Deputados aprovam fundo financeiro para construção de hospital de trauma em Natal

Deputados aprovam fundo financeiro para construção de hospital de trauma em Natal

Foi aprovado, na Assembleia Legislativa, durante a sessão plenária desta quinta-feira (20), o projeto que autoriza o Executivo do RN a repassar recursos financeiros ao Fundo Garantidor das Parcerias Público Privadas (FGPPP/RN), a fim de garantir o cumprimento das obrigações relativas à construção do hospital de trauma em Natal, que será projetado para 300 leitos e 10 salas de cirurgias. A proposição almeja autorizar a destinação de R$ 100 milhões a fim de assegurar o cumprimento de obrigações relativas à celebração do contrato de concessão.

Votamos hoje projetos importantes para o povo do Rio Grande do Norte, especialmente relativo à saúde pública. A construção desse hospital vai contribuir com a melhoria da assistência, ampliando a oferta de leitos para a população norte-riograndense. Na próxima sessão plenária, daremos andamento à pauta legislativa, com o andamento de outros projetos”, afirmou o presidente do Legislativo do RN, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

De acordo com a mensagem do Governo, os recursos financeiros para criação do fundo financeiro serão oriundos de duas fontes, sendo R$ 50 milhões de operação de crédito celebrada junto ao Banco do Brasil e R$ 50 milhões dos royalties decorrentes da exploração de petróleo e gás natural.

Os deputados também votaram favorável ao projeto que autoriza o Executivo a alienar bens imóveis do seu patrimônio que estejam sem uso ou subutilizados. O Governo do RN justificou na mensagem que diante da crise econômica, há necessidade de recursos para investimento em áreas importantes como segurança, saúde, educação e a construção de Centros de Detenção Provisória e Penitenciárias, a fim de minimizar os problemas na área prisional.



ADEPOL participa de reunião na AL e pede soluções para problemas da Polícia Civil

ADEPOL participa de reunião na AL e pede soluções para problemas da Polícia Civil

A Associação dos Delegados de Polícia (ADEPOL) e gestores da  Polícia Civil, participaram na manhã desta quinta-feira (06) de uma reunião com parlamentares da  Assembleia Legislativa do RN. O encontro ocorreu na sala da Presidência e foi conduzida pelo presidente daquele Poder, Ezequiel Ferreira. Na ocasião foi exposto um panorama das dificuldades da Polícia Civil e os presentes procuraram traçar metas para que o problema seja pelo menos minimizado. “Nosso objetivo é a disponibilização de recursos para que possamos ter os meios necessários ao enfrentamento do aumento da criminalidade”, disse a delegada Ana Cláudia Saraiva logo na abertura da reunião. A vice-presidente da ADEPOL expôs aos presentes a dificuldade enfrentada pela classe no combate ao crime. “Até mesmo unidades que precisariam ser de referência estão sucateadas”, revelou.

Para o presidente da AL, a situação chegou ao limite. Ezequiel frisou que o caos instalado assusta todos os potiguares, independente de classe social, e a reunião deveria estabelecer um norte para o início da resolução. “O discurso da falta de segurança está todos os dias nesta casa. E nós estamos à disposição para fazer o que é preciso”, disse Ezequiel Ferreira de Souza. O deputado Hermano Morais lembrou do assalto aos bancos de João Câmara, ocorrido esta semana. “Acho que este caso é emblemático. Toda uma cidade em pânico e nada pode ser feito”, destacou.

Continue lendo



Em Brasília, deputados do RN discutem obras de transposição do São Francisco

Em Brasília, deputados do RN discutem obras de transposição do São Francisco – (Foto: Vinícius Ehlers)

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte participou, nesta quarta-feira (5), de audiência pública no Senado Federal que discutiu o andamento das obras de transposição do Rio São Francisco. Representando o Parlamento potiguar, Fernando Mineiro (PT) e Gustavo Fernandes (PMDB) participaram da discussão que foi proposta pela senadora Fátima Bezerra, na comissão de Desenvolvimento Regional do Senado. No encontro, os parlamentares encaminharam ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, a “Carta de Natal”, documento que foi produzido no Rio Grande do Norte e que mostra intenções da região para a transposição.

No encontro, os parlamentares potiguares levaram ao ministro um documento elaborado em reunião ba Assembleia Legislativa, em 22 de março, onde potiguares e representantes de Paraíba e Ceará discutiram a transposição. Já na audiência no Senado, os participantes questionaram o cronograma de andamento dos trechos que beneficiarão o Rio Grande do Norte, que integram o Eixo Norte do projeto e dependem ainda da elaboração de projetos específicos. Para Fernando Mineiro (PT), é preciso uma união dos parlamentares e da sociedade para que os projetos e os recursos sejam garantidos.

Segundo Mineiro, a previsão é que as águas da transposição cheguem ao Rio Grande do Norte pelos rios Piranhas-Assú e Apodi-Mossoró. Contudo, para que as águas cheguem ao rio, é preciso que, paralelamente à retomada das obras do Eixo Norte, seja construído um canal ou feito o desassoreamento da área entre a Barragem Caiçara e o Açude Engenheiro Ávidos, na Paraíba.

Continue lendo