Deicor procura homem indiciado por roubos a instituições bancárias

Roberto de Menezes Queiroz é procurado pela Polícia

A Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor) procura o foragido da Justiça, Roberto de Menezes Queiroz, 32 anos, suspeito de ter cometido diversos roubos a instituições bancárias.

Segundo investigações, ele é suspeito de no dia 03 de abril ter participado de dois roubos cometidos em bancos na cidade de Touros, além de ter roubado duas instituições bancárias no mês de julho, sendo um dos crimes ocorrido no dia 11, contra um carro-forte na cidade de São Pedro, onde foi subtraído 1 milhão e 900 mil reais, tendo o grupo utilizado um veículo SW Prata, encontrado com uma mancha de sangue em seu interior, a qual foi periciada.

O segundo roubo no mês de julho ocorreu no dia 29 na cidade de Belém (PA), no Banco Bradesco da cidade. Roberto também é suspeito de no dia 29 de setembro ter participado de um roubo em uma agência Banco do Brasil, localizada na Zona Norte de Natal. Durante a ação da Deicor, foi apreendido um veículo Corolla de cor preto, na residência de sua companheira, no bairro Vale Dourado, localizado na Zona Norte de Natal, tendo, segundo indícios, o carro sido comprado com o dinheiro dos roubos.

A Deicor solicita apoio da população acerca de maiores informações de Roberto, que podem ser repassadas de forma anônima através do telefone da divisão, de números 3232-6186/3232-2861, ou do Disque Denúncia da Polícia Civil, 181.



Deicor captura foragido investigado por integrar organização criminosa de roubo a bancos

Foragido é preso pela Deicor

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta segunda-feira (16) no bairro Planalto, o foragido da Justiça, José Miguel de Azevedo Filho, 28 anos, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por um duplo homicídio ocorrido na cidade de Campo Grande.

A prisão foi realizada através de investigações das delegacias de Patu e de Janduís, sendo o homem capturado em uma cigarreira, localizada no bairro Planalto, onde ele teria comprado o estabelecimento com o intuito de disfarçar-se. José Miguel é investigado pela Deicor por ser um dos integrantes de uma organização criminosa especializada em roubo a bancos, a qual tinha como líder o seu primo Ranielly Brito de Azevedo, preso em uma operação da Polícia Federal no último dia 05 no estado de Pernambuco, juntamente com o seu irmão Rafanio Brito de Azevedo. José Miguel foi capturado e encaminhado ao sistema prisional.



Deicor prende dupla suspeita de adulterar aproximadamente 150 veículos roubados

Uma ação realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (11) na cidade de Macaíba, Valmir Mendes de Farias, 27 anos, e Elinaldo Medeiros dos Santos, vulgo “Xuxa”, 52 anos, suspeitos por receberem, diariamente, veículos roubados com o fim de adulteração de chassi, vidros, motores, além de documentá-los para uma posterior comercialização. Durante a prisão, ocorrida através de denúncias anônimas e realizada em uma granja no Novo Guarapes, os policiais civis apreenderam quatro veículos roubados. Investigações apontam que a dupla utilizava duas granjas somente com o intuito de recebimento de veículos roubados, sendo, aproximadamente, 150 carros recebidos e repassados durante as ações criminosas.

Desde o ano de 2005, Elinaldo têm extenso histórico criminal de crimes relacionados a roubo e adulteração de veículos, sendo integrante da facção criminosa “Primeiro Comando da Capital”. O homem já havia sido preso em flagrante no conjunto Serrambi, no bairro Neópolis, onde estava com vários carros roubados, e, após solto, ele foi detido novamente, pela Polícia Rodoviária Federal, com um carro roubado e adulterado. Ele já foi preso anteriormente também em uma granja, com vários veículos roubados, e posto em liberdade posteriormente. Além desses crimes, Elinaldo também estaria praticando crimes de roubos a bancos, desde 2015, sendo suspeito de ter participado do arrombamento ao Banco do Brasil do bairro Tirol no ano de 2016, quando foi preso em flagrante por policiais militares, juntamente com um comparsa conhecido como “Pardal”. Atualmente, Valmir é cunhado de José Ivanilson Dias Gomes, vulgo “Baixinho”, conhecido por diversos roubos a instituições bancárias no Rio Grande do Norte, falecido durante confronto com policiais militares durante um roubo ocorrido no Cabo de Santo Agostinho, no estado de Pernambuco. A Deicor prosseguirá nas investigações a fim de prender demais organizações criminosas relacionadas com roubos e adulteração de veículos.



