Detento é morto a golpes de espeto durante motim em presídio de Cajazeiras/PB

Motim aconteceu na unidade prisional de Cajazeiras

Um homem de 30 anos foi morto com golpes de espeto e facas artesanais durante um motim, no início da tarde desta quarta-feira (10), na Penitenciária Padrão de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. O crime foi confirmado pela direção da unidade penitenciária.

Conforme a direção do presídio, a vítima estava em uma cela com outros 10 detentos. Um grupo de presos teria invadido o local e assassinado a vítima, que morreu ainda no local.

Ainda de acordo com a direção, a cela estava aberta devido à entrega de alimentos que seria feita nesta quarta.

A direção do presídio informou não sabe qual a motivação do assassinato e que está investigando a quem cometeu o crime.

O detento que foi morto cumpria pena pelo crime de roubo.

G1PB


Mãe e filho de detento assassinado em Presídio de Caicó serão indenizados

A mãe e o filho de um detento assassinado em 2017 no interior da Penitenciária Estadual do Seridó durante uma rebelião será indenizada pelo Estado do Rio Grande do Norte com a quantia de R$ 50 mil cada um, acrescidos de juros e atualização monetária. Os valores a serem pagos aos familiares da vítima são a título de danos morais e foram determinados pelo juiz Ricardo Antônio Cabral Fagundes, da 2ª Vara da Comarca de Currais Novos.

A mãe e o filho do detento moveram Ação de Indenização por Danos Morais contra o Estado do Rio Grande do Norte afirmando serem, respectivamente, mãe e filho de Matheus Murilo da Silva, que foi assassinado durante uma rebelião ocorrida em janeiro de 2017 na Penitenciária Estadual do Seridó, vulgo Pereirão, localizada em Caicó.

Continue lendo