rocha Pinto e Lizie Emanuelle E. Brasileiro, da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM) da UFRN, além do professor Dulcian Medeiros de Azevedo, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).



Acesso ao Ceres em Currais Novos ganha nova iluminação

O acesso ao Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES) em Currais Novos está iluminado desde essa segunda-feira, 10.

O Prefeito da cidade, Odon Júnior, o vice-Diretor do CERES, Alex Teixeira Gomes e demais gestores do município entregaram o serviço à população na noite de ontem.

Realizado pela administração municipal, o benefício foi um pedido da direção do Centro e afeta uma população significativa de Currais Novos, entre ela a comunidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no município.



Ceres de Caicó promove encontro sobre importância do cordel

Ceres de Caicó promove encontro sobre importância do cordel

O Departamento de História, do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), campus Caicó, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promove o evento Cordel, História e Educação: Encontro de saberes, que ocorre de 23 a 25 de abril, no auditório do Ceres. O evento é destinado a professores e alunos do Centro de Ensino.

O objetivo é reunir pesquisadores e cordelistas que discutam  sobre a importância do cordel como fonte histórica privilegiada e sobre a utilização dessa arte como documento histórico, além de material didático nas escolas e universidades.

Para isso, participarão do evento discentes e docentes de todos os níveis da educação básica e superior visando enumerar estratégias para que o cordel faça parte do material didático e, consequentemente, da construção do pensamento crítico do aluno, evidenciando formas de trabalhar os conteúdos de maneira lúdica e poética.

As inscrições devem ser feitas via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) até o dia 23 de abril. No Sigaa também está disponível a programação completa do evento.



Professores e Tutores passarão por formação no Programa Escola da Terra

A Secretaria de Estado da Educação e Cultura do Rio Grande do Norte realizará Formação Continuada do Programa Escola da Terra – MÓDULO I para professores e tutores que atuam em escolas do campo com turmas multisseriadas ou em comunidades quilombolas. A formação será de 28 a 31 de março de 2017, das 8h às 17h, no auditório do CERES/UFRN, em Caicó.

De acordo com Maria de Fátima da Costa Saraiva, Coordenadora Estadual da Escola da Terra pela Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar/SEEC-RN, o evento destacará a importância da participação dos profissionais da rede estadual neste evento para a qualidade da educação oferecida às populações do campo.

A Formação é uma parceria entre o Ministério da Educação, a Secretaria de Estado da Educação da Cultura e municípios, e será realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.