Deicor prende homem que roubou carro que pertencia a empresa de locação

Jeferson Carlos foi preso pela Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam em flagrante, na manhã desta quarta-feira (23), Jeferson Carlos Cardoso da Silva, vulgo “Jefinho”, de 23 anos. A ação ocorreu após uma denúncia anônima, informando que “Jefinho” estaria com um carro roubado, bem como com alguns baldes de grampos, material usado em uma possível ação criminosa na região do Trairí.

Policiais se deslocaram para a cidade de Tangará e após diligências, localizaram a residência do suspeito, que fica no bairro conhecido por “Bubu”.

No momento da abordagem policial, o homem tentou fugir pulando o muro mas logo foi capturado, confessando que estava com o veículo de modelo Fiat Toro. O carro pertencia a uma empresa de locação, o qual foi alugado na Paraíba desde de fevereiro. Na residência de Jeferson, foi encontrada uma barra de ferro, grampos, uma bigorna utilizada para dobrar os grampos e 5 baldes.

Diante do material apreendido, ele foi preso e conduzido até a delegacia municipal de Tangará para os procedimentos cabíveis.



DEICOR prende traficante foragido da Paraíba

Mário era foragido e foi preso pelo Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em parceria com a Polícia Civil da Paraíba pela Delegacia de Repressão à Entorpecentes de João Pessoa prenderam, nesta quarta-feira (02), Mario Cléber Bernado do Nascimento, 37 anos e Thabata Emanuele da Costa, 26 anos. Ela foi autuada pela co-autoria de receptação, já o suspeito foi autuado por uso de documento falso e autoria de receptação, cumpre também mandado de prisão na Paraíba pelo crime de tráfico de drogas.

No dia 27 de março, prendeu Francileide Francisca da Silva na rodoviária de Natal, ela era comparsa de Mario e veio do estado da Paraíba para trazer dois revólveres para ele.

Prosseguindo as investigações, os policias da Deicor identificaram a residência dele no bairro de bairro Dix-Sept Rosado, onde foi encontrado documentos falsos, cadernos com anotações de tráfico de drogas e um carro, o qual a mulher admitiu que era dela, porém a polícia descobriu que era roubado e estava clonado. Será realizado mais investigações com relação aos documentos falsos e caderno com anotações de tráfico de drogas.

Documentos e material apreendido pela Deicor


Polícia Civil realiza ação para prender criminoso que respondia por dois homicídios

William Tim Tim morreu depois de trocar tiros com a polícia

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) realizaram na tarde de hoje (27), diligências para encontrar o foragido da justiça Willes Moura de Azevedo, vulgo “Willian Tim Tim”. Willes é suspeito de praticar cinco homicídios na região do Oeste Potiguar, responde ao homicídio da pessoa conhecida por “Minor”, crime ocorrido na zona rural da cidade de Severiano Melo/RN no dia 14/10/2017, assim como a pessoa de Francisco Fabiano Bernardo, cujo processo tramita na Comarca de Apodi/RN. O suspeito também era foragido da justiça pelo crime de roubo duplamente qualificado. Após diligências investigativas, a polícia identificou o local onde ele estaria escondido, na Cidade de Extremoz/RN.

Após chegar no endereço, os policiais foram surpreendidos por disparos de arma de fogo efetuados por Willes, tendo recebido o revide necessário para cessar a injusta agressão. “Willian Tim Tim” foi ferido e levado para o hospital Santa Catarina, em Natal, onde veio a falecer. Na ação, foi apreendido um revólver calibre 38, com 4 munições deflagradas e duas picotadas, além de uma identidade em nome de Estefanio Moura de Azevedo (nome do irmão de Willes já falecido há décadas), documento que era usada por “Willian” para não ser capturado.

Logo depois ter praticado o penúltimo homicídio, “Willian Tim Tim” foi morar no Estado do Acre e em São Paulo. Depois voltou para a cidade de Rodolfo Fernandes/RN, onde matou Minor, fugindo em seguida para Extremoz/RN.



