Please enter banners and links.


Detran-RN confirma falha no sistema que pode ter exposto dados pessoais de milhões de brasileiros

Thyago Macedo destaca em seu Blog que o Detran-RN confirmou uma falha no sistema de segurança que pode ter permitido a exposição de dados pessoais de milhões de brasileiros que possuem CNH. O Blog Thyago Macedo conversou com o diretor da unidade, Jonielson de Oliveira, e ele informou que o sistema já foi bloqueado e um procedimento será aberto para apurar o caso.

Inicialmente vamos abrir um procedimento administrativo para apurar a origem da falha e, posteriormente, caso seja identificado algo criminal, por exemplo, acionaremos as autoridades competentes. O que podemos adiantar é que o sistema está bloqueado e hoje não é possível mais se ter acesso a esses dados“, comentou.

A notícia sobre a falha foi publicada em matéria do site Olhar Digital, nesta terça-feira, 8, e aponta que uma denúncia anônima deu conta da brecha no sistema do Detran-RN que permitiu a exposição de dados pessoais de milhões de pessoas que possuem CNH.

A brecha expôs dados pessoais de aproximadamente 70 milhões de pessoas. Era possível obter, apenas com o número de CPF, outros dados pessoais como endereço residencial completo, telefone, operadora, dados da CNH (categoria, validade, emissão, restrição, registro), foto, RG, CPF, data de nascimento, sexo e idade“, destaca a matéria.

A denúncia partiu de um pesquisador de segurança da informação, que explorou a falha por aproximadamente três meses e descobriu, por meio de testes com variados números de CPFs gerados aleatoriamente, a falha que dava acesso ao banco de dados completo dos Detrans de todo o Brasil – que têm seus sistemas integrados e unificados. Por se tratar de um banco de dados de base nacional, era possível obter dados de qualquer pessoa, inclusive de figuras públicas como o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos, Wesley Safadão, Xuxa, Neymar, Eike Batista, entre outros.



TSE fecha sistema de registro de candidatos a presidente e gera dados para inserção nas urnas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fechou na noite de hoje (17) o Sistema de Registro de Candidaturas (Cand) relativo aos candidatos a presidente e vice-presidente da República que disputarão as eleições de outubro. Com isso, os dados foram gerados para que sejam inseridos nas urnas pelos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), que são os responsáveis pela carga das máquinas. As eleições de outubro terão 13 candidatos a presidente da República: Álvaro Dias, Cabo Daciolo, Ciro Gomes, Eymael, Fernando Haddad, Geraldo Alckmin, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, Jair Bolsonaro, João Amoêdo, João Goulart Filho, Marina Silva e Vera Lúcia.

O candidato Fernando Haddad, da Coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PC do B/PROS), e sua candidata a vice, Manuela D’Ávila, foram atestados como aptos a terem seus nomes inseridos nas urnas, a despeito de estar pendente de julgamento o registro de candidatura da chapa. A circunstância decorre do fato de disputarem o pleito em substituição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve o registro indeferido. O prazo para impugnação do registro da chapa se encerra nesta terça-feira (18), às 23h59. Até o momento, não houve impugnações.

Continue lendo



Dezembro de 2016 registrou 17 mortes violentas no Seridó

A subcoordenadoria do Instituto Técnico-Científico de Perícia – ITEP em Caicó, divulgou dados referentes às mortes violentas que foram registradas na unidade no ano de 2016.

O primeiro gráfico apresentado mostra que na região do Seridó no mês de dezembro ocorreram 17 mortes, sendo 3 por acidente de trânsito, 3 por suicídio, 7 por homicídios e 4 por causas indefinidas.

No mesmo mês, mortes no trânsito caíram

Um dado que chama a atenção, é que as mortes por acidente de trânsito caíram praticamente em todos os meses do ano se comparados com ano anterior. O mês onde ocorreu a queda mais significativa, foi dezembro. O gráfico mostra que no referido mês de 2015, morreram 16 pessoas. Já em 2016, esse número caiu para, apenas 3.