Baixo nível em reservatórios deixam a Caern em alerta

As chuvas insuficientes para encher os reservatórios no inverno de 2018 provocam, neste período do ano, dificuldade de abastecimento em alguns municípios atendidos pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – Caern. As regiões mais afetadas pela crise hídrica são: Oeste, Alto Oeste e Seridó.

Em Caicó, a Caern deixou de captar água, esta semana, pelo açude Itans e está fazendo a captação no rio Piranhas-Açu, em Jardim de Piranhas, com o transporte de água pela adutora Manoel Torres. O Itans que está com 5,27% de sua capacidade ficará como reserva técnica.

Na Região do Seridó a cidade de Cruzeta está em colapso, sendo atendida por carro pipa, e as cidades de Ouro Branco e São José do Seridó estão com abastecimento parcial porque os poços tiveram redução de vazão.

As prefeituras de Ouro Branco e São José do Seridó estão fazendo o abastecimento por carro pipa das áreas que a Caern não está conseguindo abastecer.

Para atender as cidades de Currais Novos, Acari, Bodó, Cerro-Corá, Florânia, Lagoa Nova, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente e Jucurutu, que são abastecidas pelo Sistema Produtor Integrado Serra de Santana, a Caern precisou realocar o ponto de captação na Barragem Armando Ribeiro, afastando 3km do ponto anterior.

A Caern orienta que a população faça o uso racional da água disponível, principalmente, porque os prognósticos apontam que há uma atuação do El Niño, que prejudicará o inverno de 2019.

Confira o quadro de abastecimento

COLAPSO – 07 CIDADES

06 no ALTO OESTE

1. ALMINO AFONSO (Em teste)
2. JOÃO DIAS
3. LUÍS GOMES (Em teste)
4. PARANÁ;
5. PILÕES;
6. SÃO MIGUEL;

01 no SERIDÓ

1. CRUZETA

RODÍZIO – 90 CIDADES
ACARI, AFONSO BEZERRA, ÁGUA NOVA, ALTO DO RODRIGUES, ANGICOS, ANTÔNIO MARTINS, ASSÚ, BARCELONA, BENTO FERNANDES, BODÓ, CAIÇARA DE RIO DO VENTO, CAICÓ, CAMPO GRANDE, CARNAÚBA DOS DANTAS, CARNAUBAIS, CERRO CORÁ, CORONEL JOÃO PESSOA, CURRAIS NOVOS, DR. SEVERIANO, ENCANTO, EQUADOR, FERNANDO PEDROSA, FLORÂNIA, FRANCISCO DANTAS, FRUTUOSO GOMES, GUAMARÉ, IELMO MARINHO, IPANGUAÇU, IPUEIRA, ITAÚ, JANDUÍS, JARDIM DE ANGICOS, JARDIM DE PIRANHAS, JARDIM DO SERIDÓ, JOÃO CÂMARA, JOSÉ DA PENHA, JUCURUTU, LAGOA DE VELHOS, LAGOA NOVA, LAJES, LUCRÉCIA, MACAU, MARCELINO VIEIRA, MARTINS, MESSIAS TARGINO, OLHO D´ÁGUA DOS BORGES, OURO BRANCO, PARAÚ, PARELHAS, PASSAGEM, PATU, PAU DOS FERROS, PEDRA PRETA, PEDRO AVELINO, PENDÊNCIAS, POÇO BRANCO, PORTALEGRE, PUREZA, RAFAEL FERNANDES, RAFAEL GODEIRO, RIACHO DA CRUZ, RIACHO DE SANTANA, RIACHUELO, RODOLFO FERNANDES, RUY BARBOSA, SANTA MARIA, SANTANA DO MATOS, SANTANA DO SERIDÓ, SANTO ANTÔNIO, SÃO FERNANDO, SÃO FRANCISCO DO OESTE, SÃO JOÃO DO SABUGI, SÃO JOSÉ DO SERIDÓ, SÃO PAULO DO POTENGI, SÃO PEDRO, SÃO RAFAEL, SÃO TOMÉ, SÃO VICENTE, SERRINHA DOS PINTOS, SEVERIANO MELO, TABOLEIRO GRANDE, TAIPU, TENENTE ANANIAS, TENENTE LAURENTINO, TIMBAÚBA DOS BATISTAS, TRIUNFO POTIGUAR, UMARIZAL, VÁRZEA, VENHA VER, VIÇOSA.



