Japão detecta nova variante de coronavírus em viajantes do Brasil

O Ministério da Saúde do Japão divulgou neste domingo (10) ter detectado uma nova variante do coronavírus em quatro viajantes que estiveram no Brasil, no estado do Amazonas, e retornaram ao Japão em 2 de janeiro. A informação foi confirmada pelo Ministério da Saúde brasileiro, que disse ter sido notificado ontem (9) pelo governo japonês.

Variação do virus foi encontrada no João em Brasileiros

A infecção dos viajantes foi detectada ainda no aeroporto de Haneda, em Tóquio. O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão (NIID, na sigla em inglês) analisou as amostras colhidas dos pacientes e confirmou tratar-se de uma nova cepa da doença, diferente de duas outras já identificadas no Reino Unido e na África do Sul e que se mostraram altamente infecciosas.

No momento, não há provas de que a nova variante encontrada nos brasileiros seja altamente infecciosa”, disse Takaji Wakita, diretor do instituto japonês, no comunicado. O governo japonês disse que também investiga se as vacinas disponíveis são eficazes contra a nova variante do coronavírus.

Doze mutações

O Ministério da Saúde do Brasil informou em nota que, segundo as autoridades japonesas, a nova variante possui 12 mutações, sendo que uma delas é a mesma encontrada nas variantes identificadas no Reino Unido e na África do Sul, “o que implica em maior potencial de transmissão do vírus”, diz o texto.


Saúde Estudo mostra que coronavírus já circulava no país antes do isolamento

Virus já estava em circulação antes do isolamento, aponta estudo

Um estudo que envolveu pesquisadores do Brasil e do Reino Unido mostra que o novo coronavírus (covid-19) já circulava no país antes da adoção de medidas de isolamento social. Para fazer a análise, o grupo identificou 427 genomas do vírus no Brasil a partir dos dados de 7,9 mil amostras de laboratórios públicos e privados. O trabalho foi publicado na plataforma medRxiv e ainda não passou pela revisão da comunidade científica.

O estudo identificou que entre 22 e 27 de fevereiro, três tipos do vírus, provavelmente vindos da Europa, estavam presentes no país e conseguiram se estabelecer antes das medidas para restringir o contágio. O primeiro caso no Brasil foi confirmado em São Paulo, no dia 24 de fevereiro, em um homem que tinha voltado de viagem à Itália. As primeiras medidas de isolamento social só foram adotadas no estado a partir de 16 de março, e a quarentena, com fechamento dos serviços não essenciais, em 24 de março.

Continue lendo

Com leitos lotados, Natal está em situação crítica

Natal vive momentos conturbados por causa do coronavírus

O Governo do RN segue acompanhando a situação da capital do Estado na pandemia do coronavírus. Nesta terça-feira (12), há 100% de ocupação no Hospital Giselda Trigueiro, 90% no Hospital da Polícia e 100% no Hospital Municipal. Ou seja: todos os leitos da rede pública disponíveis para pacientes de Covid-19, em Natal, estão lotados.

As informações foram confirmadas pelo secretário adjunto de Saúde do Governo do Estado, Petrônio Spinelli na entrevista coletiva realizada no final da manhã, na Escola de Governo, no Centro Administrativo.

A alta taxa de ocupação de leitos também é preocupante no interior, embora tenha ocorrido uma leve diminuição nesta taxa nas últimas 24 horas. Em Mossoró, há apenas duas vagas em leitos críticos (UTI e semi-uti) no Hospital São Luiz No Hospital Regional Tarcísio Maia há cinco vagas – dos 17 leitos disponíveis, 12 estão ocupados. Em Caicó, onde há 20 leitos críticos disponíveis, 12 estão ocupados. Em Pau dos Ferros, no Hospital Regional, há 8 leitos vagos.

Nesta terça-feira, a regulação para leitos Covid-19 registra uma demanda de um paciente com prioridade 1 (leito de UTI), um paciente com prioridade 2 (semi-uti) e 24 pacientes com prioridade 3 (leito clínico).


