Conheça os filmes vencedores do 3° Festival de Cinema Curta Caicó

O 3° Curta Caicó anunciou na noite deste domingo (16) os filmes vencedores das mostras competitivas e paralelas do festival. O anúncio foi feito ao vivo no canal do festival youtube.com/curtacaico

VENCEDORES – CURTA CAICÓ 2020

MOSTRA NACIONAL

Melhor Filme: A Volta Para Casa
Melhor Diretor: Diego Freitas (A Volta Para Casa)
Melhor Ator: Lima Duarte (A Volta Para Casa)
Melhor Atriz: Grace Passô (Sem Asas)
Melhor Personagem de Documentário: as mulheres de Seremos Ouvidas.
Melhor Roteiro: William de Oliveira (Aquele Casal)
Melhor Fotografia: Ernesto de Carvalho (Ex-Humanos)
Melhor Trilha Sonora: Jambo Jones (Faixa de Gaza)
Melhor Som: Diogo Rocha (Faixa de Gaza)
Melhor Direção de Arte: Lia Letícia (Ex-Humanos)
Melhor Montagem: Tamiris Tertuliano (Aquele Casal)
Menção Honrosa para o documentário: Um dois um: crônicas de homicídios.
Prêmio Elo Company: Ex-Humanos
Prêmio Místika: A Volta para Casa

Continue lendo

Festival acontece em ambiente digital e encerra com sessão Drive In

Partindo para a sua terceira edição, o Curta Caicó está sendo realizado em ambiente digital, seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde. Todas as atividades formativas serão realizadas em ambiente online, bem como a exibição dos filmes selecionados.

A coordenação do festival desenvolveu uma plataforma de streaming para exibição dos curtas-metragens selecionados. Ao todo, serão 115 divididos em dez mostras, competitivas e paralelas. Toda a programação é gratuita e os internautas poderão se cadastrar no website www.curtacaico.com.br

O Curta Caicó encerra nos dias 15 e 16 de agosto com sessões Drive In no Complexo Turístico Ilha de Sant´Ana. Filmando no Seridó potiguar, “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho será exibido no sábado (15). A sessão de encerramento do festival acontece no domingo (16), com anúncio dos filmes vencedores.

Realização: Referência Comunicação

Patrocínio: Governo do Estado, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás e Slup

Apoio: Sebrae, Sesc, Inplarn, Replac, Morada da Paz

Apoio cultural: Prefeitura de Caicó, Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, ACCIRN, UFRN, IFRN

Parceiros: Canal Futura, Cardume, InterTV, Setcenas


Clássico potiguar, Boi de Prata abre 3°Curta Caicó, neste sábado (08)

Filme Boi de Prata será exibido no encerramento do Curta Caicó

O 3° Curta Caicó começa neste sábado (08), em clima de nostalgia. O festival que é realizado no interior do Rio Grande do Norte, terá edição 100% virtual e fará a exibição de “Boi de Prata”, do diretor caicoense Carlos Augusto Ribeiro Jr.

Considerado um marco do audiovisual potiguar, o filme caicoense produzido no final da década de 1970, possui status de cult e, recentemente, passou por um processo de restauração. “Exibir Boi de Prata na abertura do 3° Curta Caicó é um marco para o festival. É um filme que faz parte da história do cinema seridoense e reverbera as nossas raízes”, destacou Raildon Lucena, diretor do festival.

Antes do filme, haverá um bate-papo sobre o filme, que contará com a participação de Raildon Lucena, diretor do Curta Caicó, de Flávia Assaf, autora do livro “Boi de Prata: estreia do sertão do Seridó no cinema terceiro mundista brasileiro”, e do cineasta e fotógrafo Walter Carvalho, diretor de fotografia do filme caicoense. O bate-papo será mediado pelo jornalista e crítico de cinema Sandro Alves de França.