No RN, dezesseis cidades têm mais eleitores do que habitantes

Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que 16 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte têm mais eleitores do que o número de habitantes. O caso emblemático é o do município de Severiano Melo, situado  na chamada “Tromba do Elefante”, na região Oeste do Estado, que está com quase o dobro de eleitores em relação a população, que é de 3.150 habitantes.

Com uma diferença de 2.990 pessoas entre os números de habitantes e de eleitores, Severiano Melo tem a maior diferença do eleitorado em relação à quantidade de moradores da cidade.

Outros município potiguares com população menor que o número de eleitores são Barcelona, Lagoa de Velhos e Ruy Barbosa, na região do Potengi/ Bodó, na região do Sertão Central; Lagoa Salgada e Monte das Gameleiras, na região Agreste; Pedra Grande e Pedra Preta, no Mato Grande; São Bento do Norte, no litoral norte; Felipe Guerra, Olho d’Água dos Borges, Paraú, Rafael Godeiro, Severiano Melo, Tibau e Triunfo Potiguar, na região Oeste.

*Da Tribuna do Norte



Cidades do interior recebem investimento em tecnologia na segurança pública

Novas tecnologias serão instaladas em Caicó e outras cidades do interior

Dando continuidade ao processo de expansão e atualização do sistema de comunicação das forças de segurança promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), as cidades de Assu, Pau dos Ferros e Caicó serão as próximas beneficiadas com os investimentos.

Os municípios estão recebendo a instalação dos novos equipamentos de transmissão e também contarão com os rádios digitais de comunicação, aparelhos que contam com criptografia de ponta. “Essas cidades são consideradas ‘polos’ para esse tipo de investimento. Elas foram escolhidas estrategicamente para receberem os equipamentos”, destacou o tenente coronel Macedo, coordenador do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) da Sesed.

Essa é considerada a terceira etapa do processo, que contou com investimentos de mais de R$ 8 milhões, recursos oriundos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, via Governo Cidadão. A primeira foi em Natal, com a atualização de toda a comunicação do CIOSP na capital potiguar. Em seguida, Mossoró também recebeu novos equipamentos.



Segundo Caern, perspectiva é reduzir número de cidades em colapso de 14 para 2

Barragem de Pau dos Ferros tem recarga de água, positiva

As chuvas do primeiro quadrimestre já transformaram paisagens e aumentaram o nível de alguns reservatórios potiguares. A perspectiva da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – Caern, é que o número de cidades em colapso, atualmente 14, reduza para duas.

Nesta quarta-feira (25), o abastecimento da cidade de Jardim do Seridó deve ter o abastecimento retomado pela Caern. Na próxima semana, as cidades de José da Penha e Luís Gomes, no Alto Oeste, retornam o abastecimento.

Continue lendo



Mais de mil cidades do Brasil estão em alerta para dengue, zika e chikungunya

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (28) o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRa). O indicador aponta que 357 cidades estão em situação de risco para a ocorrência de dengue, zika e chikungunya, pois nelas mais de 9% dos imóveis visitados continham larvas do mosquito. Já 1.139 municípios estão em situação de alerta. Isso significa que entre 1% e 3,9% dos imóveis locais tinham larvas. E 2.450 municípios foram classificados como satisfatórios por apresentarem percentual menor de 1% para presença de larvas.

O LIRa analisou dados de 3.946 cidades, entre o início de outubro e a primeira quinzena de novembro. O número é considerado recorde e decorre da resolução da Comissão Tripartite, que tornou obrigatória, no início deste ano, a disponibilização das informações.

Cerca de 1.600 municípios não realizaram ou não informaram o índice de infestação. Caso isso não seja feito até o dia 14 de dezembro, quando será publicado o relatório final, as cidades serão apenadas com a suspensão da segunda parcela do Piso Variável de Vigilância em Saúde, conforme pactuado na comissão.



Detran divulga cronograma de exames de direção veicular do mês de junho

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou na manhã desta quarta-feira (24) o cronograma de exames práticos de direção veicular que serão aplicados nos municípios do interior do Rio Grande do Norte durante o mês de junho. Os examinadores iniciam o trabalho na quinta-feira (1º), pela cidade de Ceará-Mirim e no decorrer do mês outros 21 municípios polos distribuídos em todas as regiões do Estado terão candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avaliados pelo Departamento.

