Manifestações na chegada de Lula a Curitiba deixam oito pessoas feridas

Manifestantes sendo dispersados pela Polícia na frente da sede da Polícia Federal – (Foto: Ederson Hisin/G1-PR)

Oito pessoas ficaram feridas durante as manifestações ocorridas com a chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Curitiba para cumprir a pena de 12 anos e um mês à qual foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. Três dos oito feridos são crianças, um é policial militar e os demais são manifestantes favoráveis ao ex-presidente.

Segundo o comando da Polícia Militar (PM), todos sofreram ferimentos leves e foram atendidos no local, mas três tiveram de ser encaminhados ao Hospital Evangélico. Entre os que foram para o hospital está uma criança que bateu a cabeça.

Continue lendo



Lula está preso; petista é o primeiro ex-presidente a ser detido na história do Brasil

Momento em que Lula chegou a Polícia Federal de Curitiba – (Foto: ABr)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso. O petista se entregou a Polícia Federal no início da noite deste sábado, mais de 24 horas após a data estipulada pelo juiz Sergio Moro. Lula é o primeiro ex-presidente da história do Brasil a ser preso por crime comum.

Às 18h40, o petista deixou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP) e entrou em um carro da PF, onde seguiu em comboio para a Superintendência da Polícia Federal e depois para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Continue lendo



PF de Curitiba vai investigar políticos sem foro; Henrique Alves está na lista

Henrique Alves será alvo de nova investigação da Polícia Federal – (Foto: Gustavo Lima)

A força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba está investigando parte das denúncias feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. A investigação sobre o caso tinha sido aberta em 2015, mas foi suspensa após a delação de Machado, que foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A decisão de retomar as investigações foi tomada em dezembro de 2017, pelo juiz Sérgio Moro. Após a homologação do acordo, o ministro do STF, Edson Fachin, determinou o envio das denúncias que não citavam políticos com foro privilegiado.

O inquérito deverá analisar as declarações feitas pelo delator contra a ex-senadora petista Ideli Salvatti, os ex-deputados federais petistas Jorge Bittar e Edson Santos, o ex-ministro dos governos Dilma e Temer, Henrique Eduardo Alves, que atualmente está preso, suspeito de corrupção. Há ainda uma citação ao ex-deputado Cândido Vacarezza, que era do PT, mas atualmente está filiado ao Avante.

O sexto caso trata ainda de um suposto caso de formação de cartel para obras no Estaleiro Tietê, em São Paulo.



América-MG sai na frente, mas Goiás arranca empate

América-MG sai na frente, mas Goiás arranca empate – (FOTO: Divulgação: América de MG)

Os três duelos que abriram a segunda rodada da Série B, nesta sexta-feira (19), terminaram empatados. Em Belo Horizonte, América-MG e Goiás ficaram no empate em 1 a 1. Em Curitiba, os ataques de Paraná e Paysandu passaram em branco. Em Goiânia, o placar também permaneceu inalterado no confronto entre Vila Nova e Juventude.

Em casa, no Independência, o América-MG aplicou uma pressão inicial no Goiás. Apesar da chances criadas, o Coelho parou nas grandes defesas de Marcelo Rangel. Na melhor oportunidade criada, Bill ficou cara a cara com o goleiro, que levou a melhor e salvou o Esmeraldino. Pelo lado goiano, Tiago Luís assustou aos oito e 36 minutos, mas esbarrou nas boas intervenções de João Ricardo. O duelo continuou movimentado no segundo tempo e, aos nove minutos, Ruy abriu o placar para os donos da casa. O time mineiro continuou em cima, mas foi o Goiás que balançou as redes. Aos 38, Jean Carlos pegou a sobra da zaga e empatou a partida, 1 a 1. Com o resultado, as duas equipes seguem sem vencer na Série B. Enquanto o América-MG chega a dois pontos, o Goiás conquista o primeiro.

Continue lendo