Quase um terço dos paraibanos tem alto risco de desenvolver doenças cardiovasculares, diz SBC

Uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Regional Paraíba aponta que quase um terço da população paraibana tem alto risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Conforme o estudo, 32% dos paraibanos entrevistados possuem grandes chances de apresentarem problemas no coração. Estão representados na pesquisa 186 municípios paraibanos.

O levantamento, coordenado pelo médico cardiologista Antonio Eduardo Monteiro de Almeida, indica que outros 35,3% possuem risco intermediário e 32,7% apresentam risco baixo de algum problema cardíaco. As informações foram coletadas em quatro mesorregiões do estado: Agreste, Borborema, Mata e Sertão.

*Leia a notícia completa do G1/PB, aqui