Mãe de adolescente encontrado morto em Caicó cobra agilidade para elucidar o crime

Ricardo Leandro saiu de casa e foi encontrado morto

Neste sábado (10), completaram 22 dias desde que o corpo do adolescente Ricardo Leandro Lima da Costa, de 15 anos, foi encontrado na zona rural de Caicó, com a cabeça parcialmente esfacelada e com indícios de que foi violentado sexualmente.

O garoto tinha saído de casa no Bairro Walfredo Gurgel, em Caicó, no dia anterior para procurar por um cavalo que estava desaparecido. Pelo menos, essa foi a informação que chegou à Polícia.

Até agora, várias pessoas foram ouvidas, mas, nada foi divulgado, segundo o Delegado Ricardo Brito, para não atrapalhar a investigação que, também, teve o sigilo decretado.

A mãe do garoto, Aline Muriele de Lima, em contato com o Blog Sidney Silva, disse que espera por justiça por parte dos órgãos competentes. “Meu filho foi tirado de mim e eu quero entender como uma pessoa tem coragem de fazer uma barbaridade dessas com uma criança. Meu filho era apenas uma criança. Não fazia mal a ninguém”, relata.

No dia em que o corpo de seu filho foi encontrado, Aline Muriele, disse que em contato com o médico legista, no Itep, foi informada que Ricardo foi estuprado. A polícia não confirmou a informação para a imprensa.


Homem solta áudio apontando responsável por desaparecimento de cambista caicoense

Joel está desaparecido de Caicó

A Polícia Militar de Caicó, conduziu na manhã deste domingo (04) para a Delegacia de Polícia Civil, Shirlânio da Silva, de 48 anos, com o objetivo de ouvi-lo por causa de áudios enviados por ele, via aplicativo de celular, informando que Joel Varela, o “Joelzinho”, que está desaparecido desde quarta-feira, dia 31 de março, foi assassinado por uma mulher identificada como Palônia.

Em dois trechos dos áudios separados pelo Blog Sidney Silva, Shirlânio diz:

“Quem deu fim a ‘Joelzin’, foi Palônia. Os ‘caba’ já tão pegado com ela aí, e, ela vai descobrir aonde tá o corpo do minino, viu?”.

“Agora, a polícia tá atrás do corpo dele. ‘Vamo’ ver quando ela enterrou. Que tem gente que enterrou”.

As buscas por Joel Varela, seguem acontecendo, principalmente, na área onde foi ele foi visto na tarde da quarta-feira, dia 31 de março. Cães farejadores estão sendo utilizados.