O paraibano Walter Carvalho é um dos principais fotógrafos do cinema brasileiro. Herdeiro do movimento Cinema Novo, ele é um dos profissionais mais respeitados do país e já trabalhou em produções icônicas como os filmes “Central do Brasil”, de Walter Salles, “Terra Estrangeira”, de Daniela Thomas e Walter Salles e “Lavoura Arcaica”, que integram a lista da Associação Brasileira dos Críticos de Cinema (ABRACCINE) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos e pelos quais ele recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais de cinematografia. Também é diretor dos longas “Janela da Alma”, “Budapeste” e “Um Filme de Cinema”, dentre outras produções.


Curta Caicó terá encerramento com sessão Drive In, na Ilha de Sant’Ana, dias 15 e 16 de agosto

O audiovisual será destaque no Seridó a partir do próximo sábado (08) com o início do 3° Festival de Cinema Curta Caicó. O evento que se estende até o dia 16, será realizado em ambiente digital, através do website do festival e mídias digitais.

A organização do festival antecipou, em live realizada na internet, a grande programação de encerramento do 3º Curta Caicó com a realização de duas sessões em formato Drive In, no Complexo Turístico Ilha de Sant´Ana. É a primeira vez que Caicó recebe um evento desse porte.

As sessões serão realizadas no sábado (15) e domingo (16), a partir das 19 horas. Para a realização do evento foi feito todo um projeto de engenharia na Ilha de Sant´Ana. Ao todo, o local poderá receber até 76 veículos por sessão, que ficarão posicionados no círculo-central da Ilha, conforme projeto previamente enviado ao Corpo de Bombeiros.

O evento contará com telão de projeção e transmissão do áudio dos filmes nos veículos. Dessa forma, as pessoas poderão curtir a sessão com tranquilidade e segurança, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A programação contará com dois curtas-metragens do acervo do SESC RN e dois longas-metragens nacionais. O SESC apoia a Sessão Drive In através do Projeto Mostra Sesc de Arte e Cultura 2020. Um dos filmes confirmados é “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho, em sessão do dia 15 de agosto.

O 3º Festival de Cinema Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação e acontece de 8 a 16 de agosto em ambiente digital. O evento conta com Patrocínio do Governo do Estado, Fundação José Augusto e Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás e Slup.

O festival também conta com apoio do: Sebrae, Sesc, Inplarn, Replac, Morada da Paz e Prefeitura de Caicó. E apoio cultural: Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, ACCIRN, Cardume, UFRN, IFRN, Canal Futura e InterTV.


3° Curta Caicó anuncia filmes selecionados

A organização do 3° Curta Caicó anunciou os filmes selecionados para as mostras competitivas e paralelas do festival, que será realizado em ambiente online, no período de 8 a 16 de agosto.

Ao todo, serão exibidos 115 filmes divididos em quatro mostras Competitivas (Nacional, Nordeste, Potiguar e Seridó) e seis Mostras Paralelas (Diversidade, Diálogos de Cinema, Cine Pax, Cine Rio Branco, Cine Alvorada e Cine São Francisco). Para esta edição, o Curta Caicó recebeu 662 inscrições de filmes de todo o país.

Toda a programação do festival é gratuita. Os filmes concorrerão a várias premiações especiais e prêmios da crítica especializada. Haverá também votação para escolha dos vencedores do júri popular. Os internautas terão acesso aos filmes, mediante um cadastro básico no website do festival: www.curtacaico.com.br

Além das mostras de filmes, o Curta Caicó também realizará diversas atividades formativas, entre oficinas de cinema e outras programações no canal do Curta Caicó no Youtube.

Realizado no interior do Rio Grande do Norte, o festival vem se consolidando como uma importante vitrine de exibição e fomento ao cinema nacional.

O Festival de Cinema Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. Patrocínio: Governo do RN, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás, Slup. Apoio: Sesc, Sebrae, Morada da Paz, Inplarn, Replac. Apoio cultural: Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, Cardume, ACCIRN, Canal Futura, Prefeitura de Caicó, UERN e IFRN.

