Cientistas do Chile estudam mutação do coronavírus na Patagônia

Mutação do virus é estudada

Cientistas no Chile estão investigando uma possível mutação do novo coronavírus no sul da Patagônia, uma região remota e que tem passado por uma segunda onda particularmente contagiosa de infecções nas últimas semanas. 

O cientista Marcelo Navarrete, da Universidade de Magallanes, disse à Reuters que pesquisadores haviam detectado “mudanças estruturais” nos espetos, no formato inconfundível de coroa do vírus. Navarrete afirmou que seu trabalho está sendo conduzido para melhor entender a potencial mutação e seus efeitos nos seres humanos. 

A única coisa que sabemos agora é que essa ocorrência coincide, em tempo e espaço, com a segunda onda que está bem intensa na região“, disse Navarrete.

A região de Magallanes, no Chile, é de natureza amplamente selvagem, onde geleiras se espalham entre pequenas cidades e o centro regional Punta Arenas, que tem visto uma alta de casos de covid-19 em setembro e outubro, após uma primeira onda mais cedo neste ano. 

Os hospitais estão próximos de chegar à sua capacidade máxima de ocupação na região, no extremo sul do Continente Sul-americano, altamente afetado. Autoridades do Ministério da Saúde do Chile disseram que já começaram a remover moradores doentes da região para a capital Santiago. 

Outros estudos do Chile também indicam que o novo coronavírus pode evoluir enquanto se adapta a hospedeiros humanos. 

Um estudo preliminar, que analisou a estruturas dos vírus após duas ondas de infecção na cidade de Houston, nos Estados Unidos, descobriu que uma cepa mais contagiosa dominava as amostras mais recentes.

Agência Brasil


Novos casos de coronavírus em Caicó são homens sem comorbidades

A Secretaria de Saúde de Caicó confirmou nesta quinta-feira, 07, mais dois casos de Covid-19 no município, passando de 3 para 5 até o momento.

São dois homens. Um de 43 anos que apresenta sintomatologia leve e quinto caso é de um homem de 33 anos que está assintomático.

Ambos não apresentam comorbidades e estão em isolamento domiciliar. Os casos foram identificados por teste de swab realizado em laboratório privado da cidade.


“O MPF em Caicó não está “mandando” fechar o comércio”

A Procuradoria da República em Caicó (RN) divulgou nesta terça-feira (31) nota acerca do pedido de informação que foi encaminhado à Prefeitura Municipal de Caicó e a Casa do Empresário. No documento, é solicitado que seja informado sobre a reabertura do comercio local mediante e foi orientado para que seja feito sob as orientações dos decretos do Governo do Estado para se evitar o contágio pelo Coronavírus.

Confira alguns trechos da nota:

Considerando as notícias amplamente veiculadas em meios de comunicação locais de que a Casa do Empresário de Caicó vem orientando os associados a retomarem suas atividades, bem assim de que a Prefeitura de Caicó teria estimulado a reabertura “normal” e, portanto, de forma irrestrita do comércio local, o MPF em Caicó expediu ofícios ontem, 30 de março de 2020, ao Município de Caicó e à Casa do Empresário para que justificassem a decisão, aparentemente conjunta, de autorizarem a reabertura irrestrita do comércio em Caicó e, mais que isso, demonstrassem que os estabelecimentos reabertos obedecem as condições impostas nos dois decretos estaduais e no decreto federal que regulamentam a matéria.

Ao requisitar, nos ofícios, que “comprovem ter tornado sem efeito essa pretensa ‘recomendação’ e garantindo, por conseguinte, a imediata suspensão das atividades de todos os estabelecimentos cujo funcionamento não foi autorizado ou se dê em desconformidade com os dois referidos decretos estaduais”, o MPF reforçou, tão somente, a importância de se coibir o funcionamento dos estabelecimentos comerciais desautorizados a funcionar pelos decretos ou que descumpram às condicionantes impostas.

A atitude da Casa do Empresário, de emitir nota explicativa orientando que a reabertura do comércio com o registro no documento de que isso se dê respeitando as medidas de prevenção ao contágio da doença é importante e merecedora de reconhecimento, mas não é suficiente. É imprescindível também que zele, como categoria de classe que é, pela observância dessas medidas na prática. Trata-se de imprescindível medida de prevenção a uma doença de fácil contágio e com altos índices de letalidade.

Sendo assim,importa esclarecer que o MPF em Caicó não está “mandando” fechar o comércio de Caicó (nem tem poderes para isso), mas está, sim, empenhado para agir, dentro de suas atribuições, no sentido de minimizar ao máximo o contágio. Embora possível, reabrir o comércio não deve ser encarado como um efeito automático da orientação da Casa do Empresário. É imprescindível que os estabelecimentos cumpram as medidas de prevenção.


Pesquisadores e empresas anunciam testes experimentais de vacinas contra a Covid-19

G1

Empresas e centros de pesquisas anunciam que estão preparando testes experimentais de vacinas contra a Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Até esta segunda-feira (30), ao menos 35 mil pessoas haviam morrido da doença em todo o mundo. A Covid-19 ainda não tem tratamento ou medicação específica para conter a doença – por isso, o avanço das pesquisas é tão importante para imunizar a população mundial.

Nesta segunda-feira, a Universidade de Oxford, na Inglaterra, anunciou a convocação de voluntários para testar uma vacina; e a empresa Johnson & Johnson divulgou que começará testes em humanos até setembro deste ano – e afirmou que quer colocar 1 bilhão de doses no mercado no início de 2021.

Continue lendo

Câmara de Caicó discute investimentos no combate ao coronavírus

Reunião aconteceu no auditório da Prefeitura Municipal

Uma comissão de vereadores coordenada pela presidente da Câmara de Caicó, Rosângela Maria, se reuniu com o prefeito Robson de Araújo (Batata), nesta segunda-feira (30). Em pauta, os investimentos no combate ao coronavírus (covid-19).

“Nós convocamos essa reunião para tomar algumas diretrizes. Dentre elas, discutir a destinação dos R$ 50 mil doados pelo Legislativo à saúde. Faremos um levantamento junto à secretaria municipal de Saúde e Hospital, para saber as prioridades”, disse Rosângela.

O Poder Legislativo votará em caráter de urgência projetos do Município no combate à pandemia. “É necessário que a prefeitura encontre caminhos para garantir a segurança da nossa população. Até quarta-feira (1), devemos votar, por exemplo, a destinação de recursos da COSIP e emendas impositivas”, completou a presidente.


Casos de coronavírus no Brasil em 30 de março

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 8h45 desta segunda-feira (30), 4.321 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 140 mortos, 98 deles em São Paulo, de acordo com a secretaria de Saúde do estado.

A secretaria estadual de Saúde do Rio Grande do Sul confirmou a terceira morte nesta manhã.

Em São Paulo, duas mortes foram confirmadas: uma por um hospital e outra por uma universidadesomando 98. Os casos ainda não foram contabilizados pela secretaria.

Continue lendo