Deicor prende trio suspeito de participar de esquema criminoso envolvendo roubo de 50 veículos

Uma ação realizada entre policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou, nesta quarta-feira (20) na cidade de Parnamirim, na prisão de Max Abdon da Silva, Jairo Augusto Pereira de Melo, 28 anos, conhecido como “Gugu de Felipe Camarão”, e Geane de Oliveira Soares, suspeitos de participarem de um esquema criminoso envolvendo roubo de veículos na cidade de Natal e em cidades vizinhas. Através de investigações, a polícia detectou um veículo roubado em uma residência, localizada na Rua Caminho da Enseada, no bairro Cajupiranga, em Parnamirim, onde estavam integrantes de uma associação criminosa suspeitos de roubar carros.

Antes da entrada dos policiais, Max percebeu a ação da polícia e ordenou que a sua companheira Geane se retirasse da casa, sendo ela presa posteriormente. Eles se evadiram do local, e durante a fuga trocaram tiros com a polícia, Max foi ferido e socorrido ao hospital, estando em posse de um documento falso no nome de Wallace Gomes da Silva. Na residência, os policiais encontraram dois veículos roubados, sendo um de modelo Toro de cor branca, roubado ontem (19) em uma farmácia, e outro Honda Civic de cor prata, além de vários possíveis objetos de roubos, entre esses, aproximadamente 30 bolsas, relógios, perfumes, e utensílios pessoais. Segundo o delegado da Deicor, Erick Gomes, o esquema criminoso funcionava de forma articulada, tendo Geane a função de auxiliar na divisão de tarefas do grupo.

Continue lendo



Polícia Civil prende homem investigado por assaltos a bancos e carros-fortes

Material apreendido em poder de Roberto pela Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) em parceria com o Departamento de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil da Paraíba prenderam em flagrante, na quinta-feira (17), Roberto Carlos de Andrade Costa Júnior, 34 anos, vulgo “Júnior Neguinho”, foragido da Justiça. No momento da prisão ele estava portando documento falso em nome de Marcelo Moraes da Silva.

O preso é investigado por participação a diversos assaltos a bancos e carros-fortes, ocorridos na região que abrange o estado da Bahia até o estado do Ceará. Com ele foram apreendidos apetrechos para arrombamentos de cofres, 03 automóveis de luxo, joias e uma quantia de aproximadamente R$ 3.000,00 reais.

Ele possui um longo histórico de participação nesse tipo de crime. Desde o ano de 2014 está solto, já tendo sido reconhecido em assalto no estado de Pernambuco, na mesma época em que fugiu do Rio Grande do Norte. As investigações da polícia apontam que “Júnior Neguinho” participou dos roubos à agências bancárias ocorridos nas cidades Monte Alegre, João Câmara e Belém, localizado no estado da Paraíba, além do roubo à carro-forte na cidade de São Pedro.

Contra o investigado há 02 mandados de prisão em aberto, sendo um expedido pela justiça estadual e outro pela justiça federal. Ele foi preso em flagrante pelo porte de documento de falso. A Deicor solicitará a transferência do preso da Paraíba ao Rio Grande do Norte onde ficará a disposição da Justiça, para o prosseguimento das investigações.



Deicor prende suspeito de integrar grupo criminoso que realiza arrombamentos a caixas eletrônicos

Antônio Ricardo foi preso pela Deicor

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta sexta-feira (04), em Parnamirim, Antônio Ricardo Neto, 22 anos, suspeito de ser o motorista que abandonou um veículo com materiais para arrombamento no último dia 07 de julho em Natal.

