Deicor prende estelionatária que possui mais de 50 processos criminais

Material apreendido com estelionatária

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, no final da tarde desta quinta-feira (05), Adriana Maria de Oliveira Furtado Machado, 51 anos de idade. A mulher que é de Joinville, Santa Catarina, foi presa em flagrante após ter efetuado compras com cartões de terceiros, em Natal. A equipe de investigação da Deicor revelou que Adriana Maria é considerada uma das maiores estelionatárias do país, respondendo a mais de 50 processos pela prática do crime de estelionato nos Estados de São Paulo e Santa Catarina. Em uma agência bancária do sul do país, ela conseguiu dar um prejuízo de R$ 1 milhão e 51 mil. A atuação dela também já estava acontecendo no Nordeste.

Continue lendo



Natal: Durante operação, polícia encontra, armas, drogas e estatuto de facção criminosa

Material apreendido no Mosquito

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em conjunto com policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e policiais da Força Nacional deflagraram na manhã desta terça-feira (26), a Operação Integrada Pente Fino I na comunidade do Mosquito, Zona Oeste de Natal, com o objetivo de prender foragidos da Justiça e integrantes de uma facção criminosa que possui atuação nacional. Durante a ação, foi preso um casal e aprendidas armas, munições, um “estatuto” da organização e material utilizado para cadastramento de membros da facção. Foram apreendidas fichas de integrantes, detalhando informações minuciosas tais como: data de “batismo”, “padrinho”, “matrícula” e vulgo a ser adotado pelos membros.

Continue lendo



Deicor apreende drogas em São Gonçalo do Amarante

Homem é procurado pela Polícia

Uma equipe de policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreenderam, na manhã desta quinta-feira (21), quase um 1kg de drogas (maconha e cocaína) e uma balança de precisão em uma residência localizada no bairro do Amarante, em São Gonçalo do Amarante.

Os entorpecentes estavam na posse de Irisvan da Silva Batista Júnior que ao avistar os policiais, entrou em um matagal e fugiu por uma área de mangue, não sendo mais localizado pela equipe da polícia.

Irisvan está sendo investigado pela participação em um roubo na zona rural do município de Jandaíra/RN, onde os bandidos subtraíram 4 (quatro) armas de fogo de um atirador profissional. O suspeito já possui ficha criminal, pois foi preso em João Câmara por roubo qualificado e em São Gonçalo do Amarante por tráfico de drogas. Desta vez, ele será novamente indiciado pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Civil está a procura do foragido e pede à ajuda da população para que enviem informações anônimas sobre o paradeiro do Irisvan. Todas as informações da localização do suspeito podem ser repassadas anonimamente para o Disque-Denúncia 181”.



Deicor cumpre mandado e prende suspeito de estuprar filhas

Uma equipe de policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) deu cumprimento a um mandado de prisão, nesta terça-feira (12), em desfavor de um suspeito pelo crime de estupro cometido contra suas próprias filhas. Após o recebimento de uma denúncia anônima, os agentes da Deicor realizaram diligências na cidade de Nísia Floresta, onde o localizaram morando em uma residência junto com as vítimas.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



Deicor identifica segundo suspeito de participação no sequestro de viúva

dos suspeito de participação no sequestro de Gerina Ribeiro da Silva, enquanto participava do velório do seu marido, em 21 de Abril de 2017. Gerina acompanhava o velório de Augusto Magalhães de Oliveira, seu marido, em uma funerária no bairro do Alecrim, quando criminosos invadiram o local e a levaram à força.

No dia 05 deste mês, a Polícia Militar realizou a prisão de Gilson Ferreira como suspeito pelo crimes de tráfico de drogas e associação criminosa, sendo ele foragido da Justiça do Acre. Com o decorrer das investigações, a Deicor tinha suspeitas de que o carro utilizado na ação, um Fiat Pálio Branco, seria de Gilson e, nesta segunda-feira (11), uma denúncia anônima afirmou que ele seria um dos participantes da ação que culminou no sequestro de Gerina.

