Em clima de festa, Cruzeiro vence a Chapecoense no Independência

Pela 30ª rodada da Série A, Raposa comemora título da Copa do Brasil diante de sua torcida com triunfo por 3 a 0 sobre a Chape

Ainda em clima de comemoração pelo hexacampeonato da Copa do Brasil, o Cruzeiro recebeu a Chapecoense neste domingo (21), no Independência, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Embalado pelo título conquistado na última quarta-feira, a Raposa fez a festa da torcida ao vencer o time catarinense por 3 a 0.

Com o resultado, o time mineiro chegou a 40 pontos no Brasileirão e segue em décimo lugar. A Chape, com 31, perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento e permanece na 18ª posição.



Cruzeiro conquista o hexa campeonato da Copa do Brasil

Cruzeiro levanta mais uma taça da Copa do Brasil

Brasil em azul celeste. Na noite desta quarta-feira (17), o Cruzeiro derrotou o Corinthians, fora de casa, por dois a um e levantou a taça da Copa do Brasil pelo segundo ano consecutivo. Esse foi o sexto título da Raposa, que agora é o maior campeão da competição.

Apesar da vantagem mínima conquistada na primeira partida, o Cruzeiro não se apegou ao resultado e foi para cima do Corinthians, diante de mais de 46 mil presentes na casa do time paulista. Aos 27 do primeiro tempo, Robinho abriu o placar para a equipe mineira após rebote.

Pouco tempo após a volta ao segundo tempo, aos sete minutos, a arbitragem marcou pênalti para o Corinthians com ajuda do árbitro do vídeo. Jadson bateu e deixou tudo igual. Aos 24 Pedrinho acertou belo chute de fora da área, encobrindo goleiro cruzeirense, mas mais uma vez o árbitro de vídeo apareceu na decisão e anulou o gol por conta de uma falta de Jadson em Dedé. Arrascaeta, que estava com a seleção uruguaia e fez um vôo de 25 horas do Japão ao Brasil antes da partida, entrou no segundo tempo e aos 36, após passe magistral de Raniel em um contra-ataque, marcou e decretou a vitória Cruzeirense. Final, Corinthians um, Cruzeiro dois.

Além de levantar pela sexta vez o título da Copa do Brasil, a segunda em dois anos, o time Celeste também embolsou o cerca de R$ 62 milhões e já garantiu uma vaga na fase de grupos da Libertadores do ano que vem.



Copa do Brasil: Cruzeiro vence e sai na frente do Palmeiras

Cruzeiro saiu na vantagem diante do Palmeiras – (Foto: Bruno Haddad)

Cirúrgico. Assim foi o Cruzeiro na noite desta quarta-feira contra o Palmeiras, pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil. Com um gol de Hernán Barcosno começo da partida, o time abriu o placar em São Paulo e segurou a partida até o final, contando com boas defesas do goleiro Fábio. O Palmeiras deixou o campo reclamando da arbitragem, no último lance, quando balançou as redes do time cruzeirense, mas o árbitro Wagner Reway paralisou a jogada antes da finalização de Antônio Carlos. Vantagem agora para os comandados de Mano Menezes, que jogarão por um empate no Mineirão, no segundo jogo, dia 26 de setembro.

Palmeiras e Cruzeiro voltam a campo na próximo domingo, às 16h (de Brasília). O Verdão visita o Bahia na Fonte Nova, enquanto a Raposa terá o clássico contra o Atlético-MG, no Mineirão. Ambos os duelos são válidos pela 25ª rodada do Brasileirão.

*Fonte: GE



Cruzeiro e Bahia ficam no empate pela última rodada do primeiro turno

Raposa e Tricolor ficaram no empate em 1 a 1

No Mineirão, em Belo Horizonte (MG), Cruzeiro e Bahia ficaram no empate em 1 a 1 pela última rodada do primeiro turno da Série A. Douglas Grolli abriu o placar para os visitantes e Thiago Neves empatou para a Raposa.

Cruzeiro segue na oitava colocação com 26 pontos conquistados. Já o Tricolor baiano subiu para o décimo lugar, com 22 pontos.



