Marcado julgamento de dupla que matou, queimou e enterrou adolescente em Caicó

Francisco Daniel e Chicó serão julgados pela morte de Thiago Emídio

No próximo dia 22 de novembro, às 09hs, serão julgados no plenário do Fórum Municipal Amaro Cavalcante em Caicó, os réus, Francisco Daniel Ferreira Barbosa e Francisco das Chagas Silva Medeiros. Eles mataram no dia 12 de outubro de 2012, o adolescente Thiago Emídio da Costa.

O crime ocorreu em um região de mato no Bairro Alto da Boa Vista, zona norte de Caicó e segundo o apurou a Polícia Civil, o garoto foi morto com disparos de arma de fogo, depois queimado e enterrado.

Os advogados, José Bartolomeu de Medeiros Linhares e Beatriz Macedo Delgado, fazem a defesa de Francisco das Chagas e Francisco Daniel, respectivamente.

O promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, atuará na acusação.

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, preside a sessão de julgamento popular.

As prisões

No dia 22 de novembro daquele ano, policiais civis de Caicó, prenderam, Francisco Daniel. Ele foi detido na cidade de Grossos, sob força de um mandado de prisão expedido pela Justiça.  A delegada que conduziu a investigação, Dulcineia Costa, disse que Francisco Daniel confessou o assassinato alegando que não estaria satisfeito com algumas atitudes tomadas por Tiago, por este ter espancado pessoas na rua.

A outra prisão aconteceu no dia 18 de dezembro do mesmo ano em um sítio nas imediações da Emparn/Caicó. Lá, os policiais detiveram Francisco das Chagas, também conhecido como “Chicó”.



Deicor prende trio suspeito de participar de esquema criminoso envolvendo roubo de 50 veículos

Uma ação realizada entre policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou, nesta quarta-feira (20) na cidade de Parnamirim, na prisão de Max Abdon da Silva, Jairo Augusto Pereira de Melo, 28 anos, conhecido como “Gugu de Felipe Camarão”, e Geane de Oliveira Soares, suspeitos de participarem de um esquema criminoso envolvendo roubo de veículos na cidade de Natal e em cidades vizinhas. Através de investigações, a polícia detectou um veículo roubado em uma residência, localizada na Rua Caminho da Enseada, no bairro Cajupiranga, em Parnamirim, onde estavam integrantes de uma associação criminosa suspeitos de roubar carros.

Antes da entrada dos policiais, Max percebeu a ação da polícia e ordenou que a sua companheira Geane se retirasse da casa, sendo ela presa posteriormente. Eles se evadiram do local, e durante a fuga trocaram tiros com a polícia, Max foi ferido e socorrido ao hospital, estando em posse de um documento falso no nome de Wallace Gomes da Silva. Na residência, os policiais encontraram dois veículos roubados, sendo um de modelo Toro de cor branca, roubado ontem (19) em uma farmácia, e outro Honda Civic de cor prata, além de vários possíveis objetos de roubos, entre esses, aproximadamente 30 bolsas, relógios, perfumes, e utensílios pessoais. Segundo o delegado da Deicor, Erick Gomes, o esquema criminoso funcionava de forma articulada, tendo Geane a função de auxiliar na divisão de tarefas do grupo.

Continue lendo



Clínica oftalmológica e farmácia são assaltadas nesta terça-feira em Caicó

Dois jovens praticaram assalto à Farmácia no Bairro Barra Nova

Na tarde desta terça-feira (28), a Polícia Militar de Caicó foi acionada para atender à dois assaltos à mão armada. O primeiro foi registrado por volta das 13hs30min na Farmácia Barra Nova, localizada no bairro de mesmo nome.

Dois jovens, aparentando ser adolescentes, armados e vestidos de, um de bermuda jeans azul, camisa branca com estampa nas costas e boné verde florescente e o outro de calça jeans, camisa branca com estampa na frente e mangas pretas, além de boné de cor alaranjada, também florescente. Ambos usavam sandálias.

Eles entraram no estabelecimento e anunciaram o roubo, levando dinheiro dos caixas da farmácia que já foi roubada outras vezes.

O outro assalto aconteceu, também de tarde, na Clínica de Oftalmologia, do Dr. Salvador Santos, localizada no centro da cidade. Lá, também uma dupla agiu e roubou pertences e dinheiro de clientes e da atendente.

A Polícia realiza diligências para prender os ladrões, mas, até o fechamento dessa notícia, ninguém tinha sido preso.



Polícia Civil prende dupla suspeita de matar cinco pessoas em festa ocorrida em Mossoró

Felipe Martins dos Santos a esquerda e Francisco Josenilson da Silva à direita

Uma equipe de polícia civil da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Mossoró, com o apoio da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) e da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE), prendeu Felipe Martins dos Santos, 22 anos, e Francisco Josenilson da Silva, suspeitos de terem matado cinco pessoas no dia 11 de março deste ano, em Mossoró. No crime, ocorrido no bairro Boa Vista, vários homens armados invadiram uma festa e dispararam contra as pessoas que estavam no local, provocando cinco mortes e feridos.

As prisões, ocorridas no bairro Santo Antônio, foram realizadas em cumprimento de mandado de prisão preventiva contra a dupla, que afirmou que a motivação teria sido “matar membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital, pois a festa seria somente para tais integrantes”. Josenilson foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (22) com um revólver calibre 38 e um quilo de maconha, sendo o homem foragido da Penitenciária Mário Negócio. Em uma residência indicada por ele, a polícia encontrou uma escopeta calibre 12, um carro roubado, dez quilos de maconha e três coletes balísticos.

Através de investigações e denúncias anônimas, Felipe foi preso nesta sexta-feira (24) com um revólver calibre 38, e afirmou que todo o material apreendido na residência indicada por Francisco Josenilson, pertencia à ele, o qual responde criminalmente por um roubo em Parnamirim. Os homens presos são integrantes da facção criminosa Sindicato do RN e foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil prosseguirá nas investigações para identificar os demais autores do crime.