Somente no interior, a previsão é de que cerca de três mil candidatos passem pela avaliação no mês junho. O processo de exames realizado pelo Detran é contínuo e após um planejamento estratégico realizado pelos setor competente do Órgão, vem evitando a demanda reprimida e possibilitando que os testes sejam realizados periodicamente sem espera por parte dos usuários, como é o caso das avaliações realizadas na sede do Detran em Natal onde o usuário, muitas vezes, consegue agendar e realizar o teste prático no mesmo dia.

Continue lendo



Cidades do Alto Oeste têm suspensão temporária no abastecimento

Um vazamento na adutora Alto Oeste, na entrada da cidade de Lucrécia, paralisou o abastecimento para as cidades de Riacho da Cruz, Viçosa, Portalegre, Olho D’água dos Borges, Lucrécia, Martins, Serrinha dos Pintos, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias. A previsão é que estas cidades voltem a ser abastecidas na quarta-feira (12).

O vazamento ocorreu às margens da RN-117, em um trecho de adutora de grande diâmetro (300 milímetros). Vários motivos contribuem para a dificuldade em executar o serviço. O trecho da adutora a ser consertado está em um alagadiço que cobre a os tubos da adutora. A equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) terá que esperar secar o local, fazer barreiras, para proceder a intervenção.

As cidades de Serrinha dos Pintos, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias, ainda não estão pagando as contas porque a adutora do Alto Oeste ainda está em fase de teste para estas quatro cidades. A fase de teste se caracteriza do período de transição de operação pela empresa contratada para executar as obras, no caso a EIT, que foi contratada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e a Caern. A Companhia só assume integralmente a operação quando o sistema não precisa de nenhum ajuste a ser feito pela empresa executora da obra. Ao ter todas as garantias para fazer o abastecimento, a Caern começa a emitir as contas de água.



Ezequiel Ferreira solicita carros frigoríficos para abatedouros do Seridó

Deputado Ezequiel Ferreira solicita carros frigoríficos para cidades do Seridó – (Foto: João Gilberto)

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) depois de conseguir a inclusão de dez municípios da região Seridó Oriental na lista dos contemplados com equipamentos para centrais de comercialização do Programa Compra Direta, em 2016, requereu agora o benefício para mais 19 cidades da região. Estas cidades receberão, inclusive, veículos de porte médio, adaptados com câmara frigorífica para o transporte dos animais abatidos.

Agora espero a contemplação de 19 cidades, dentro do cronograma do programa. Em períodos de carência e emergência como a que o semiárido tem atravessado nos últimos 6 anos de seca todos os setores tem que se unir para prover o sustento do homem do campo”, justifica Ezequiel Ferreira que também é presidente do Comitê de Ações de Combate à Seca da Assembleia.

As cidades contempladas serão: Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, São Fernando, São Vicente, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz

O deputado Ezequiel solicitou ao Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), os benefícios para 30 municípios do Estado, estando entre os itens solicitados balanças, computadores, impressoras, veículos tipo caminhoneta leve e veículos de transporte dos produtos que necessitam de refrigeração, que são entregues aos municípios com maior volume de comercialização.

O Compra Direta é um dos programas de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), que no Rio Grande do Norte é executado pela Emater. Tem por finalidade fortalecer a Agricultura Familiar, garantindo a aquisição de alimentos para doação às instituições que assistem pessoas em situação de vulnerabilidade social e alimentar, como escolas, unidades de saúde e organizações civis.



Veja mais registros de chuvas em Caicó e no Oeste do Estado

Chuvas banharam também a cidade de Santana do Matos, na região Seridó – (Foto: F Damião)

Em Caicó, a chuva da noite deste sábado (11), teve uma variação alta entre os bairros. A chuva foi forte e em alguns setores, ruas foram alagadas e entrou água em várias casas.

Confira os registros em alguns Bairros de Caicó:

​Bairro Paraíba – 110mm, Vila Altiva – 87 mm, João XXIII – 85mm, Boa Passagem – 58mm, Barra Nova – 90mm, Walfredo Gurgel – 100 mm e Maynard – 85mm.

Em Santana do Matos, choveu, 105 milímetros.

Confira também os registros pluviométricos das chuvas registras em cidades da região Oeste do Estado do Rio grande do Norte:

Pau dos ferros – 12 mm, Luis Gomes – 24 mm, São Miguel – 25 mm, Doutor Severiano – 10 mm, Francisco Dantas – 40 mm, Major Sales – 75 mm, Portalegre – 60 mm, Riacho da Cruz – 180 mm, Tabuleiro Grande – 132 mm, Venha Ver – 62 mm, Viçosa – 178 mm, Frutuoso Gomes – 29 mm, João Dias – 60 mm e Martins – 80 mm.