Lista completa dos filmes selecionados:

https://www.curtacaico.com.br/confira-a-lista-dos-filmes-selecionados-do-3o-festival-de-cinema-curta-caico/

Confira playlist de todas as mostras:


Em parceria com o streaming Cardume, Curta Caicó terá sessão comemorativa neste sábado (13), às 19 horas

Sessão comemorativa e debate acontece neste final de semana

O Festival de Cinema Curta Caicó, em parceria com o streaming Cardume, irá realizar uma sessão comemorativa neste sábado (13), a partir das 19 horas, pelo site: www.cardume.tv.br

A sessão irá exibir dois curtas-metragens potiguares que receberam Menção Honrosa nas edições anteriores do festival: “Leningrado, Linha 41” de Dênia Cruz e “O Grande Amor de um Lobo”, de Kennel Rógis e Adrianderson Barbosa. Na ocasião, também será inaugurada a dobra comemorativa do Curta Caicó na Cardume, com filmes que já passaram pelo festival.

A sessão online terá bate-papo ao vivo com a equipe da Cardume (Daniel Jaber e Lu Nascimento), os realizadores Kennel Rógis e Dênia Cruz, além de Titina Medeiros (atriz potiguar), Jefferson Dutra (filmmaker), Alexandre Soares (diretor do Curta Taquary) e Raildon Lucena (diretor do Curta Caicó).

A 3ª edição do Curta Caicó seria realizada neste mês de junho, mas seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde (13) o evento foi adiado para agosto, em formato digital e contará com mostras de filmes, oficinas, debates, workshops e premiações, tudo no ambiente online.

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação com patrocínio do Edital de Economia Criativa do Sebrae (RN). O evento conta com os seguintes apoios: Sesc RN, Místika, Elo Company, Centro Técnico Audiovisual, ACCIRN, Cardume, UERN, UFRN e IFRN.


Região Seridó registra 22 inscrições de nove municípios

Um dos objetivos do Curta Caicó é fomentar a produção audiovisual na região do Seridó. E em apenas três edições, o número de inscritos teve um crescimento exponencial, demonstrando que o festival está alcançando seus objetivos.

Na primeira edição foram dois filmes inscritos; já em 2019, esse número saltou para 11, chegando a 22, em 2020. Nesta edição, além de Caicó, o festival recebeu inscrições de Acari, Currais Novos, Cruzeta, Equador, Ipueira, Jardim do Seridó, Lagoa Nova e Parelhas.

Continue lendo

“Chico do Cinema” e vencedores do Curta Caicó serão reexibidos neste sábado (26), no Centro Cultural Adjuto Dias

Chico do Cinema será reexibido no Centro Cultural de Caicó

O Centro Cultural Adjuto Dias irá promover uma sessão especial de cinema neste sábado, (26), a partir das 19 horas. A entrada é gratuita e os ingressos serão entregues 1 hora antes da sessão.

Serão exibidos os filmes vencedores das Mostras Competitivas Nacional, Potiguar e da Mostra Seridó.

Também haverá uma sessão especial do curta-metragem “Chico do Cinema”, homenagem a Chico Soares, que coordenou dois dos antigos cinemas de Caicó.

O filme foi produzido por alunos da oficina Documentando, com Marlom Meireles, realizada durante o Curta Caicó.


Curta Caicó anuncia filmes vencedores e homenageia o lendário caicoense “Chico do Cinema”

Premiações foram entregues no final do Festival Curta Caicó

Emoção foi a palavra de ordem da cerimônia de encerramento do 2º Festival de Cinema Curta Caicó, realizada neste domingo (16), no Centro Cultural Adjuto Dias. O festival rendeu homenagens ao Chico do Cinema, cidadão caicoense que esteve à frente de antigos cinemas de Caicó e que dedicou toda sua vida à sétima arte.

 Seu Chico foi duplamente homenageado: na exibição do curta-metragem “Chico do Cinema”, produzido durante a oficina Documentando de Marlom Meirelles, e ao receber o Prêmio REFERÊNCIA de Contribuição Artística.  A família de seu Chico esteve presente na homenagem, que arrancou lágrimas da plateia, diante da emoção do momento.

