Clubes decidem ampliar férias de jogadores por mais 10 dias; Flamengo, Vasco e Botafogo não concordam

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Em reunião realizada nesta terça (14) por videoconferência, a Comissão Nacional de Clubes (CNC) decidiu ampliar as férias de jogadores de equipes de futebol das séries A e B do Campeonato Brasileiro por mais 10 dias por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com isso, o retorno das atividades, que estavam previstas para o dia 21 de abril, passa para o dia primeiro de maio.

Na nota divulgada após a reunião, o CNC informou que a medida tem “o objetivo de preservar o calendário do futebol brasileiro e todas as suas competições (Estaduais, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro)”.

O encontro do CNC, que é um “órgão estatutário da CBF com independência deliberativa dos clubes”, contou com a participação de representantes de clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro.

Porém, a decisão não foi por unanimidade. Segundo a CNC, Flamengo, Vasco e Botafogo não optaram pela ampliação das férias, pois aguardam “o resultado de estudos objetivando um possível retorno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro no mês de maio, desde que isso não prejudique o calendário do futebol nacional”.


Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações

A partir de hoje (7), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) destinará R$ 19,1 milhões a clubes que disputam as Séries C e D do Campeonato Brasileiro,  A1 e A2 do Brasileiro Feminino, e também para as 27 federações estaduais. Segundo a entidade, 140 equipes serão beneficiadas com o repasse para “cumprir seus compromissos com os jogadores e jogadoras durante o período de paralisação do futebol” em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O repasse às federações é de R$ 3,24 milhões, sendo R$ 120 mil por entidade estadual. Já o auxílio aos times é equivalente a duas vezes a folha salarial média dos atletas por divisão, conforme o sistema de registro de contrato da CBF.

Continue lendo

Brasileirão 2017 tem R$ 63,7 milhões em prêmios para clubes

Os 16 clubes que permanecerem na Série A após o fim do Brasileirão 2017 serão premiados. A CBF informa que, do campeão ao 16º colocado, haverá recompensa financeira pelo desempenho. O valor será escalonado, de acordo com a posição na tabela. O investimento para a premiação é disponibilizado a partir da comercialização dos direitos de transmissão das partidas do campeonato mais equilibrado do mundo.

Quem levantar a taça conquistará também o maior prêmio em cifras: R$ 18.069.300,00. O vice-campeão reforçará os cofres com R$ 11.373.030,00 e o terceiro colocado levará R$ 7.759.170,00. A tabela completa vai até a posição 16 da classificação. Apenas os clubes da zona de descenso à Série B não estão incluídos.

Confira todos os valores:

Premiação para os clubes que participam do Brasileirão 2017


Campeonato de blocos carnavalescos teve início em Jardim do Seridó

Teve início nesta segunda-feira, dia 16 de janeiro, o 17º Campeonato dos Blocos Carnavalescos de Jardim do Seridó, uma realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes, Cultura e Turismo.

A abertura aconteceu no Ginásio de Esportes Governador Lavoisier Maia e contou com a presença do prefeito Amazan Silva, secretários, vereadores e demais autoridades do município.

“Podemos considerar o esporte como uma das principais ferramentas de transformação social, sobretudo para os jovens. É grande a relevância do esporte na vivência de valores necessários para o convívio em sociedade, como a tolerância, a inclusão e o respeito”, disse Amazan.