Deicor elucida explosão de caixa eletrônico ocorrido em São Gonçalo e prende quadrilha

Material apreendido pela Deicor com a quadrilha

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) conseguiram elucidar e prender, neste sábado (10), quatro envolvidos na explosão de um caixa eletrônico, que ocorreu na cidade de São Gonçalo do Amarante, na última sexta-feira (09).  A associação criminosa usou explosivos para violar o caixa, que ficava em um estabelecimento comercial.

Foram presos na tarde de sábado (10), dois pernambucanos Douglas Pereira da Silva, 31 anos e Erivan Fernandes Batista, 29 anos; e dois de Natal, Valdir Correia da Silva, 31 anos, que responde a dois homicídios e Emerson Nascimento de Araújo, 21 anos. A Polícia está à procura de Ubatan Pereira da Silva, paraibano e Hélio do Nascimento Cunha, pernambucano.

Continue lendo



DEICOR procura trio suspeito por tráfico de drogas em Parnamirim

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), cumpriram na manhã deste sábado (24), mandado de busca e apreensão na residência de Alexsandro dos Santos Pinheiro, vulgo “Sandrinho”, investigado pelo crime de tráfico de drogas. Na última terça-feira (20), Sandrinho foi preso em flagrante pelo Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), no bairro de Emaús, em Parnamirim. Junto com ele, a polícia prendeu a sua companheira, Suênia Aguiar Alves, e Reinaldo José da Silva Júnior. No local da prisão, foram apreendidas mais de 150 kg de drogas, entre maconha e cocaína, além de uma espingarda calibre 12, uma pistola 9mm e dinheiro falso.

Após investigações, a Deicor descobriu uma residência de Alexsandro não declarada à Justiça. Com um mandado de busca e apreensão,  os agentes da Divisão realizaram na manhã deste sábado (24) uma incursão à casa, onde a polícia apreendeu vários objetos, além de documentos que comprovam a vida luxuosa de Sandrinho. “Com levantamento das provas recolhidas nas investigações, acredito que seja suficiente para comprovar a lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas, realizada por esse trio“, afirmou o Diretor da Deicor, Delegado Odilon Teodósio.

O Ministério Público de Parnamirim decretou as prisões preventivas dos acusados, e a Polícia Civil pede para quem tiver informações sobre o paradeiro de Sandrinho, Suênia  e Reinaldo, liguem para o telefone 181.

Confira imagens da incursão realizada neste sábado (24), e a fala do delegado Odilon Teodósio:



Deicor cumpre mandado de prisão contra investigado por roubos a caixas eletrônicos

Darlyson Ferreira foi preso pela Deicor

Na manhã desta segunda-feira (19), policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Darlyson Ferreira de Lima, 25 anos. Ele, que é investigado pela Divisão por ser integrante de um grupo especializado em arrombar cofres e roubar bancos e caixas eletrônicos, foi preso em flagrante no último sábado (17), por policiais militares do 9o Batalhão de Polícia Militar quando estava na companhia de outro integrante do grupo, Geová Coelho de Oliveira.

Continue lendo



Deicor cumpre mandados contra investigado por roubos a bancos em 10 municípios

Roberto Menezes de Queiroz, investigado por ter participado de roubos a bancos, em 10 cidades

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) cumpriu dois mandados de prisão contra Roberto Menezes de Queiroz, investigado por ter participado de roubos a bancos, em 10 cidades, dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas. Roberto Menezes foi preso em flagrante no dia 02 de janeiro, por policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar quando estava circulando em Natal, juntamente com mais dois homens armados, em um veículo adulterado. No mesmo dia, policiais da Deicor conseguiram cumprir um dos mandados contra Roberto e na última sexta-feira (23), mais um mandado de prisão foi cumprido em seu desfavor.