“Não há palavras para descrever o quão forte foi a emoção de homenagear seu Chico. Um homem que dedicou toda sua vida ao cinema e que sabe bem que o audiovisual pode transformar a vida das pessoas. O Curta Caicó se sente grato por ter a oportunidade de celebrar a vida de um caicoense tão importante quanto seu Chico”, afirmou Raildon Lucena, diretor e idealizador do Curta Caicó.

A cerimônia teve ainda mostras especiais de filmes, exibindo “A Menina Banda”, do pernambucano Breno César; “Nomofobia”, curta produzindo durante a oficina Cinemando do 1º Curta Caicó; além do filme realizando durante a oficina de Cinema Alternativo, com Ernani Silveira.

O Curta Caicó também anunciou os filmes vencedores que teve os seguintes jurados: Diana Coelho, Lourival Andrade, George Holanda (Nacional); Carlos Segundo, Daniel Hetzel e Rebeca Souza (Potiguar); Breno César, Dênia Cruz e Titina Medeiros (Seridó); além de Laísa Trojak (Associação de Críticos de Cinema do RN).

O filme “A Parteira” de Catarina Doolan recebeu o prêmio de Melhor Filme na Competitiva Potiguar, o prêmio da Crítica do RN e o prêmio Místika de pós-produção, como melhor filme do Rio Grande do Norte. Na Competitiva Nacional, o filme vencedor foi “Nova Iorque”, de Leo Tabosa. O prêmio Elo Company foi para “Riscados pela Memória”, de Alex Vidigal. A Mostra Seridó teve como vencedor “Berro”, de Alex Macedo e Riely Silva, produção da cidade de Parelhas.

As mostras paralelas tiveram como vencedores os seguintes filmes: #Júri, de Samantha Col Debella (Curtas Fantásticos; “Um Corpo Feminino”, de Thaís Fernandes (Diversidade) e “Uma Balada para Rocky Lane”, de Djalma Galindo, (Matinês do Cine Pax). A homenagem da noite foi para Chico do Cinema, que recebeu o Prêmio Referência de Contribuição Artística.

Festival Curta Caicó foi realizado com sucesso

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O evento conta com os seguintes parceiros: Governo do RN, Fundação José Augusto, Prefeitura de Caicó, Prefeitura de Parelhas, CERES – UFRN, UERN, SESC RN, SEBRAE, SINDSERV, Replac, Implarn, Calle, Óticas Mirna, Unicords, Auto Escola Caicó. Apoio cultural: BrisaNet, TV Kurtição, Elo Company, Místika, ACCIRN, ABDeC, Setcenas, Sistema Rural de Comunicação, Rádio Povo FM, Rádio Caicó AM, Solidariedade FM, Jovem Pan FM, Canal Futura, Gravura Filmes e InterTV Costa Branca.

Confira a lista completa dos vencedores:

COMPETITIVA POTIGUAR

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

MELHOR DIREÇÃO: Enquanto o sol se põe (Márcia Lohss)

MELHOR ATOR: Derradeiro (Luiz Leonardo – Seu António)

MELHOR ATRIZ: A Parteira (Donana)

MELHOR ROTEIRO: Codinome Breno (Manoel Batista)

MELHOR FOTOGRAFIA: Derradeiro (Pedro Medeiros e Kennel Rógis)

MENÇÃO HONROSA: O Grande Amor de um Lobo (Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis) 

COMPETITIVA NACIONAL

MELHOR FILME: Nova Iorque (Leo Tabosa)

MELHOR DIREÇÃO: Entremarés (Anna Andrade)

MELHOR ATOR: Rasga Mortalha (Buda Lira)

MELHOR ATRIZ: Nova Iorque (Hermila Guedes)

MELHOR ROTEIRO: Nova Iorque (Leo Tabosa)

MELHOR FOTOGRAFIA: Casulo (Durso BC)