Atlético-MG vence o Cruzeiro no Independência

Cruzeiro perdeu para o Atlético

A sexta rodada do Campeonato Brasileiro foi aberta com o grande clássico mineiro na tarde deste sábado (19). No Independência, em Belo Horizonte (MG), Atlético-MG e Cruzeiro-MG mediram forças. Com gol de Róger Guedes, o Galo levou a melhor com vitória por 1 a 0 e assumiu momentaneamente a liderança do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, mas pode ser ultrapassado até o fechamento da rodada. Com sete pontos, a Raposa ocupa o nono lugar.

O Atlético volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado (26), diante do Flamengo-RJ, no Independência. O Cruzeiro atua novamente pela competição no domingo (27) e encara o Santos-SP no Pacaembu.



Internacional e Cruzeiro empatam no Beira-Rio

As duas equipes ficaram no empate – (Foto: Ricardo Duarte/Itarnacional)

Cruzeiro-MG e Internacional-RS encerraram o domingo (29) de futebol pela Série A do Campeonato Brasileiro. Pela 3ª rodada da competição, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), as equipes fizeram um jogo movimentado, mas o placar fechou em 0 a 0. O Colorado foi a quatro pontos e subiu para a nona colocação. A Raposa somou o primeiro ponto no Brasileirão 2018 e está no 18º lugar.

Jogando em casa, o Inter tomou a iniciativa do jogo desde o início. Fabinho quase abriu o placar aos 16 minutos, mas errou o alvo. Dois minutos depois, Pottker recebeu cruzamento da direita e cabeceou para fora. Na etapa final, a pressão colorada continuou, mas o goleiro Rafael, com grande atuação, evitou que o time gaúcho marcasse. O Cruzeiro chegou apenas duas vezes, com Rafael Sobis e Bruno Silva, mas não assustou muito o arqueiro Danilo Fernandes e o permaneceu em branco.

O Internacional atua novamente pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (6), diante do Flamengo-RJ, no Maracanã. O Cruzeiro volta a campo pela competição no mesmo dia para receber o Botafogo-RJ, no Mineirão.



Cruzeiro perdeu para o Grêmio por 1 a 0

Cruzeiro perdeu para o Grêmio por 1 a 0

O Cruzeiro foi superado pelo Grêmio, campeão gaúcho, pelo placar de 1 a 0, na tarde deste sábado (14), no estádio Mineirão, na estreia de ambos no Brasileirão 2018.

O único gol da partida foi marcado por André, aos 9 minutos da segunda etapa. O Cruzeiro bem que tentou o empate e teve boas chances, uma delas com Thiago Neves, que parou em boa defesa de Marcelo Grohe, e outra com Mancuello, nos minutos finais. O argentino aproveitou boa trama do ataque estrelado e chutou colocado, mas o zagueiro adversário cortou o chute que tinha endereço certo.

Agora, a Raposa vira a chave e começa a pensar novamente na Copa Libertadores. Na quinta-feira, às 21h30, o Cruzeiro terá pela frente a Universidad de Chile, pela terceira rodada do Grupo 5. Já, a equipe do Grêmio enfrenta, também pela Libertadores, o time do Cerro Porteño, às 17hs do dia 17 de abril.



Cruzeiro vence Atlético e conquista o Campeonato Mineiro

Arrascaeta marcou seu sexto gol em clássicos contra o Atlético

Num clássico tenso, recheado de muitos cartões amarelos e até com expulsões, o Cruzeiro conseguiu o placar que precisava e conquistou seu 37º título do Campeonato Mineiro ao vencer o Atlético por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Mineirão, pelo jogo de volta da decisão. Para ser campeão, o time celeste contou com o brilho de uma dupla que costuma se destacar em clássicos: Arrascaeta e Thiago Neves. Enquanto o uruguaio marcou de cabeça aos 3min do primeiro tempo, o camisa 30 balançou as redes aos 7min da etapa final.



Cruzeiro empatou em 2 a 2 com o Avaí

Cruzeiro empatou com o Avaí

No outro duelo, Cruzeiro-MG e Avaí-SC fizeram uma partida eletrizante e empataram em 2 a 2. No Mineirão, em Belo Horizonte (MG), o Cruzeiro entrou na partida partindo para cima do Avaí com tudo.