*Fonte: Blogs de Marcos Dantas e de F. Damião



Governo vai abrir mais 11 Cafés do Trabalhador

Governo do Estado vai abrir novos cafés do trabalhador

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN), vai abrir, até julho, mais 11 Cafés do Trabalhador, em 10 municípios, além de mais uma unidade em Natal. Um aumento de 1.800 cafés diariamente para o trabalhador potiguar.

Os municípios beneficiados com os novos cafés serão: Natal (Zona Norte), Goianinha, Baraúna, Patú, Monte Alegre, Tangará, Santana do Matos, Touros, Lajes, Alexandria e Alto do Rodrigues.

Segundo o coordenador do programa, Paulo Jordão, o processo licitatório está bastante avançado. “O processo já está caminhando dentro do prazo e a previsão é que até o fim de julho todas as unidades estejam funcionando”, explicou.

“O programa é essencial para a política de segurança alimentar e sua expansão vai beneficiar a população em vulnerabilidade social. O Café do Trabalhador oferece uma refeição reforçada e elaborada para garantir que o trabalhador comece o dia bem alimentado”, ressalta a secretária da Sethas-RN, Julianne Faria.

O programa beneficia diariamente cerca de 1.100 trabalhadores com o café da manhã ao preço de R$ 0,50 (cinquenta centavos). O cardápio é composto por café, pão, leite, bolacha, cuscuz, frutas e produtos da terra. O café é servido nas seguintes Centrais do Trabalhador: Natal (Cidade da Esperança), João Câmara, Mossoró, Ceará-Mirim, Angicos e Assú.



Governo amplia abastecimento de água por carros-pipa para cidades em colapso

Governo amplia ações de abastecimento para cidades em Colapso

O Governo do RN receberá R$ 12.716,681 milhões de reais, oriundos do Ministério da Integração Nacional, para ampliar a Operação Vertente, responsável pelo abastecimento de água potável, por meio de carros-pipa, nos municípios em situação de emergência decorrente do longo período de seca.

A portaria de autorização de empenho e transferência da primeira parcela dos recursos, no valor de R$ 3,2 milhões de reais, foi publicada nesta quinta-feira (9) no Diário Oficial da União (DOU). Os recursos fazem parte do apoio federal à recuperação de áreas atingidas por desastres naturais e ao socorro e assistência à população.

Segundo o Coordenador Estadual da Defesa Civil, Elizeu Dantas, com essa liberação a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, vinculada ao Gabinete Civil do Governo do Estado, iniciará a Operação Vertente II, que prevê o abastecimento de 65 municípios, e o atendimento de aproximadamente 350.400 pessoas afetadas pela seca.

Atualmente, uma média de 150 mil pessoas são atendidas pela Operação Vertente em 13 cidades do Seridó e do Alto Oeste Potiguar, sendo elas: Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas, Acari, Carnaúba dos Dantas, Alexandria, Luís Gomes, Antônio Martins, Pilões, João Dias, Tenente Ananias, Paraná e São Miguel.



Racionamento muda o sistema de abastecimento de cidades do Sertão paraibano

Açude de Coremas na Paraíba já está em situação crítica

O sistema de racionamento nas cidades abastecidas pelo complexo Coremas/Mãe D’água, no Sertão da Paraíba, mudou a partir deste sábado (4).

De acordo com informações da Cagepa, a partir deste dia, o racionamento acontece das 5h (horário local) do sábado até as 5h (horário local) da segunda-feira. A medida afeta as cidades de Cajazeirinhas, Pombal, Vista Serrana, Paulista, Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Belém do Brejo do Cruz e São Bento.

O registro da Aesa das chuvas no mês de janeiro dá conta de que em Coremas choveu 24,3 milímetros e também choveu em todas as cidades afetadas pelo racionamento. Segundo relatório desta terça-feira, a Aesa considera que 74 dos reservatórios do estado estão em situação crítica, com menos de 5% de seus volumes, como o caso de Coremas e Mãe D’Água. O órgão monitora 127 reservatórios na Paraíba.

De acordo com os dados da Aesa, o açude de Coremas tem capacidade para armazenar 591.646.222 metros cúbicos de água, mas estava com apenas 14.301.706 metros cúbicos na sexta-feira (3), o que representa 2,4% da capacidade. Já o açude Mãe D’água, tem capacidade para 567.999.136 de metros cúbicos de água, mas está com apenas 25.721.406 metros cúbicos, o que representa 4,5%.