Facebook anuncia exclusão de mais de 50 milhões de postagens falsas

Conteúdos eram relativos ao coronavírus e foram considerados nocivos – (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

A rede social Facebook publicou nesta terça-feira (12) relatório sobre as ações tomadas para prevenir a disseminação de conteúdos falsos ou duvidosos na internet. Segundo o Relatório de Aplicação dos Padrões da Comunidade, cerca de 50 milhões de postagens relacionadas ao novo coronavírus, publicadas tanto no Facebook quanto no Instagram, foram consideradas incompatíveis com as políticas da empresa.

Passamos os últimos anos construindo ferramentas, equipes e tecnologias para ajudar a proteger as eleições de interferências, evitar a disseminação de desinformação em nossos aplicativos e manter as pessoas protegidas de conteúdos nocivos”, afirma o vice-presidente de Integridade do Facebook, Guy Rosen, em comunicado.

Continue lendo

Fila de espera por leitos para tratamento da Covid-19 no RN tem 32 pessoas, diz secretário

Leitos de UTI em Mossoró

A fila de espera por leitos de enfermaria, semi-intensivo ou de UTI no Rio Grande do Norte já conta com 32 pessoas, na manhã desta segunda-feira (11), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Isso significa dizer que o estado está superlotado, mas não entrou em colapso, segundo o adjunto da pasta, Petrônio Spinelli.

As 32 pessoas na fila de espera passaram por Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou hospitais no interior do estado, que são responsáveis por solicitar as internações junto à rede estadual. São nestas unidades que os pacientes passam por uma triagem, que determina o nível de gravidade e consequentemente o grau de prioridade de atendimento.

*Leia a notícia completa no G1/RN, aqui


Caicoense que fez teste na rede privada está internado no Hospital Regional

Novo boletim mostra aumento no número de pessoas internadas

O hospital regional do Seridó está com 3 pacientes com Conavírus internados. A informação consta no boletim divulgado pela assessoria da referida instituição.

O terceiro caso, é um homens que fez recentemente o exame de Covid-19 na rede privada e que estava sendo acompanhado por equipes da Secretaria Municipal de Saúde. Seu quadro de saúde precisou de cuidados específicos de uma unidade hospitalar e ele agora está em isolamento no Regional.

Ainda de acordo com os dados informados no boletim, a referida unidade hospitalar está com 11 pessoas internadas com suspeita de coronavírus e mais 2 confirmados, confira os municípios de origem dos pacientes:

02 pacientes de Caicó
01 paciente de Campo Redondo
01 paciente de Cerro Corá
01 paciente de Jardim do Seridó
01 paciente de Jucurutu
01 paciente de Lagoa Nova
01 paciente de Parelhas
01 paciente de São Vicente
01 paciente de Serra Negra
01 paciente de Timbaúba dos Batistas


Serra-negrense de 35 anos e sem comorbidades morre no Hospital em Caicó com Coronavírus

Paciente estava internado na UTI do Hospital Regional do Seridó

Mais um paciente que estava internado no Hospital Regional do Seridó, em Caicó, morreu por coronavírus. Trata-se de um homem de 35 anos, sem comorbidades, que chegou em Serra Negra do Norte vindo da cidade de Parauapebas, no Pará, há poucos dias.

Em casa, ele sentiu-se mal e procurou o serviço de saúde local, foi colocado em isolamento, em casa, como suspeito de estar com Covi-19. No sábado, voltou a procurar os profissionais de saúde e logo foi encaminhado para o Hospital Regional.

Inicialmente, ele apresentou sintomas como tosse, febre, mialgia, diarréia, dor de cabeça, produção de escarros e calafrios. Seu quadro se agravou no início da tarde desta quarta-feira e à noite, morreu.

O prefeito Sergio Fernandes, disse ao Blog Sidney Silva, que as equipes da Secretaria de Saúde de Serra Negra do Norte, estão monitorando diversas pessoas com quem ele teve contato depois que chegou de viagem.


Caicó: Emmanuel Sabino é escolhido como porta-voz do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19

Emmanuel Sabino é escolhido como porta-voz do Comitê em Caicó

O Coordenador da Defesa Civil de Caicó, Emmanuel Sabino, foi escolhido esta semana para ser o porta-voz do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19.

É importante que a população fique informada sobre os assuntos discutidos no comitê e que a imprensa tenha a quem procurar para buscar informações diretas e concretas sobre as ações do combate e prevenção do coronavírus“, disse Emmanuel Sabino.