Com as informações do inquérito, a Deicor confirma que o tráfico de drogas interestadual tem ligação direta com a morte de Augusto Magalhães e com o sequestro de Gerina Ribeiro.

A Deicor pede ajuda da população para encontrar Rony Emanuel Costa da Silva, primeiro suspeito identificado através das imagens. As informações podem ser repassadas de forma anônima e com garantia de sigilo para o Disque-Denúncia 181 ou 3232-2862.

Confira vídeo com a fala de Gilson Ferreira:



Atuação da Deicor colaborou na redução de ataques em instituições bancárias no Rio Grande do Norte

De acordo com o delegado da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), Marcuse Cabral, nos últimos quatro anos, está havendo uma redução de ataques em instituições bancárias localizadas no Rio Grande do Norte. No que refere-se aos números anuais, houve um quantitativo de 82 ataques em 2015; 77 ataques em 2016; 55 ataques em 2017 e 17 ataques em até abril de 2018.

Continue lendo



Deicor prende quatro suspeitos por tráfico de drogas em Touros

Uma ação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicorno povoado de São José, na cidade de Tourosresultou na prisão em flagrante, nesta segunda-feira (04), de quatro pessoas suspeitas pela prática do crime de tráfico de drogas.

Após o recebimento de denúncias anônimas de que um casal estaria ostentando bens materiais na região, e recebendo visitas de prováveis traficantes, os agentes da Deicor realizaram uma abordagem nesta segunda-feira, e constataram o crime. No momento da ação, os policiais identificaram o casal, sendo Levi de Oliveira Dias, foragido da Justiça por tráfico de drogas Hallyne Mychelle Martins Garcia.

Na residência da dupla, os policiais apreenderam drogas, balança de precisão e um caderno com possíveis anotações da comercialização de drogas, além de uma Volkswagem Amarok com impedimento judicial, uma moto, Jet SkiQuadriciclo, diversos aparelhos eletrônicos, além de uma quantia de R$ 5.950,00.

Na abordagem, além de Levi e Hallyne, outros dois suspeitos foram conduzidos à sede da Deicor para um levantamento de dados sobre possíveis participações no grupo. Após a checagem das informações, foram autuados João Paulo Gomes de Paiva, 25 anos, e Iranilson Silva de Lima, 25 anos.

Os quatro suspeitos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas, em seguida foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.



Deicor prende homem que roubou carro que pertencia a empresa de locação

Jeferson Carlos foi preso pela Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam em flagrante, na manhã desta quarta-feira (23), Jeferson Carlos Cardoso da Silva, vulgo “Jefinho”, de 23 anos. A ação ocorreu após uma denúncia anônima, informando que “Jefinho” estaria com um carro roubado, bem como com alguns baldes de grampos, material usado em uma possível ação criminosa na região do Trairí.

Policiais se deslocaram para a cidade de Tangará e após diligências, localizaram a residência do suspeito, que fica no bairro conhecido por “Bubu”.

No momento da abordagem policial, o homem tentou fugir pulando o muro mas logo foi capturado, confessando que estava com o veículo de modelo Fiat Toro. O carro pertencia a uma empresa de locação, o qual foi alugado na Paraíba desde de fevereiro. Na residência de Jeferson, foi encontrada uma barra de ferro, grampos, uma bigorna utilizada para dobrar os grampos e 5 baldes.

Diante do material apreendido, ele foi preso e conduzido até a delegacia municipal de Tangará para os procedimentos cabíveis.



DEICOR prende traficante foragido da Paraíba

Mário era foragido e foi preso pelo Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em parceria com a Polícia Civil da Paraíba pela Delegacia de Repressão à Entorpecentes de João Pessoa prenderam, nesta quarta-feira (02), Mario Cléber Bernado do Nascimento, 37 anos e Thabata Emanuele da Costa, 26 anos. Ela foi autuada pela co-autoria de receptação, já o suspeito foi autuado por uso de documento falso e autoria de receptação, cumpre também mandado de prisão na Paraíba pelo crime de tráfico de drogas.