A Raposa chegou três vezes bem, mas não conseguiu marcar. No melhor estilo “quem não faz, leva”, o time mineiro viu o Leão catarinense sair na frente do placar aos 20 minutos. Júnior Dutra cobrou pênalti no mesmo canto do goleiro Fábio, mas a bola entrou mesmo assim. Na etapa final, o ímpeto mineiro continuou. Só que, desta vez, Thiago Neves conseguiu marcar. Na marca dos 13, o meia pegou a sobra na área após cruzamento de Diogo Barbosa, dominou na coxa e bateu firme para deixar tudo igual. Aos 33 minutos, veio a virada. Judivan cobrou pênalti com categoria para deixar o Cruzeiro na frente. Quando o triunfo celeste parecia encaminhado, já no apagar das luzes, aos 47, Júnior Dutra aproveitou cruzamento de Caio César e evitou a derrota catarinense.

O Cruzeiro tem agora 55 pontos e ocupa a quinta colocação. O Avaí tem 36 e está no 19º lugar.



Flamengo e Cruzeiro empatam no 1° jogo da decisão da Copa do Brasil

Partida terminou empatada no Maracanã – (Fotos: Rafael Ribeiro/Lightpress/Cruzeiro)

CBF – Os primeiros noventa minutos da decisão da Copa do Brasil 2017 foram disputados na noite desta quinta-feira (7). Para honrar a tradição do Feriado da Independência do Brasil, Flamengo-RJ e Cruzeiro-MG justificaram as respectivas vagas na final da competição mais democrática do país e desfilaram com um belo futebol no gramado do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). O confronto terminou com empate em 1 a 1.

O jovem atacante Lucas Paquetá balançou a rede pelo time da casa e o meia uruguaio Arrascaeta garantiu o empate para a Raposa. Não há gol qualificado na decisão da Copa do Brasil. Desta forma, em caso de empate por qualquer placar no duelo da volta, o campeão será conhecido através das cobranças de pênaltis.

A partida de volta da decisão da Copa do Brasil será disputada no próximo dia 27, uma quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).



Flamengo e Cruzeiro começam a decidir Copa do Brasil nesta quinta no Maracanã

Flamengo e Cruzeiro fazem hoje primeiro jogo da final da Copa do Brasil

Flamengo e Cruzeiro jogam nesta quinta-feira (7), no Maracanã, a primeira partida da decisão da Copa do Brasil, que terá o jogo final disputado no Mineirão, no dia 27 deste mês. Os dois times se tornaram finalistas depois de eliminarem nas semifinais o Botafogo e o Grêmio, respectivamente.

Esta será a segundo vez que Flamengo e Cruzeiro decidem a Copa do Brasil. Na primeira, em 2003, o Cruzeiro levou a melhor: depois de empatar em 1×1 no Maracanã na primeira partida, a equipe mineira venceu a final por 3×1, no Mineirão. Em número de conquistas no torneio, o Cruzeiro também supera o Flamengo, com quatro contra três. No ano passado, o campeão da Copa do Brasil foi o Grêmio, que derrotou o Atlético MG na final e se tornou o maior vencedor da competição, com cinco títulos.

A conquista da Copa do Brasil é importante não apenas pelo título, mas porque classifica automaticamente o campeão para a Copa Libertadores do próximo ano, abreviando o caminho trilhado pelos clubes no Campeonato Brasileiro, ao longo de 38 rodadas. O Flamengo foi campeão em 2013, 2006 e 1990 (invicto). O Cruzeiro venceu em 1993, 1996, 2000 (invicto) e 2003.

Escalação

Os técnicos Reinaldo Rueda, do Flamengo, e Mano Menezes, do Cruzeiro, só vão confirmar as equipes poucos antes do início do jogo, às 21h45. No time carioca, as dúvidas são no gol, entre Alex Muralha e Tiago; e no ataque, para substituir Guerrero (suspenso), os candidatos são Vinícius Jr., Lucas Paquetá e Berrío. No Cruzeiro, a dúvida também é no ataque, entre Rafael Sobis e Rainiel, mas a escalação de Sobis é mais provável.