Eleições 2018: Sem Bolsonaro, presidenciáveis participam de terceiro debate

Candidatos a presidência participaram de debate na TV Gazeta

Os candidatos ao Palácio do Planalto se reuniram neste domingo (09) para o terceiro debate presidenciável das eleições 2018. Realizado pela TV Gazeta, Rádio Jovem Pan, Estadão e Twitter, o primeiro bloco foi marcado pelo tema do atentando sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro, do PSL.

Geraldo Alckmim, do PSDB, comentou sobre o episódio com seu concorrente. Para o candidato, é preciso fazer um esforço para pacificação do país para que, com isso, a democracia se consolide. “Eu entendo que é necessário um grande esforço conciliatório. Um país dividido não avança. Eu até mesmo antes de ser candidato já pregava esse esforço de conciliação contra qualquer tipo de radicalismo”.

O candidato pelo PDT, Ciro Gomes, respondeu, entre outras coisas, ao questionamento da candidata Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, sobre segurança pública. Segundo ele, caso seja eleito, haverá investimento em um Sistema Único de Segurança Pública. “Trazer para o Sistema Único de Segurança Pública a responsabilidade federal. Quero assumir a responsabilidade desde a investigação até a segregação nas prisões federais, do enfrentamento ao crime organizado”.

Já o presidenciável, Henrique Meirelles, do MDB, citou que vai investir em saneamento básico e destacou que, muitas vezes, o assunto é pouco abordado por políticos. Sobre empregos, Meirelles lembrou que poderá, em um eventual governo, criar 10 milhões de empregos. “Eu sei como fazer isso, já fiz duas vezes. E como já disse, não se divide o pais entre quem não gosta do Temer ou Lula, o país se divide entre quem trabalha quem não trabalha”.

Os candidatos abordaram ainda temas relativos à corrupção e à igualdade salarial entre homens e mulheres. Também participaram do embate os candidatos Guilherme Boulos, Marina Silva e Álvaro Dias. O próximo debate presidencial está previsto para 18 de setembro, realizado pelo Poder 360 e Piauí.



STF abre nesta segunda, 27, debate sobre tabelamento do preço do frete

O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza nesta segunda-feira, 27, audiência pública para discutir a política de preços mínimos do transporte rodoviário de cargas. A reunião foi convocada pelo ministro Luiz Fux, relator de três ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) que questionam o tabelamento do frete. Ele só deve tomar uma decisão sobre as ações após ouvir os interessados.

Os preços mínimos foram definidos pela Medida Provisória 832/2018 (convertida na Lei 13.703/2018) e pela Resolução 5820/2018, da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), que regulamentou a medida.

As ADIs foram ajuizadas pela Associação do Transporte Rodoviário do Brasil (ATR Brasil), que representa empresas transportadoras, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).



Band Natal realiza debate com os candidatos ao Governo do RN no dia 16

Com longa tradição na exibição e realização de debates eleitorais, o jornalismo da Band tem data marcada para receber os candidatos aos governos estaduais. Em Natal, o debate será no dia 16 de agosto, às 22hs.

Após ser a primeira a exibir um debate presidencial em 2018, a emissora também será a primeira a exibir os debates estaduais. O objetivo é esclarecer e levar informação para os eleitores, visando as votações, que acontecerão em outubro.

Vale lembrar que nesse ano, além de presidente e governadores dos estados, teremos ainda as escolhas de novos senadores, deputados federais e estaduais.



Band promove debate com candidatos a Presidência da República nesta quinta (09)

Debate na Band terá 8 candidatos a presidência

Os candidatos à Presidência da República participarão nesta 5ª feira (9.ago.2018) do 1º debate das eleições de 2018. A partir  das 22 horas os presidenciáveis apresentarão suas propostas nos estúdios da TV Band, em São Paulo.

Leia as informações sobre a transmissão:

Data: 9.ago.2018 (5ª feira);
Hora: 22 horas;
Participantes: Alvaro Dias (Pode), Cabo Daciolo (Patri), Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (Psol), Marina Silva (Rede);
Mediador: Ricardo Boechat;
Quem vai fazer perguntas: leitores do jornal Metro e jornalistas da Band;
quantos blocos terá o programa: 5.

A primeira parte da transmissão da Band começa com pergunta feita por leitores do jornal Metro, depois candidato pergunta para candidato.