De acordo com a Deicor, Roberto Menezes possui cinco mandados judiciais devido aos crimes cometidos pelo mesmo e tem procedimentos criminais abertos em todas os municípios. A investigação feita pela Divisão Especializada descobriu que ele atuou criminalmente nas cidades de Sítio Novo, São José do Mipibu, Goianinha, Touros, São Miguel, João Câmara e Canguaretama (Rio Grande do Norte); nas cidades de Belém e Malta (Paraíba) e na cidade de Novo Lino (Alagoas).



Deicor prende cinco pessoas por associação criminosa na Zona Norte de Natal

Material apreendido pela Deicor

Uma investigação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou na prisão, nesta segunda-feira (18), de cinco pessoas que fazem parte de um grupo especializado em falsificar documentos. “Acreditamos que mais de mil identidades foram confeccionadas por este grupo”, afirmou o diretor da DEICOR, delegado Odilon Teodósio.

No flagrante, as cinco pessoas foram presas no loteamento Jardim Progresso, Zona Norte de Natal, em uma casa que pertence a um ladrão de banco, investigado pela Deicor, são eles: Marcos Eugênio Pontes Pessoa, 38 anos, vulgo “Barão” ou “Mariano”, preso na Operação Jet Coca, em 2003, pelo crime de tráfico de drogas, Emanoel Morais da Silva, 47 anos, que no momento da prisão, apresentou aos agentes uma identidade falsa da Polícia Militar, Maria de Fátima Medeiros, 57 anos, Maria Estela Alves Teixeira, 38 anos, e Rui Soares da Silva, 52 anos.

Os policiais apreenderam com o grupo, Cartões de crédito, Cheques em branco, identidades em branco e outras já confeccionadas, notebooks, celulares, e dois veículos, um Ford KA preto e um Volkswagem Voyage vermelho. Os cinco foram autuados por falsificação de documento público, uso de documento falso, e associação criminosa, sendo encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.



Deicor prende suspeitos de envolvimento com roubos a bancos e tráfico de drogas

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta terça-feira (12), três homens que são investigados por fazer parte de um grupo especializado em assaltos a bancos e tráfico de drogas. “Os três homens, que estavam foragidos da Justiça da Paraíba pela prática de tráfico de drogas, fazem parte do mesmo grupo que era liderado pelos criminosos Gilmar da Cruz Silva, vulgo “Curau” e por José Ivanilson Dias Gomes, que era conhecido por “Baixinho”, detalhou o diretor da Deicor, Odilon Teodósio.

José Martins da Silva, 41 anos; José dos Santos Alves, 30 anos e Luiz José Mendes Nogueira (conhecido por “Ceará”), 52 anos, foram presos quando estavam em uma granja localizada na comunidade de Taborda, zona rural de São José de Mipibu. Com o trio preso, os policiais civis apreenderam um veículo Gol G6 de cor prata, roubado e com placas clonadas.

Continue lendo



RN: Preso suspeito por movimentar mais de R$ 1 milhão com tráfico de drogas

Uma investigação, que durou 40 dias, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) resultou na prisão em flagrante de Amauri Júnior Siqueira de Souza, de 29 anos, nesta terça-feira (05). O homem foi preso quando estava à rua Parque da Cantareira, no bairro de Nova Esperança, em Parnamirim. Um adolescente que estava na companhia de Amauri foi apreendido.

Nossas investigações estão apontando que Amauri possui uma grande atuação no comércio de tráfico de drogas, chegando a movimentar uma cifra superior a R$ 1 milhão. A ação de Amauri era trazer grandes quantidades de droga, que vinham dos estados da região Norte do Brasil para serem distribuídos em Parnamirim”, afirmou o diretor da Deicor, delegado Odilon Teodósio.

