Brasil deve crescer 2,5% em 2018, diz ministro do Planejamento

Brasil deve crescer 2,5% em 2018, diz ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira – (Foto: Gleice Mere)

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, anunciou que a economia do país deve crescer cerca de 2,5%, em 2018. A projeção foi feita durante a abertura do 20º Congresso Brasileiro de Corretores de Seguros.

Dyogo Oliveira disse, ainda, que vários indicadores positivos sustentam o bom desempenho da economia brasileira. A percepção de risco-país dos investidores estrangeiros, por exemplo, recuou sensivelmente, o que fez com que reduzisse a taxa Selic, dando início a uma importante trajetória de queda dos juros reais.

De acordo com o ministro, a aprovação da reforma da previdência vai possibilitar geração de emprego e a elevação da renda, melhorando as condições socioeconômicas da nossa população. Além disse, Dyogo Oliveira ressaltou que a reforma é fundamental para evitar um colapso nas contas públicas e para garantir a continuidade dos investimentos.



Estudo aponta crescimento da economia no Rio Grande do Norte

Mapa PIB

Com um bom desempenho na agropecuária, indústria e serviços, o Rio Grande do Norte tem perspectivas positivas de alcançar o terceiro maior Produto Interno Bruto (PIB) da região Nordeste em 2017, ficando atrás apenas dos estados do Maranhão e do Piauí. A projeção faz parte do estudo “Mapa da Recuperação Econômica”, do banco Santander e divulgado pelo jornal “Valor Econômico”. Segundo levantamento, o PIB do RN pode ficar em 0.5% este ano.

A perspectiva desse estudo é um alento diante da maior crise econômica que vivemos no Brasil e com reflexos severos no RN. Os dados mostram que o estado começa a esboçar uma reação de crescimento da atividade econômica mesmo com o cenário atual. Não estagnamos e vamos seguir trabalhando para o crescimento de todas as atividades dentro do Estado”, destacou o governador Robinson Faria.

Entre os setores que foram analisados na pesquisa, a agropecuária puxou o crescimento com maior percentual dos três itens analisados, apresentando 4.4%. Segundo o titular da secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Guilherme Saldanha, o governo tem apoiado o setor em várias vertentes, como melhoria da infraestrutura e atração de novas empresas agropecuárias. “Também estamos discutindo a desburocratização do licenciamento ambiental e isso também facilita novos investimentos e financiamentos, em especial para micro, pequenos e médios produtores”, acrescentou.

Continue lendo



Vivaldo destaca crescimento do Carnaval de Caicó

Deputado Vivaldo Costa, em pronunciamento na ALRN, destaca o crescimento do carnaval de Caicó – (Foto: Eduardo Maia)

Em pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (2), o deputado Vivaldo Costa (PROS) registrou a grandiosidade do Carnaval de Caicó, que a cada ano vem conquistando mais turistas do RN e de outras regiões. O parlamentar também citou o crescimento de outras festas no Seridó, como o carnaval de Jardim do Seridó.

Em Caicó o carnaval é do povo, não é chapa branca. Não tem dinheiro público investido, seja da prefeitura, do Governo ou do Ministério do Turismo, mas lamentavelmente não tem grande espaço na mídia, mesmo sendo, sem dúvida nenhuma, um dos melhores carnavais do Rio Grande do Norte”, disse o parlamentar.

Este ano, em Caicó, a folia foi multicultural, com shows e blocos de rua misturando ritmos como frevo, forró, axé e sertanejo. Grandes atrações como o tradicional bloco Ala Ursa do Poço de Santana, mais conhecido como o Bloco do Magão, e o Bloco Treme Treme, levam milhares de foliões às ruas da cidade.

Vivaldo Costa também mencionou que outras cidades da região, como Jardim do Seridó, estão promovendo uma grande festa no período. “Jardim fez uma um grande e alegre carnaval, descontraído, com a abertura do clube Mangueiral”, afirmou.

O deputado também citou a alegria da população com as recentes chuvas e a esperança do homem do campo em que o “inverno vingue”. Mesmo assim, ele voltou a se pronunciar sobre sua preocupação com a seca e cobrou obras que solucionem o problema, como a adutora de engate rápido.