Real Madrid faz 3 a 1 no Liverpool e conquista o 13º título da Liga dos Campeões

Real bate o Liverpool e fatura mais uma Champions

O Real Madrid segue mandando na Europa. Neste sábado (26), em uma final eletrizante contra o Liverpool, venceu por 3 a 1, no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, e confirmou a sua hegemonia no continente ao conquistar o seu 13.º título da Liga dos Campeões na história, sendo o terceiro em sequência e o quarto nas últimas cinco temporadas – só o rival Barcelona em 2015 se intrometeu nesta série.

Os gols saíram no segundo tempo e aconteceram das maneiras mais inacreditáveis possíveis. O primeiro do Real Madrid veio em uma falha do goleiro alemão Karius e esperteza de Benzema. O Liverpool empatou com Sadio Mané, mas aí apareceu o talento do galês Gareth Bale, que havia acabado de entrar em campo, com um lindo gol de bicicleta. No final, novo erro de Karius, desta vez de forma bisonha, e outra bola nas redes do jogador de País de Gales para o maior campeão europeu.

A notícia triste da partida foi a lesão série que o atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, sofreu no primeiro tempo. Em dividida com o zagueiro Sergio Ramos, caiu em cima de seu ombro e teve de deixar o campo chorando muito. O craque do time inglês corre o risco de ter de fazer uma cirurgia e, assim, ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia, que começará no dia 14 de junho.



Com clássico inglês, sorteio define confrontos de quartas de final da Champions

Sorteio definiu jogos das quartas de finais da Champions

A expectativa era grande. No total, 29 títulos entre as oito melhores equipes da Europa nesta temporada. Para completar, um clássico logo nas quartas de final da Liga dos Campeões. Assim foi definido por sorteio na manhã desta sexta (16), na Suíça, os confrontos do mata-mata da competição continental mais importante do mundo. Atual bicampeão, o Real Madrid terá pela frente a Juventus, na reedição da última final.

O Barcelona, de Lionel Messi, vai encarar a Roma. O Sevilla, que chegou às quartas de final depois de 60 anos, enfrenta o Bayern de Munique.

Quis o destino que Liverpool e Manchester City se enfrentassem na disputa por uma vaga nas semifinais. O duelo marca o encontro de Roberto Firmino e Gabriel Jesus, atacantes da Seleção Brasileira.

Os jogos de ida da próxima fase acontecem nos dias 2 e 3 de abril. Os de volta serão realizados na semana seguinte. Roma, Bayern de Munique, Real Madrid e Manchester City jogam a segunda partida em casa.



Roma e United buscam em casa vaga nas quartas da Champions

Mais dois grandes do futebol europeu entram em campo nesta terça-feira (13) em busca da vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Na Itália, a Roma, do goleiro brasileiro Alisson, precisa de uma vitória simples (um a zero) contra o Shakhtar Donestk, da Ucrânia, para avançar. Qualquer empate classifica os ucranianos, que venceram o jogo de ida por dois a um. No caso desse placar se repetir em favor dos italianos, haverá prorrogação.

Na Inglaterra, o Manchester United recebe o Sevilla, da Espanha. O confronto entre as equipes é o mais equilibrado dessa fase de oitavas. Na ida, empate por 0 a 0. Se o placar sem gols se repetir, o duelo será decidido na prorrogação. Empate com gols, classifica os espanhóis. Quem vencer, garante vaga na próxima fase. Os jogos começam às quinze para as cinco da tarde, horário de Brasília.



Champions: United empata fora de casa e Shakhtar bate Roma de virada

Com atuação de gala do goleiro De Gea, o Manchester United abriu o confronto das oitavas da Champions com um empate sem gols contra o Sevilla. Em sua terra natal, o espanhol fechou a meta inglesa e deixou a decisão para o jogo de volta. Quem vencer, no próximo dia 13 de março, em Manchester, avança as quartas de final. Um novo 0 a 0 leva o jogo para a prorrogação. Em caso de empate com gols, o Sevilla é que se classifica.

Na Ucrânia, o Shakhtar Donestk levou a melhor sobre a Roma e venceu por 2 a 1. O destaque do jogo, mais uma vez, não foi um jogador de linha. O goleiro brasileiro Alisson, titular da Seleção, mostrou que está em boa fase e fez pelo menos duas defesas milagrosas. Pelo lado dos donos da casa, o volante brasileiro Fred marcou belo gol de falta e garantiu o triunfo do time ucraniano, no Metalist Stadium.