Os policiais apreenderam com Amauri, que diz ser de Rondônia, sacos com cocaína; balança de precisão; duas pistolas calibre 380 com munições; quatro veículos, sendo três carros roubados e um caminhão. Os veículos roubados são modelos Fiat Touro de cor branco; um Jeep Renegade de cor prata e um Hyundai Santa Fé de cor preto. Um caminhão também foi apreendido por ser objeto do crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Odilon Teodósio, Amauri Júnior possui grande probabilidade de ter ligação com dois casais que foram presos por tráfico de drogas pela Polícia Militar, no dia 20 de novembro deste ano, em um condomínio de Parnamirim. “Nós acreditamos que a atuação de Amauri no tráfico de drogas em Parnamirim exercia influência nos índices de violência da cidade e nós, que fazemos a Deicor, não podemos deixar este tipo de cidadão permanecer no convívio da população daquela cidade. Este homem, que possui ligação com a região Norte do país, estava atuando em nosso Estado com a ajuda de outros comparsas possivelmente com a ajuda de criminosos do Sindicato do RN e a Deicor está aqui para enfrentar este tipo de criminoso”, destacou o delegado Odilon Teodósio.

De acordo com o diretor da Deicor, Amauri Júnior responderá por tráfico de drogas, receptação de três veículos, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor.

Veja vídeo com entrevistas do Delegado Odilon Teodósio e do preso Amauri Júnior:



VÍDEO: Polícia Civil solicita ajuda da população para enviar informações sobre assaltantes de bancos

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) divulgou, nesta terça-feira (28), imagens de três homens que são suspeitos de terem arrombado cofres, no dia 06 de novembro, da agência do Banco do Brasil, localizada à avenida Jaguarari, no bairro Alecrim, zona Leste de Natal. A Polícia Civil precisa descobrir se Alexandro Wagner Moreira, 44 anos; Jocelito Alves Moreira,36 anos e Sergino Constante da Silva Júnior, 38 anos, ficaram hospedados em algum estabelecimento como hotel, pousada ou flat no Rio Grande do Norte, entre os dias 04 e 07 de novembro. Os três homens estão presos em Fortaleza, desde o último dia 17.

Continue lendo



Deicor procura homem indiciado por roubos a instituições bancárias

Roberto de Menezes Queiroz é procurado pela Polícia

A Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor) procura o foragido da Justiça, Roberto de Menezes Queiroz, 32 anos, suspeito de ter cometido diversos roubos a instituições bancárias.

Segundo investigações, ele é suspeito de no dia 03 de abril ter participado de dois roubos cometidos em bancos na cidade de Touros, além de ter roubado duas instituições bancárias no mês de julho, sendo um dos crimes ocorrido no dia 11, contra um carro-forte na cidade de São Pedro, onde foi subtraído 1 milhão e 900 mil reais, tendo o grupo utilizado um veículo SW Prata, encontrado com uma mancha de sangue em seu interior, a qual foi periciada.

O segundo roubo no mês de julho ocorreu no dia 29 na cidade de Belém (PA), no Banco Bradesco da cidade. Roberto também é suspeito de no dia 29 de setembro ter participado de um roubo em uma agência Banco do Brasil, localizada na Zona Norte de Natal. Durante a ação da Deicor, foi apreendido um veículo Corolla de cor preto, na residência de sua companheira, no bairro Vale Dourado, localizado na Zona Norte de Natal, tendo, segundo indícios, o carro sido comprado com o dinheiro dos roubos.

A Deicor solicita apoio da população acerca de maiores informações de Roberto, que podem ser repassadas de forma anônima através do telefone da divisão, de números 3232-6186/3232-2861, ou do Disque Denúncia da Polícia Civil, 181.



Deicor captura foragido investigado por integrar organização criminosa de roubo a bancos

Foragido é preso pela Deicor

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta segunda-feira (16) no bairro Planalto, o foragido da Justiça, José Miguel de Azevedo Filho, 28 anos, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por um duplo homicídio ocorrido na cidade de Campo Grande.

A prisão foi realizada através de investigações das delegacias de Patu e de Janduís, sendo o homem capturado em uma cigarreira, localizada no bairro Planalto, onde ele teria comprado o estabelecimento com o intuito de disfarçar-se. José Miguel é investigado pela Deicor por ser um dos integrantes de uma organização criminosa especializada em roubo a bancos, a qual tinha como líder o seu primo Ranielly Brito de Azevedo, preso em uma operação da Polícia Federal no último dia 05 no estado de Pernambuco, juntamente com o seu irmão Rafanio Brito de Azevedo. José Miguel foi capturado e encaminhado ao sistema prisional.