O automóvel modelo Pajero TR4 foi encontrado com uma marreta de ferro, um alicate de pressão, pés de cabra, barras de ferro e grampos, na margem da BR 101, próximo a Estátua do Pórtico dos Reis Magos, Zona Sul de Natal.

Através de imagens de câmera de segurança, a Deicor chegou a Antônio, que é suspeito de integrar um grupo criminoso que realiza arrombamentos a caixa eletrônicos, sendo o preso, o responsável por conseguir automóveis para as ações criminosas. Durante a prisão, a polícia apreendeu maconha na residência de Antônio.

Material apreendido na ação da Deicor


Operação Gladiador prende dois homens e desarticula tráfico de drogas em Santa Cruz

Material apreendido na operação do Deicor

Equipes de policiais civis da 9º Delegacia Regional de Polícia Civil (DRP) e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) deflagraram, nesta quinta-feira (03), a Operação Gladiador com o objetivo de combater o tráfico de drogas na cidade de Santa Cruz. Durante a ação policial foram presos dois homens.

Foram presos na Operação Giliarde Martins da Costa, 19 anos, pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo e Sérgio Pereira de Lima, 19 anos, pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa, ambos eram integrantes da Facção Criminosa Sindicato do RN. Douglas Gomes de Almeida Costa, 24 anos, vulgo “Gladiador”, era um dos líderes do Sindicato do RN e comandava o tráfico de drogas na região conhecida como Morro do Aranha na cidade de Santa Cruz. Ele reagiu durante a sua prisão e iniciou confronto armado contra os policiais. No confronto ele acabou sendo alvejado e indo à óbito.

Também foram apreendidos 05 quilos de maconha e crack, 02 revólveres, uma espingarda, balanças de precisão e dinheiro. Os homens presos foram encaminhados ao sistema prisional onde aguardam a decisão da Justiça.



Deicor prende quadrilha suspeita de estouro de bancos; Explosivos foram apreendidos

Armas, munições e dinheiro apreendido pela Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreenderam, neste sábado (29), vários produtos, dentre explosivos e armas de fogo, utilizados por uma quadrilha em assaltos à instituições bancárias. Os materiais foram encontrados em uma residência em São José do Mipibu, onde estavam os suspeitos pela explosão, ocorrida na madrugada deste sábado, de duas agências bancárias e dos Correios nos municípios de Belém e Malta, localizados no estado da Paraíba.

Os policiais da Deicor receberam a informação, por um colaborador, de que a quadrilha estaria planejando um roubo neste sábado no estado do Rio Grande do Norte ou no estado da Paraíba e que em seguida fariam caminho para a cidade do Natal. Com a ocorrência do roubo na Paraíba, foram realizadas diligências e campanas nas estradas para encontrar os foragidos no Rio Grande do Norte. Veículos da mesma descrição que os utilizados no roubo foram encontrados e seguidos pelos policiais até adentrarem em uma granja localizada em Taborda, na cidade de São José do Mipibu.

Os policiais formaram um cerco em torno do terreno do sítio para evitar fugas e efetuar a prisão da quadrilha. Os integrantes da quadrilha iniciaram confronto armado com a polícia, conseguindo quebrar o cerco e fugir. Dois deles acabaram sendo atingidos e deixados para trás. Os dois feridos foram socorridos mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. Os corpos ainda não foram identificados.

No sítio foram encontrados diversos materiais utilizados nos crimes de roubo à instituições bancárias. A quantidade encontrada de explosivo era o suficiente para causar explosões em até 200 agências, sendo encontrados trezentos e cinquenta espoletins, nove tubos nonel, quatro emulsões encartuchadas, uma carga tubular, quarenta e um estopins, vinte e cinco quilos de ANFO e um carretel de cordel NP5. Acredita-se que grande parte do material explosivo tenha sido tomado em um roubo à uma pedreira no dia 09 de julho na cidade de São Gonçalo do Amarante.

