Chefe de organização criminosa é preso pela PM após denúncia ao MPRN

O Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar (BPChoque) prendeu neste domingo (27) um homem apontado como sendo chefe de uma organização criminosa especializada em roubos a agências dos Correios e bancos. Francisco Argemiro Pereira dos Santos, o Veio, foi localizado após um telefonema anônimo ao Disque Denúncia 127 do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Contra ele, havia seis mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal potiguar.

Em telefonema anônimo ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, feito neste domingo informou o paradeiro de Francisco Argemiro. O MPRN repassou a informação à PM, que localizou o criminoso em uma casa na rua João Ângelo da Fonseca, no bairro Regomoleiro, em São Gonçalo do Amarante.

Continue lendo




Operação conjunta do MPRN e da PM prende chefe do PCC no Estado

Cicinho foi preso em Natal nesta terça-feira (11)

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e da Polícia Militar prendeu na manhã desta terça-feira (11) um dos chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Estado. Iranilson dos Santos Silva, o Cicinho, foi preso por volta das 9h30 no bairro de Lagoa Nova, em Natal.

Cicinho fugiu do presídio estadual Rogério Coutinho Madruga, o Pavilhão 5 de Alcaçuz, em 14 de janeiro deste ano, durante as rebeliões que culminaram com a morte de 26 detentos. Ele era um dos criminosos mais procurados pelas forças de segurança pública do Rio Grande do Norte. Iranilson dos Santos Silva é considerado de altíssima periculosidade e já foi condenado a mais de 22 anos de prisão pela prática de vários crimes.

No momento da prisão, os policiais do Batalhão de Choque da PM constataram que Iranilson dos Santos Silva portava documento falso. O paradeiro dele chegou ao conhecimento do Gaeco por meio de denúncia anônima, repassada imediatamente aos policias do Batalhão de Choque, que efetuaram a prisão.

Iranilson dos Santos Silva será apresentado novamente ao sistema penitenciário, onde deve continuar o cumprimento da pena.

Caso saiba de alguma informação que possa levar à prisão de criminosos, colabore com as autoridades ligando para o telefone do Gaeco: (84) 3606-8082. A identidade do informante será preservada.