No dia 27 de março, prendeu Francileide Francisca da Silva na rodoviária de Natal, ela era comparsa de Mario e veio do estado da Paraíba para trazer dois revólveres para ele.

Prosseguindo as investigações, os policias da Deicor identificaram a residência dele no bairro de bairro Dix-Sept Rosado, onde foi encontrado documentos falsos, cadernos com anotações de tráfico de drogas e um carro, o qual a mulher admitiu que era dela, porém a polícia descobriu que era roubado e estava clonado. Será realizado mais investigações com relação aos documentos falsos e caderno com anotações de tráfico de drogas.

Documentos e material apreendido pela Deicor


Polícia Civil realiza ação para prender criminoso que respondia por dois homicídios

William Tim Tim morreu depois de trocar tiros com a polícia

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) realizaram na tarde de hoje (27), diligências para encontrar o foragido da justiça Willes Moura de Azevedo, vulgo “Willian Tim Tim”. Willes é suspeito de praticar cinco homicídios na região do Oeste Potiguar, responde ao homicídio da pessoa conhecida por “Minor”, crime ocorrido na zona rural da cidade de Severiano Melo/RN no dia 14/10/2017, assim como a pessoa de Francisco Fabiano Bernardo, cujo processo tramita na Comarca de Apodi/RN. O suspeito também era foragido da justiça pelo crime de roubo duplamente qualificado. Após diligências investigativas, a polícia identificou o local onde ele estaria escondido, na Cidade de Extremoz/RN.

Após chegar no endereço, os policiais foram surpreendidos por disparos de arma de fogo efetuados por Willes, tendo recebido o revide necessário para cessar a injusta agressão. “Willian Tim Tim” foi ferido e levado para o hospital Santa Catarina, em Natal, onde veio a falecer. Na ação, foi apreendido um revólver calibre 38, com 4 munições deflagradas e duas picotadas, além de uma identidade em nome de Estefanio Moura de Azevedo (nome do irmão de Willes já falecido há décadas), documento que era usada por “Willian” para não ser capturado.

Logo depois ter praticado o penúltimo homicídio, “Willian Tim Tim” foi morar no Estado do Acre e em São Paulo. Depois voltou para a cidade de Rodolfo Fernandes/RN, onde matou Minor, fugindo em seguida para Extremoz/RN.



Deicor elucida explosão de caixa eletrônico ocorrido em São Gonçalo e prende quadrilha

Material apreendido pela Deicor com a quadrilha

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) conseguiram elucidar e prender, neste sábado (10), quatro envolvidos na explosão de um caixa eletrônico, que ocorreu na cidade de São Gonçalo do Amarante, na última sexta-feira (09).  A associação criminosa usou explosivos para violar o caixa, que ficava em um estabelecimento comercial.

Foram presos na tarde de sábado (10), dois pernambucanos Douglas Pereira da Silva, 31 anos e Erivan Fernandes Batista, 29 anos; e dois de Natal, Valdir Correia da Silva, 31 anos, que responde a dois homicídios e Emerson Nascimento de Araújo, 21 anos. A Polícia está à procura de Ubatan Pereira da Silva, paraibano e Hélio do Nascimento Cunha, pernambucano.

Continue lendo



DEICOR procura trio suspeito por tráfico de drogas em Parnamirim

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), cumpriram na manhã deste sábado (24), mandado de busca e apreensão na residência de Alexsandro dos Santos Pinheiro, vulgo “Sandrinho”, investigado pelo crime de tráfico de drogas. Na última terça-feira (20), Sandrinho foi preso em flagrante pelo Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), no bairro de Emaús, em Parnamirim. Junto com ele, a polícia prendeu a sua companheira, Suênia Aguiar Alves, e Reinaldo José da Silva Júnior. No local da prisão, foram apreendidas mais de 150 kg de drogas, entre maconha e cocaína, além de uma espingarda calibre 12, uma pistola 9mm e dinheiro falso.

