Please enter banners and links.


Câmara nega HC para delegado aposentado

A Câmara Criminal do TJRN não deu provimento ao recurso movido pela defesa do delegado aposentado Delmontiê Evaristo Falcão, preso em 22 de outubro de 2018, em Natal, suspeito de envolvimento com grupos de pistoleiros que atuavam no Vale do Assu, distante 298 quilômetros de Natal. A defesa pedia o trancamento da Ação penal, na qual ele foi denunciado pelo Ministério Público, sob a alegação de que um dos itens apreendidos após um mandado de busca e apreensão não representaria potencial lesivo, mas os argumentos não foram acolhidos.

De acordo com os advogados, não se está discutindo a existência ou não das provas, mas sim, o fato de que um único projétil calibre 556 – encontrado por meio do mandado na residência do então servidor público – não representar lesividade, já que não estava acompanhado da respectiva arma. Alegação não compartilhada pelos desembargadores.

Continue lendo



Delegado Delmotiê Falcão é preso em Natal

Delmontiê Falcão é preso em Natal

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) e da Delegacia Especializada em Defesa do Patrimônio (DEDEP) –  deflagraram  a operação “Hostes”, com o objetivo de desarticular uma milícia armada. Segundo as investigações, Delmontiê Falcão era o líder do grupo. Durante a operação foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão, contra o delegado aposentado.

As investigações foram iniciadas a partir de uma denúncia, onde um agente de polícia foi vítima da suposta milícia, sendo agredido e ameaçado de morte pelo delegado e seus comparsas dentro de uma delegacia de Polícia no Vale do Açu. A partir de então, ouvindo testemunhas e apurando provas, a Polícia observou fortes indícios de que Delmontiê Falcão tinha ligação com grupos de pistolagem no interior do Rio Grande do Norte e que, inclusive, atuava na tentativa de atrapalhar investigações contra o grupo.

Durante as buscas foram apreendidas várias armas, munições e uma moto roubada que estava na residência do delegado, que foi preso preventivamente.

A Polícia Civil ainda busca identificar outras pessoas que teriam ligação aos crimes atribuídos a Delmontiê Falcão.

*Tribuna do Norte