Deicor prende dupla suspeita de adulterar aproximadamente 150 veículos roubados

Uma ação realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (11) na cidade de Macaíba, Valmir Mendes de Farias, 27 anos, e Elinaldo Medeiros dos Santos, vulgo “Xuxa”, 52 anos, suspeitos por receberem, diariamente, veículos roubados com o fim de adulteração de chassi, vidros, motores, além de documentá-los para uma posterior comercialização. Durante a prisão, ocorrida através de denúncias anônimas e realizada em uma granja no Novo Guarapes, os policiais civis apreenderam quatro veículos roubados. Investigações apontam que a dupla utilizava duas granjas somente com o intuito de recebimento de veículos roubados, sendo, aproximadamente, 150 carros recebidos e repassados durante as ações criminosas.

Desde o ano de 2005, Elinaldo têm extenso histórico criminal de crimes relacionados a roubo e adulteração de veículos, sendo integrante da facção criminosa “Primeiro Comando da Capital”. O homem já havia sido preso em flagrante no conjunto Serrambi, no bairro Neópolis, onde estava com vários carros roubados, e, após solto, ele foi detido novamente, pela Polícia Rodoviária Federal, com um carro roubado e adulterado. Ele já foi preso anteriormente também em uma granja, com vários veículos roubados, e posto em liberdade posteriormente. Além desses crimes, Elinaldo também estaria praticando crimes de roubos a bancos, desde 2015, sendo suspeito de ter participado do arrombamento ao Banco do Brasil do bairro Tirol no ano de 2016, quando foi preso em flagrante por policiais militares, juntamente com um comparsa conhecido como “Pardal”. Atualmente, Valmir é cunhado de José Ivanilson Dias Gomes, vulgo “Baixinho”, conhecido por diversos roubos a instituições bancárias no Rio Grande do Norte, falecido durante confronto com policiais militares durante um roubo ocorrido no Cabo de Santo Agostinho, no estado de Pernambuco. A Deicor prosseguirá nas investigações a fim de prender demais organizações criminosas relacionadas com roubos e adulteração de veículos.



Deicor prende trio suspeito de participar de esquema criminoso envolvendo roubo de 50 veículos

Uma ação realizada entre policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou, nesta quarta-feira (20) na cidade de Parnamirim, na prisão de Max Abdon da Silva, Jairo Augusto Pereira de Melo, 28 anos, conhecido como “Gugu de Felipe Camarão”, e Geane de Oliveira Soares, suspeitos de participarem de um esquema criminoso envolvendo roubo de veículos na cidade de Natal e em cidades vizinhas. Através de investigações, a polícia detectou um veículo roubado em uma residência, localizada na Rua Caminho da Enseada, no bairro Cajupiranga, em Parnamirim, onde estavam integrantes de uma associação criminosa suspeitos de roubar carros.

Antes da entrada dos policiais, Max percebeu a ação da polícia e ordenou que a sua companheira Geane se retirasse da casa, sendo ela presa posteriormente. Eles se evadiram do local, e durante a fuga trocaram tiros com a polícia, Max foi ferido e socorrido ao hospital, estando em posse de um documento falso no nome de Wallace Gomes da Silva. Na residência, os policiais encontraram dois veículos roubados, sendo um de modelo Toro de cor branca, roubado ontem (19) em uma farmácia, e outro Honda Civic de cor prata, além de vários possíveis objetos de roubos, entre esses, aproximadamente 30 bolsas, relógios, perfumes, e utensílios pessoais. Segundo o delegado da Deicor, Erick Gomes, o esquema criminoso funcionava de forma articulada, tendo Geane a função de auxiliar na divisão de tarefas do grupo.

Continue lendo