Após investigações, a Deicor descobriu uma residência de Alexsandro não declarada à Justiça. Com um mandado de busca e apreensão,  os agentes da Divisão realizaram na manhã deste sábado (24) uma incursão à casa, onde a polícia apreendeu vários objetos, além de documentos que comprovam a vida luxuosa de Sandrinho. “Com levantamento das provas recolhidas nas investigações, acredito que seja suficiente para comprovar a lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas, realizada por esse trio“, afirmou o Diretor da Deicor, Delegado Odilon Teodósio.

O Ministério Público de Parnamirim decretou as prisões preventivas dos acusados, e a Polícia Civil pede para quem tiver informações sobre o paradeiro de Sandrinho, Suênia  e Reinaldo, liguem para o telefone 181.

Confira imagens da incursão realizada neste sábado (24), e a fala do delegado Odilon Teodósio:



Deicor cumpre mandado de prisão contra investigado por roubos a caixas eletrônicos

Darlyson Ferreira foi preso pela Deicor

Na manhã desta segunda-feira (19), policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Darlyson Ferreira de Lima, 25 anos. Ele, que é investigado pela Divisão por ser integrante de um grupo especializado em arrombar cofres e roubar bancos e caixas eletrônicos, foi preso em flagrante no último sábado (17), por policiais militares do 9o Batalhão de Polícia Militar quando estava na companhia de outro integrante do grupo, Geová Coelho de Oliveira.

Continue lendo



Deicor cumpre mandados contra investigado por roubos a bancos em 10 municípios

Roberto Menezes de Queiroz, investigado por ter participado de roubos a bancos, em 10 cidades

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) cumpriu dois mandados de prisão contra Roberto Menezes de Queiroz, investigado por ter participado de roubos a bancos, em 10 cidades, dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas. Roberto Menezes foi preso em flagrante no dia 02 de janeiro, por policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar quando estava circulando em Natal, juntamente com mais dois homens armados, em um veículo adulterado. No mesmo dia, policiais da Deicor conseguiram cumprir um dos mandados contra Roberto e na última sexta-feira (23), mais um mandado de prisão foi cumprido em seu desfavor.

De acordo com a Deicor, Roberto Menezes possui cinco mandados judiciais devido aos crimes cometidos pelo mesmo e tem procedimentos criminais abertos em todas os municípios. A investigação feita pela Divisão Especializada descobriu que ele atuou criminalmente nas cidades de Sítio Novo, São José do Mipibu, Goianinha, Touros, São Miguel, João Câmara e Canguaretama (Rio Grande do Norte); nas cidades de Belém e Malta (Paraíba) e na cidade de Novo Lino (Alagoas).



Deicor prende cinco pessoas por associação criminosa na Zona Norte de Natal

Material apreendido pela Deicor

Uma investigação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou na prisão, nesta segunda-feira (18), de cinco pessoas que fazem parte de um grupo especializado em falsificar documentos. “Acreditamos que mais de mil identidades foram confeccionadas por este grupo”, afirmou o diretor da DEICOR, delegado Odilon Teodósio.

No flagrante, as cinco pessoas foram presas no loteamento Jardim Progresso, Zona Norte de Natal, em uma casa que pertence a um ladrão de banco, investigado pela Deicor, são eles: Marcos Eugênio Pontes Pessoa, 38 anos, vulgo “Barão” ou “Mariano”, preso na Operação Jet Coca, em 2003, pelo crime de tráfico de drogas, Emanoel Morais da Silva, 47 anos, que no momento da prisão, apresentou aos agentes uma identidade falsa da Polícia Militar, Maria de Fátima Medeiros, 57 anos, Maria Estela Alves Teixeira, 38 anos, e Rui Soares da Silva, 52 anos.

Os policiais apreenderam com o grupo, Cartões de crédito, Cheques em branco, identidades em branco e outras já confeccionadas, notebooks, celulares, e dois veículos, um Ford KA preto e um Volkswagem Voyage vermelho. Os cinco foram autuados por falsificação de documento público, uso de documento falso, e associação criminosa, sendo encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.