Cordel homenageará doçaria seridoense

Poetisa caicoense Lourdinha Medeiros fará lançamento no Encontro de Doceiras do Seridó

A poetisa caicoense Lourdinha Medeiros lançará durante o 1º Encontro de Doceiras do Seridó um cordel sobre a doçaria seridoense. Lourdinha é professora, cordelista e mamulengueira e, com o marido e os filhos, forma o grupo de Cultura Popular Verso e Prosa.

Se apaixonou pela literatura de cordel quando era criança e admirava a avó paterna recitando poesias. Começou a escrever seus próprios cordéis em 2010 e de lá para cá já lançou seis títulos.

Pela poesia popular, vamos relatar um pouco da história da doçaria seridoense que é um patrimônio cultural, que nasce em nossas cozinhas e conquista o Brasil. Uma linguagem popular e atrativa para que crianças, adultos e idosos se envolvam com o tema”, destaca a cordelista.

O material sobre os doces seridoenses terá distribuição gratuita e também será publicado no Museu Virtual Doces do Seridó.

O 1º Encontro de Doceiras do Seridó é uma realização da JK Produções e da Referência Comunicação, sendo um evento aprovado no Edital de Economia Criativa 2019 do Sebrae RN. Acontecerá nos dias 27 e 28 de setembro, na Praça da Catedral de Sant’Ana, em Caicó.



Ceres de Caicó promove encontro sobre importância do cordel

Ceres de Caicó promove encontro sobre importância do cordel

O Departamento de História, do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), campus Caicó, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), promove o evento Cordel, História e Educação: Encontro de saberes, que ocorre de 23 a 25 de abril, no auditório do Ceres. O evento é destinado a professores e alunos do Centro de Ensino.

O objetivo é reunir pesquisadores e cordelistas que discutam  sobre a importância do cordel como fonte histórica privilegiada e sobre a utilização dessa arte como documento histórico, além de material didático nas escolas e universidades.

Para isso, participarão do evento discentes e docentes de todos os níveis da educação básica e superior visando enumerar estratégias para que o cordel faça parte do material didático e, consequentemente, da construção do pensamento crítico do aluno, evidenciando formas de trabalhar os conteúdos de maneira lúdica e poética.

As inscrições devem ser feitas via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) até o dia 23 de abril. No Sigaa também está disponível a programação completa do evento.