As duas equipes voltam a se enfrentar também no próximo dia 13 de março, no estádio Olímpico de Roma, na Itália. O Shakhtar tem a vantagem do empate. Uma vitória por 1 a 0 da Roma dá a vaga aos italianos. Se o placar de 2 a 1 se repetir, a partida vai para a prorrogação. Caso os ucranianos percam por um gol de diferença, mas marquem dois ou mais gols, seguem para a fase seguinte.



Real joga pela liderança e City tenta manter campanha 100% na Champions

A Liga dos Campeões tem mais oito partidas na tarde desta quarta-feira (1º) para fechar a quarta rodada da fase de grupos. O Liverpool, dos brasileiros Phillipe Coutinho e Firmino, entra em campo para encarar a equipe eslovena do Maribor.

Já o Real Madrid, do craque português Cristiano Ronaldo, e dos brasileiros da seleção, Casemiro e Marcelo, vai até a Inglaterra para enfrentar o Tottenham. O jogo vale a liderança do grupo H.

O Napoli recebe em casa o Manchester City, do atacante Gabriel Jesus. A equipe inglesa, comandada pelo técnico Pep Guardiola, lidera o grupo F com 100% de aproveitamento.

Todas as partidas acontecem às cinco e meia da tarde, horário de Brasília, exceto o confronto entre Besiktas, da Turquia, contra a equipe francesa do Monaco.



Real Madrid atropela Juventus e fatura a Liga dos Campeões pela 12ª vez

Real Madrid bate a Juventus e é campeã da Champions pela 12ª vez – (Foto: Reprodução Twitter via Tribuna do Norte)

Da Tribuna do Norte – Cristiano Ronaldo abriu caminho para ser eleito novamente o melhor jogador do mundo com os dois gols que fez na vitória de 4 a 1 do Real Madrid sobre a Juventus, neste sábado. O atacante deu mais uma taça da Liga dos Campeões da Europa ao time espanhol, a 12.ª da sua história, a segunda consecutiva desde a década de 1950, quando um lendário Real Madrid foi cinco vezes campeão seguidamente, comandado por jogadores como Gento, Di Stéfano e Puskás. Em Cardiff, no País de Gales, Cristiano Ronaldo se juntou a esses craques do passado de vez no hall da fama do time espanhol, para nunca mais sair.

Os gols fizeram do Real o “Rei” da Europa, em uma temporada em que o time de Madri também desbancou rivais importantes do seu próprio país, como o Barcelona, para ganhar o Campeonato Espanhol. Torcedores do Real Madrid do mundo inteiro estão em festa. Cristiano Ronaldo, um atacante sem limites, levou a melhor na briga com Buffon, que, aos 39 anos, continua sem ganhar a competição europeia.



Bayern x Real e Barça x Juve farão duelos de campeões nas quartas de final da Champions

Quatro campeões europeus vão protagonizar os confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões: Bayern de Munique x Real Madrid e Juventus x Barcelona farão dois clássicos de gigantes em busca da classificação para as semifinais. As outras duas vagas sairão dos duelos entre Atlético de Madrid x Leicester e Borussia Dortmund x Monaco. As partidas foram definidas em sorteio da Uefa em Nice nesta sexta-feira com a participação do Ian Rush, ídolo do Liverpool e embaixador da final em Cardiff.

Confira a tabela com os próximos jogos da Champions League


Com gol no lance final e Neymar decisivo, Barça bate PSG por 6 a 1 e faz história

Barcelona goleia o PSG na Champions em partida histórica – (Foto: Site do Barcelona)

Era preciso um milagre, que ficou ainda mais improvável com o gol de Cavani no segundo tempo. A vitória por 3 a 1 aos 40 minutos do segundo tempo, obrigava o Barcelona a fazer mais três gols para ir às quartas de final da Liga dos Campeões. E foi isso que a equipe catalã fez. Em um jogo histórico, o time espanhol superou o que parecia impossível e, liderado por uma atuação espetacular de Neymar nos minutos finais, goleou o Paris Saint-Germain por um inacreditável 6 a 1 que lhe deu a classificação, para delírio de um Camp Nou que foi às lágrimas ao apito final.

A histórica classificação do Barcelona só foi possível pela aparição de Neymar no momento mais difícil. Precisando de três gols aos 40 minutos do segundo tempo, o time catalão viu o brasileiro marcar dois e dar a assistência para Sergi Roberto selar o resultado que nunca mais será esquecido pelo mundo do futebol.

Leia a notícia completa aqui