De armas e munições foram apreendidos 05 pistolas taurus, 01 revólver taurus, 01 espingarda combat, 02 fuzis, 11 carregadores calibre 5.56mm, 02 cartuchos de calibre 5.56 e 619 munições de diversos calibres. Também foram apreendidos uma quantia de aproximadamente 40 mil reais, sendo a maioria manchada de tinta rosa pelos mecanismos de marcação de notas roubadas instalados nas instituições atacadas, dois carros e uma moto. As investigações e diligências continuam para encontrar os foragidos.

Assista vídeo com imagens do material apreendido pela Polícia Civil:



Polícia Militar apreende vasto arsenal no litoral Sul

Polícia apreende armas e coletes em cassa na praia de búzios

Equipes do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) apreenderam, nesta quinta-feira (13), um vasto arsenal que estava escondido em uma residência em Búzios, litoral Sul do Rio Grande do Norte.

Os militares faziam uma ronda na região, quando chegaram até a casa. No local, havia um carro estacionado com registro de roubo e que tinha sido tomado de assalto nessa quarta (12), em Natal.

Ao entrarem no espaço, os policiais se depararam com o arsenal. Foram apreendidos quatro fuzis, espingarda calibre 12, uma pistola israelense, vasta munição calibre 9 milímetros e ponto 40, granadas, dinamite, coletes, rádio comunicador, máscara de gás e drogas.

Todo o material foi encaminhado para a Divisão Especial de Combate ao Crime Organizado (Deicor).

Coletes balísticos foram apreendidos em ação da Polícia


Deicor prende suspeito de participar de roubo a pedreira em São Gonçalo do Amarante

Cordéis detonantes roubados de pedreira

Uma ação realizada por policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta terça-feira (11) em São Gonçalo do Amarante, Lucas Souza Xavier, 23 anos, suspeito por um roubo a uma pedreira, ocorrida neste domingo (09) na cidade. No dia do crime, policiais militares realizaram diligências e identificaram suspeitos em um veículo Celta prata, o qual foi abandonado pelos homens com diversos materiais, entre eles 50 quilos de explosivo granulado, 193 espoletins, e 81 tubos Noel.

Lucas era proprietário do veículo Celta prata utilizado no roubo, e foi preso em sua residência, através de investigações da Deicor, que também identificaram Mário César Freitas da Silva Júnior, 22 anos, como um dos participantes do crime, tendo ele já sido preso pelo crime de receptação. A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado prosseguirá em diligências para localizar Mário e os demais participantes do roubo a pedreira, e solicita apoio da população para a localização do foragido.



Deicor prende suspeito de roubar clínica no Bairro Vermelho

Suspeito de roubo e clínica em Natal é preso em Natal

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (25), Douglas Mardomio Ferreira Olimpio, 29 anos, suspeito de roubar pacientes que estavam em uma clínica no Bairro Vermelho, Zona Leste de Natal. No crime, quatro homens teriam cometido o roubo, tendo uma dupla entrado armada na clínica, onde renderam as vítimas, e um outro roubado uma motocicleta a qual foi utilizada na fuga.

Após ter recebido informações do crime, policiais civis da Deicor descobriram que a moto estava em uma residência no bairro das Rocas. No local, os policiais civis prenderam Douglas, que estava com a motocicleta, joias e celulares de clientes. Segundo investigações, o homem é suspeito de envolvimento com a prática de diversos roubos a populares, motociclistas e pacientes de uma clínica médica localizada no Centro de Natal, e de integrar uma associação criminosa. Douglas foi preso e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. Investigações prosseguirão a fim de identificar os demais autores do roubo a clínica.



Ação conjunta prende homem envolvido em assaltos a instituições bancárias

Ação-conjunta-prende-homem-envolvido-em-assaltos-a-instituições-bancárias
Ação conjunta prende homem envolvido em assaltos a instituições bancárias

Uma ação conjunta realizada entre a Polícia Civil de Patu e a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu, nesta segunda-feira (15), o foragido da Justiça Geraldo Gilmar Saldanha dos Santos, 39 anos, o qual estava envolvido com a prática de assaltos a instituições bancárias.

A prisão foi realizada através de investigações, sendo Geraldo preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.