MENÇÃO HONROSA: Caio Salles pela Montagem de Entremarés

MOSTRAS PARALELAS:

MOSTRA DIVERSIDADE: Um Corpo Feminino (Thaís Fernandes)

MOSTRA MATINÊS DO CINE PAX Uma Balada para Rocky Lane (Djalma Galindo)

MOSTRA DE CURTAS FANTÁSTICOS: #Júri (Samantha Col Debella)

PRÊMIOS ESPECIAIS

PRÊMIO DA CRÍTICA – ACCIRN

MOSTRA POTIGUAR: A Parteira (Catarina Doolan)

MENÇÃO HONROSA: Berro (Alex Macedo & Riely Silva)

PRÊMIO ELO COMPANY

MELHOR FILME: Riscados pela Memória (Alex Vidigal)

PRÊMIO MÍSTIKA

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

PRÊMIO REFERÊNCIA DE CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA

Chico do Cinema


Em tempos de desmonte cultural, Curta Caicó é reflexo da resistência do meio audiovisual

Mesmo com grande repercussão e praticamente com o dobro de tamanho, o Curta Caicó enfrentou dificuldades financeiras nesta segunda edição por não contar com incentivo de nenhum edital público. “Conquistamos muitos apoios importantes que deram uma dimensão gigante ao evento, mas faltou recursos diretos para custear despesas logísticas e com equipe de produção”, relatou Lucena.

Para complementar as despesas, o evento precisou recorrer a uma “vakinha virtual”, onde é possível ajudar o festival com qualquer valor. “Apoios coletivos são uma forma dos eventos culturais resistirem nos tempos sombrios de desmonte cultural que enfrentamos nos dias de hoje”, afirmou. Para contribuir, basta acessar: http://vaka.me/601788.

Mesmo com as intempéries, em momento algum houve possibilidade de cancelamento do festival. “Estamos plantando uma semente em nosso Seridó, que pode vir a se tornar uma região propícia para a cadeia produtiva do audiovisual, gerando emprego e renda para a nossa população. O Curta Caicó tem uma missão. E essa missão é motivar”, ressaltou.

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O evento conta com os seguintes parceiros: Governo do RN, Fundação José Augusto, Prefeitura de Caicó, Prefeitura de Parelhas, CERES – UFRN, UERN, SESC RN, SEBRAE, SINDSERV, Replac, Implarn, Calle, Óticas Mirna, Unicords, Auto Escola Caicó. Apoio cultural: BrisaNet, TV Kurtição, Elo Company, Místika, ACCIRN, ABDeC, Setcenas, Sistema Rural de Comunicação, Rádio Povo FM, Rádio Caicó AM, Solidariedade FM, Jovem Pan FM, Canal Futura, Lâmina Filmes, Gravura Filmes e InterTV Costa Branca.


2º Curta Caicó retorna com a missão de fomentar o audiovisual no interior do RN

Um sonho que se tornou realidade. Esse é o sentimento vivenciado pelo Curta Caicó, festival do audiovisual que chega a sua segunda edição, resgatando a sétima arte no interior do Rio Grande do Norte.

O Curta Caicó, que é uma realização da Referência Comunicação, surgiu no ano passado com boa repercussão no meio audiovisual e chega mais forte em sua segunda edição.

Curta Caicó de 2018 foi o primeiro e teve grande participação e repercussão

Ao todo, serão exibidos 52 filmes divididos em várias mostras: Nacional, Potiguar, Seridó, Diversidade, Matinê, Curtas Fantásticos, Mostra Sesc, Mostra Identidades Canal Futura/UERN e sessão especial, com produções potiguares e de diversas partes do país, entre quinta (13) e domingo (16), no Centro Cultural Adjuto dias.

O evento também irá realizar várias atividades de formação com profissionais de renome do audiovisual nacional como Marlom Meirelles (Documentando), Márcio Motokane (Criadores de Formatos Audiovisuais), Márcia Lohss (Atuação Orgânica) e Ernani Silveira (Cinema Alternativo).

