Conmebol anuncia que final da Libertadores será disputada sem público

Final da Libertadores será sem público

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou na noite desta terça-feira (5) que a final da Copa Libertadores, marcada para acontecer no estádio do Maracanã no dia 30 de janeiro, não terá a presença de público.

A final única da Conmebol Libertadores, prevista para 30 de janeiro no Rio de Janeiro, será disputada sem a presença de espectadores, como vem ocorrendo nos mais de 2.100 jogos disputados nos torneios locais no Brasil, desde a volta do futebol. A medida foi adotada em comum acordo pelo presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo”, diz a nota da entidade sul-americana.

Segundo a entidade máxima do futebol da América do Sul, a medida foi tomada em decorrência da atual situação da pandemia do novo coronavírus (covid-19) na América do Sul, o que “não permite a realização de um evento desta magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida”.

Agência Brasil


Conmebol define horários de jogos do Brasil nos dias 13 e 17 de novembro

A Conmebol detalhou nesta segunda-feira a tabela da terceira e quarta rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, agendadas para novembro. O Brasil terá pela frente a Venezuela no dia 13, às 21h30, no Morumbi. Já o confronto com o Uruguai foi agendado para as 20 horas do dia 17, em Montevidéu, no Estádio Centenário.

Confira os demais embates das duas rodadas:


São Paulo, Vasco e Bahia conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Os representantes do Brasil na Copa Sul-Americana conheceram nesta sexta-feira (23) seus adversários da segunda fase. O São Paulo enfrentará o Lanús (Argentina). O Vasco terá pela frente o Caracas (Venezuela). Já o Bahia medirá forças com o Melgar (Peru).

Os confrontos foram sorteados na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), na cidade de Luque (Paraguai). A competição é disputada em formato mata-mata, com jogos de ida e volta. Entre os brasileiros, os tricolores paulista e baiano serão mandantes na segunda partida.

O São Paulo é um dos 10 times que entram na Sul-Americana por terem sido eliminados da Libertadores. O Tricolor ficou em terceiro no grupo D, atrás de River Plate (Argentina) e LDU (Equador). O Lanús disputa a Sul-Americana desde a primeira fase, superando o Universidad de Quito (Equador) na etapa anterior. Se avançarem, os paulistas encaram o ganhador de Audax Italiano (Chile) e Bolívar (Bolívia) nas oitavas de final.

Vasco e Bahia, além do Melgar, rival do Tricolor de Aço, também já estavam na Sul-Americana. O time cruzmaltino deixou para trás o Oriente Petrolero (Bolívia), enquanto os baianos eliminaram o Nacional (Paraguai). Os peruanos desclassificaram o Nacional Potosí (Bolívia). Adversário vascaíno, o Caracas veio da Libertadores como terceiro colocado do Grupo H, o mesmo de Boca Juniors (Argentina) e Libertad (Paraguai).

Se avançar, o Gigante da Colina enfrenta o vencedor de Defensa y Justicia (Argentina) e Sportivo Luqueño (Paraguai). O Bahia, em caso de classificação, mede forças com quem passar entre Emelec (Equador) e Unión Santa Fé (Argentina). Cariocas e baianos podem se encontrar nas quartas de final. O São Paulo só encara um deles se chegar à decisão, prevista para janeiro do ano que vem.

O Brasil iniciou a Sul-Americana com outros quatro times. Atlético-MG, Goiás, Fortaleza e Fluminense acabaram eliminados, respectivamente por Unión Santa Fé, Sol de América (Paraguai), Independiente (Argentina) e Unión La Calera (Chile).


Eliminatórias para a Copa do Mundo voltam com jogos em setembro

O Conselho da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) definiu setembro para o início das Eliminatórias no continente para Copa do Mundo de 2022. A confirmação do começo do torneio foi oficializada, nesta sexta-feira (19), com a aprovação de um protocolo de prevenção para o retorno aos treinos, viagens e competições. As medidas também devem servir aos clubes, embora ainda não exista previsão para o reinício da Taça Libertadores da América e da Copa Sul-americana.

Pelo calendário estabelecido, a Seleção Brasileira vai entrar em campo contra Bolívia e Peru, respectivamente nos dias 3 e 8 de setembro.

O documento elaborado pela Conmebol com as ações durante os jogos para evitar a disseminação da pandemia vai ser enviado aos governos dos países da América do Sul.

As eliminatórias classificam 4 equipes de forma direta para a Copa do Mundo e  deveriam ter começado em março para terminar em novembro de 2021.

Agência Brasil


Libertadores pode recomeçar com protocolo inspirado no futebol Alemão

Libertadores pode voltar com regras por causa da pandemia

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) busca inspiração na Alemanha, onde o campeonato nacional reiniciou no dia 16 de maio com estádios fechados ao público, para traçar a volta das principais competições do continente. Representantes da entidade reuniram-se, por videoconferência, com dirigentes da Bundesliga (principal liga germânica) nesta quinta (28). O objetivo é conhecer as práticas de segurança adotadas no país europeu para a reativação do futebol.

Antes, o secretário-geral adjunto de futebol da Conmebol, Gonzalo Belloso, afirmou que a entidade imagina setembro como mês para uma possível volta da Libertadores da América e da Copa Sul-Americana. “Haverá reuniões com todos os governos. O futebol é uma das tantas indústrias que estão sofrendo com a pandemia. O problema mais difícil é o da migração das equipes nos aeroportos”, disse o dirigente em entrevista à emissora argentina TyC Sports.

A Conmebol quer que as duas competições terminem dentro de campo, mesmo que elas tenham que terminar em 2021. A Libertadores deste ano parou na segunda rodada da fase de grupos. Já a Sul-Americana ainda estava na segunda fase das eliminatórias.

Agência Brasil


Conmebol sorteia grupos da Libertadores 2020

ABr – A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sorteou na noite desta terça (17) em Luque, no Paraguai, os grupos da edição 2020 da Copa Libertadores, que começa em janeiro e que terá a final realizada no dia 21 de novembro no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O atual campeão Flamengo foi o cabeça de chave do grupo A, e enfrentará na primeira fase o atual campeão da Sul-Americana Independiente del Valle (Equador), o Junior Barranquilla (Colômbia), além de um terceiro adversário a ser definido.

Continue lendo

Finais da Libertadores ocorrerão em dois sábados, anuncia Conmebol

Conmebol anuncia mudanças nas datas das finais da Libertadores

Mudança na final da Libertadores. Logo após a confirmação do duelo entre Boca Juniors e River Plate, a Conmebol anunciou que os jogos finais entre Boca e River foram remarcados para os dias 10 e 24 de novembro, dois sábados.

Um dos principais motivos para a mudança nas datas é a realização da cúpula do G20, reunião entre os países industrializados e emergentes que vai ocorrer em Buenos Aires a partir de 26 de novembro.

Essa será a última edição da Libertadores com confrontos de ida e volta. A partir do ano que vem, a final será em jogo único e será disputada em Santiago. Essa também será a primeira vez na história que dois clubes argentinos decidem uma final de Libertadores.