Deicor prende remanescente do bando de Valdetário Carneiro suspeito de assaltar bancos

Polícia prende remanescente do bando de Valdetário que é suspeito de assaltos à bancos

Uma investigação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) resultou, nesta manhã de quarta-feira (10), na prisão de Osiel Pinto de Sousa, vulgo Bio de Zé de Pinto, integrante de um grupo especializado em roubar carros-fortes e agências bancárias. Ele foi preso em uma ação policial realizada com a participação de policiais civis da 7a. Delegacia Regional de Polícia Civil de Patu.

Osiel Pinto, que é um dos remanescentes da quadrilha de Valdetário, foi preso em flagrante com munição calibre 45 milímetros, balança de precisão e rádios comunicadores, quando estava na cidade de Patu. Além da prisão de Osiel, a equipe da Deicor cumpriu mandados de buscas e apreensão, expedidos pelo Juízo de Campo Grande, em uma fazenda localizada em Messias Targino e conseguiu aprender arma e munição.

Logo após ser detido, nesta quarta-feira (10), Osiel ameaçou os policiais que procederam a sua prisão. Ele já estava sendo monitorado pela Deicor, desde dezembro de 2016, quando foi descoberto que o grupo o qual ele fazia parte estava usando uma fazenda na cidade de Messias Targino, como base para os ataques criminosos e outra fazenda em Janduís como esconderijo. Na época, a polícia apreendeu na fazenda de Messias Targino alguns baldes com grampos, um tripé para metralhadora e dois carros clonados. Nesta quarta-feira (10), os policiais voltaram à fazenda e conseguiram apreender um carregador de pistola e um rifle 38.

De acordo com a Deicor, Osiel Pinto de Sousa é um dos remanescentes da quadrilha de Valdetário Carneiro, responsável por vários crimes que foram efetivados no Rio Grande do Norte e também em outros Estados. Uma das ações protagonizadas por Osiel Pinto de Sousa foi efetivada em 07 de março de 2005, na cidade de Lagarto, estado de Sergipe. O grupo criminoso, que na época era liderado por Cimar Carneiro, primo de Valdetário, assaltou o Banco do Brasil de Lagarto. Na ação criminosa, Cimar entrou em confronto com a Polícia e acabou morrendo.



DEICOR prende foragido da Justiça em Cajupiranga

Sérgio Reis de Oliveira Pereira, conhecido como “Mô’’ foi preso pela Deicor

Uma equipe de policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) capturaram, neste sábado (06), Sérgio Reis de Oliveira Pereira, conhecido como “Mô’’, foragido da Justiça desde fevereiro deste ano. Ele estava em uma casa no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim. A polícia acredita que Sérgio Reis tenha participado de um assalto a um comércio em São Miguel, ele também é investigado pela Polícia Civil de Umarizal por envolvimento com tráfico de drogas e homicídios na região.

A polícia encontrou com Sérgio Reis um veículo que estava com a ocorrência de roubo, uma balança de precisão, uma caderneta contendo anotações de toda as suas vendas de drogas e joias. O carro encontrado com Sérgio Reis era do modelo Corolla e foi comprado por 3 (três) mil reais. Ele sabia que o carro era roubado e nele os policiais encontraram um coldre, um porta carregadores, luvas e uma pochete. Sérgio Reis falou em depoimento na Delegacia que vendeu a sua pistola .40, utilizada nos crimes, por 6 (seis) mil reais.

Houve trocas de informações entre a DEICOR e a Polícia Civil de Umarizal, possibilitando a captura de Sergio Reis.



Novas instalações da Deicor são apresentadas em reunião

Cúpula da Polícia Civil mostra novas instalações da Deicor

Na manhã desta quarta-feira (29), foi realizada uma reunião entre o delegado geral de Polícia Civil, Claiton Pinho, a diretora da Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), Sheila Freitas, o delegado do 15º Distrito Policial, Carlos Brandão, e o diretor administrativo da instituição, Herlânio Cruz, que apresentou cronogramas de obras das novas instalações da Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR).

O novo local funcionará no final da Avenida Mor Gouveia, localizada no bairro Bom Pastor. Na oportunidade, o delegado da 15ª DP tratou de assuntos relativos à delegacia a qual é titular.