A abertura do evento será nesta quinta-feira (18), a partir das 18h, com apresentação da Orquestra Sanfônica de Parelhas e, a seguir, exibição das primeiras mostras competitivas. A programação é gratuita e se estende até o domingo, 16. Os ingressos serão distribuídos 1h antes de cada sessão.

“O Curta Caicó surgiu para fomentar a produção audiovisual no Seridó e valorizar o trabalho dos realizadores e as narrativas da nossa região, criando assim um cenário propício para fomentar a sétima arte no interior do Rio Grande do Norte”, ressaltou Raildon Lucena, idealizador e diretor do festival de cinema.

A programação também contará com debates, premiações e o lançamento da Câmara Setorial do Audiovisual pelo Governo do RN, onde será apresentada a minuta de um edital de incentivo ao segmento. Os filmes vencedores estarão concorrendo aos prêmios Místika de pós-produção, Elo Company de Distribuição, além do prêmio da crítica, entregue pela ACCIRN.


Estudantes aprendem técnicas de linguagem audiovisual em oficina de cinema alternativo do Curta Caicó

Oficina de cinema será realizada em Caicó

A abertura oficial do 2º Curta Caicó será nesta quinta-feira, 13 de junho, mas a primeira atividade de formação do festival já foi realizada na terça (11). Estudantes de escolas públicas de Caicó tiveram um dia inteiro de capacitação em linguagem audiovisual ao participarem da oficina “Cinema Alternativo”, que teve como facilitador o cineasta Ernani Silveira.

A oficina aconteceu no Centro Cultural Adjuto Dias e os estudantes tiveram acesso à história do cinema, técnicas narrativas, além do primeiro contato com equipamentos utilizados em um set de filmagem. O professor Antônio Neves, da Escola Municipal Mateus Viana, disse que a oficina foi importante ao garantir aos alunos da turma do 9º ano o acesso à linguagem audiovisual, sendo, portanto, um projeto de inclusão e incentivo às artes.

Para a estudante Quézia Lima, da Escola Estadual Calpúrnia Caldas de Amorim (EECAM), o Curta Caicó é uma oportunidade de ter acesso ao cinema e de contar suas próprias narrativas, o que é possível graças ao avanço tecnológico, que permite a realização de filmes com equipamentos acessíveis, como o celular. A oficina de Cinema Alternativo aconteceu graças ao apoio do Governo do RN, através da Fundação José Augusto, e do Sindserv Caicó.

Especialista em cinema pela UFRN e roteirista pela EICTV-Cuba, Ernani Silveira estudou Cinema Latino Americano no Chile e na Argentina, como cineasta independente exerce várias funções no audiovisual potiguar. Vem produzindo ao longo de 10 anos fotos e filmes na Ásia, na África e na América Latina.


Abertura do Curta Caicó terá apresentação da Orquestra Sanfônica de Parelhas

Orquestra sanfônica se apresenta na abertura do Curta-Caicó

O 2º Curta Caicó terá início no dia 13 de junho e a abertura do festival contará com apresentação da Orquestra Sanfônica de Parelhas, no Centro Cultural Adjuto Dias. A prévia antecede o início das Mostras Competitivas e Paralelas de filmes, oficinas e debates que irão se estender até o domingo (16).

A presença da Orquestra Sanfônica foi possível graças ao apoio da Prefeitura Municipal de Parelhas que garantiu a logística para participação do grupo musical no evento. “O Curta Caicó é um festival reconhecido nacionalmente. E o município de Parelhas estará participando em sua abertura com a Orquestra Sanfônica de Parelhas. Estamos muito felizes em poder apoiar esse importante festival que acontece na nossa região do Seridó”, afirmou Alexandre Petronilo, prefeito de Parelhas.