No ​2º bloco, jornalistas da Band farão perguntas para todos os candidatos e escolherão quem vai replicar. Quem for questionado terá direito à tréplica.

No ​3º bloco, novamente candidato pergunta para candidato. O sorteio definiu que quem iniciará os questionamentos será Álvaro Dias e quem perguntará por último será Ciro Gomes. Neste bloco cada candidato poderá ser perguntado até duas vezes.

No ​4º bloco​, jornalistas da Band voltam a perguntar para candidato e escolher quem fará a réplica.

No ​último bloco os candidatos terão 1 minuto 1 meio para as considerações finais, começando com Ciro Gomes e fechando com Henrique Meirelles.

Com Lula preso em Curitiba, o PT pediu à Justiça que seu candidato participasse do debate por videoconferência ou por vídeos gravados previamente. Mas o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido.

O candidato a vice Fernando Haddad (PT) afirmou que, caso o ex-presidente seja impedido de participar, o partido vai fazer 1 debate paralelo.

DEBATE PODER360/REVISTA PIAUÍ

O Poder360 e a revista Piauí realizarão, em 18 de setembro, 1 debate com 5 candidatos à Presidência da República (Ciro Gomes, Jair Bolsonaro, Geraldo Alckmin, Marina Silva e 1 representante do PT). O evento será realizado no YouTube Space, no Rio de Janeiro, a partir de 10h da manhã.

A transmissão será feita pelos canais dos Poder360 e da revista Piauí no YouTube. O sinal estará aberto para que sites de notícias, dos candidatos ou de quem se interessar também reproduzam o vídeo simultaneamente, ao vivo.

A responsabilidade editorial do debate está 100% a cargo de Poder360 e da revista Piauí. O YouTube será apenas a plataforma na qual o evento será apresentado.

PRÓXIMOS DEBATES
RedeTV! – Debate –(17.ago, 22h) – televisão;
TV Gazeta/Estadão (9.set, 19h30) – televisão;
Poder360/Revista Piauí (18.set, 10h) – streaming;
Veja (19.set, 9h) – streaming;
TV Aparecida (20.set, 10h) – televisão;
SBT/Uol/Folha (26.set, 18h20) – televisão;
Record (30.set, 22h) – televisão;
Globo (4.out, 21h30) – televisão

*Fonte: Poder 360



Juíza nega pedido para Lula participar de debate na TV

Justiça proíbe Lula de participar de debate na Band – (Foto: Sergio Lima)

A juíza Bianca Arenhart, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, negou hoje (6) pedido feito pelo PT para autorizar a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no debate que será realizado quinta-feira (9), na TV Bandeirantes, com candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro.

Lula está preso desde 7 de abril, na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos de prisão na ação penal do caso do tríplex do Guarujá (SP). Para o PT, como pré-candidato, Lula tem direito de participar do debate.

Ao analisar o caso, a juíza decidiu rejeitar o pedido por razões processuais e entendeu que o PT não tem legitimidade para fazer o pedido em nome do ex-presidente.

“De fato, nos termos da Lei de Execução Penal, cabe ao próprio executado, por meio de sua defesa constituída ou, na sua falta, à Defensoria Pública da União, pleitear benefícios ao preso”, decidiu a magistrada.

De acordo com o partido, o pedido de registro de candidatura do ex-presidente deve ser protocolado no dia 15 de agosto, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

*Agência Brasil



OAB de Caicó planeja realizar debate com candidatos ao Governo do Estado

A Subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil em Caicó, planeja realizar no dia 25 de julho, período em que estará acontecendo a Festa de Sant’Ana, um debate entre os políticos com pretensão de disputar o Governo do Estado.

A informação foi confirma ao blog Sidney Silva nesta terça-feira (19), pelo advogado e presidente da entidade em Caicó, Marx Helder Fernandes.

“Como, certamente, todos estarão em Caicó, na quinta-feira (26), para participar da Feirinha de Sant’Ana, então, estamos vendo a possibilidade de realizar um debate entre os candidatos ao Governo no dia anterior. Precisamos ver a questão das agendas de cada um para conciliar. Vamos tentar realizar”, confirmou.