A Orquestra Sanfônica de Parelhas surgiu há dez anos, fruto de uma escolinha de sanfona, que funcionava com o apoio da Prefeitura de Parelhas, e desenvolvia aulas práticas sobre musicalização em acordeão. O repertório da orquestra é pautado nos valores culturais do Nordeste, especialmente do Sertão, evidenciando nomes como: Luiz Gongaza, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, entre outros ícones da música popular nordestina.

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação e conta com apoio do Governo do Estado, Fundação José Augusto, SESC RN, CERES – UFRN, UERN, Canal Futura, Calle, Óticas Mirna, Brisanet, Unicords, Elo Company, Místika, ACCIRN, ABDeC e Setcenas.


2º Curta Caicó será lançado dia 16/04, com presença de Titina Medeiros

O projeto da 2ª edição do Curta Caicó será apresentado na próxima terça-feira, dia 16 de abril, a partir das 19 horas, na sede da agência Referência Comunicação. O evento contará com a presença vip da atriz seridoense Titina Medeiros.

O Festival de Cinema de Caicó será realizado de 13 a 16 de junho. Nesta edição, 535 filmes de todo o Brasil se inscreveram nas Mostras Competitivas Nacional e Potiguar. Os finalistas, que estão sendo avaliados por uma curadoria de profissionais do audiovisual, serão divulgados até final do mês de maio.

O evento já conta com apoio do Governo do RN, através da Fundação José Augusto, que garantiu o espaço do Centro Cultural Adjuto Dias, além da realização de duas oficinas de audiovisual; do SESC RN, que garantiu a projeção e a realização da oficina “Documentando”; e da UERN, que articulou a vinda do diretor artístico do Canal Futura, Márcio Motokane, que estará participando da programação.

No evento de lançamento, serão apresentados outros detalhes da programação e das premiações já confirmadas para esta edição.

Com presença marcante no primeiro Curta Caicó, a atriz Titina Medeiros já confirmou sua participação no evento de lançamento próxima terça, em Caicó. Além de estar em cartaz no Palco Giratório Nacional do SESC com o espetáculo “Meu Seridó”, Titina estreia no seriado “Os Roni”, do Multishow, nesta quinta-feira, 11 de abril.

O Curta Caicó conta com apoio do Governo do RN, Fundação José Augusto, UERN, Canal Futura, SESC RN, ACCIRN, Setcenas, ABDeC, Místika e Elo Company. A organização do evento audiovisual é da Referência Comunicação.


“No Fim de Tudo” e “O Vestido de Myriam” vencem prêmios de Melhor Filme no Curta Caicó

O vestido de Myriam foi um dos escolhidos como melhor filme

A cerimônia de encerramento do Festival de Cinema Curta Caicó foi realizada neste domingo, no Centro Cultural Adjuto Dias.

Confira a lista dos vendedores do Troféu Xique-Xique das Mostras Competitivas Nacional e Potiguar.

MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL

Filme – O Vestido de Myriam

Roteiro – Lucas Hossi (O Vestido de Myriam)

Direção – Dani Suzuki (Pulso)

Fotografia – Pablo Escasero (Quando parei de me preocupar com canalhas)

Ator – Tonico Pereira (O Vestido de Myriam)

Atriz – Eva Wilma (Minha Mãe, Minha Filha)

Menção Honrosa – Aquela Rua Tão Triunpho (Gabriel  Carneiro)

MOSTRA COMPETITIVA POTIGUAR

Filme – No Fim de Tudo

Roteiro – Victor Siriaco e Hélio Ronivom (No Fim de Tudo)

Direção – Victor Siriaco (No Fim de Tudo)

Fotografia – Carito Cavalcanti (Vida Vaza)

Ator – Arlindo Bezerra (Ainda Não Lhe Fiz Uma Canção de Amor)

Atriz – Arly Arnaud (No Fim de Tudo)

Menção Honrosa – Leningrado, Linha 41

PRÊMIO DO JÚRI POPULAR

Filme Nacional – Minha Mãe, Minha Filha (Alexandre Estevanato)

Filme Potiguar – Vitruviano e o Poema da Inerente Invisibilidade (Sihan Félix)