Encontro com Sant’Ana

A OAB de Caicó, também está dando andamento aos preparativos para o Encontro dos Advogados com Sant’Ana, que acontece todos os anos no dia da Feirinha, feriado municipal. “Para este ano, estamos com um expectativa muito boa, inclusive, teremos a participação dos colegas advogados da cidade de Patos. É um forma de fazer a integração dessas duas cidades que são tão importantes”, disse Marx Helder.



“Diálogo em Rede” debate políticas públicas sobre drogas em Caicó

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por intermédio da 1ª Promotoria de Justiça de Caicó, promove o evento “Diálogo em Rede”, em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente e da 2ª Vara Cível e da Infância e Juventude da Comarca de Caicó. A iniciativa será realizada nesta terça-feira (12), a partir das 9h, no auditório da sede das Promotorias de Justiça da comarca de Caicó.

O evento contará com a palestra “Políticas públicas sobre drogas: avanços e desafios”, a ser apresentada pelo professor João Maria Mendonça de Moura. Ele é coordenador do Fórum Estadual Permanente de Políticas Públicas sobre Drogas, presidente do Conselho Estadual de Promoção da Paz nas escolas e coordenador do Núcleo Estadual de Educação para a paz em Direito Humanos.

O encontro é uma das iniciativas que estão sendo implementadas pelas instituições públicas e entidades da sociedade civil que compõem a rede de proteção da infância e adolescência local para reforçar o enfrentamento do problema das drogas.

Em Caicó, constatamos um aumento de demandas encaminhadas às entidades e órgãos de proteção relacionadas ao tema do consumo e da dependência de substâncias entorpecentes, com particular intensidade entre o público infanto-juvenil”, explicou o promotor de Justiça, Vicente Elísio de Oliveira Neto.

O Diálogo em Rede pretende fomentar o debate público da temática, sensibilizar os poderes públicos e a sociedade para a necessidade da articulação intersetorial e a implementação de políticas públicas de prevenção e repressão, particularmente nas áreas da educação, saúde, assistência social e segurança pública.



Vivaldo Costa propõem amplo debate sobre depressão e combate ao suicídio

Deputado Vivaldo Costa propõem debate sobre suicídios e depressão

A depressão, os altos índices de suicídio, assim como a propagação do jogo “Baleia Azul” tem preocupado o deputado Vivaldo Costa (PROS), que usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (2) para anunciar que propôs, através de requerimento, uma audiência pública para debater os temas na Casa. Para ele, é preciso discutir a valorização da vida e o combate à depressão.

Faremos uma reunião para que a gente possa debater exaustivamente este assunto. Combater a depressão, o suicídio e o jogo Baleia Azul é uma necessidade urgente”, justifica o deputado.

A audiência vai acontecer no mês de maio ainda em data a ser definida.



Autoridades discutem na Assembleia Legislativa como reduzir homicídios

Autoridades discutem na Assembleia Legislativa como reduzir homicídios

Autoridades da segurança pública do Rio Grande do Norte se reuniram na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (27) para discutir o plano de combate a homicídios do Estado, cujas metas foram desenhadas recentemente pelo Executivo. A proposição foi da deputada Márcia Maia (PSDB).

“Temos registrado uma média, por dia, de quase sete assassinatos no Rio Grande do Norte. Sete pessoas mortas de forma violenta, por dia, em nosso estado. Sendo essa média mantida, até o fim do ano, teremos mais de 2,5 mil pessoas mortas em solo potiguar. No ano passado, foram 1988, crescimento superior a 25%”, ilustrou a deputada, ao iniciar os debates.

Para o comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Dancleiton Pereira Leite, os investimentos que têm sido feitos no setor policial são o princípio. Além disso, ele ponderou que há uma vontade de setores da imprensa em noticiar o que dá errado

Secretária estadual de Segurança Pública, Sheila Freitas observou que as políticas públicas para evitar homicídios passam necessariamente por ações preventivas, e não dependem apenas do Estado.

“Precisamos de ruas iluminadas, de políticas sociais que atraiam os jovens, pois quando eles chegam ao crime é porque tudo já falhou, a família principalmente”, defendeu a secretária.

Estatísticos, técnicos do setor e outros profissionais chamados para a discussão ponderaram que a escalada da violência, apesar de atribuída a guerra de facções criminosas, têm refletido no comportamento de crimes que antes não eram tão frequentes à luz do dia, como assaltos a carros ou arrombamentos.