Corpo da ex-governadora Wilma de Faria será sepultado no Morada da Paz

Corpo de Wilma de Faria é velado na Catedral Metropolitana em Natal

O corpo da ex-governadora Wilma de Faria, que faleceu às 23h40 desta quinta-feira (15), será velado a partir das 9h da manhã desta sexta-feira (16), na Catedral Metropolitana, em Natal. Logo mais às 18h, será realizada missa de corpo presente e às 19h o cortejo segue para o cemitério e crematório Morada da Paz, em Emaús, onde será sepultado às 20h.

O Grupo Vila disponibilizou em seu site – www.grupovila.com.br/obituario – as informações sobre o funeral, além de um mural para envio de mensagens virtuais e a opção de envio de coroas de flores para a família com o serviço de Floricultura Online.


Corpo de Wilma de Faria será sepultado no Morada da Paz em Emaús

Corpo da ex-governadora Wilma de Faria será sepultado no Morada da Paz em Emaús

O corpo da ex-governadora Wilma de Faria será velado no Palácio da Cultura, na Praça 7 de Setembro em Natal. Ela faleceu por volta das 23hs40min desta quinta-feira (15), no Hospital São Lucas.

As equipes de cerimonial do Governo do Estado e da Câmara Municipal de Natal, estão responsáveis por organizar os eventos de despedida da Guerreira.

O sepultamento acontecerá no Cemitério Morada da Paz em Emaús. Faltam serem confirmados os horários.

História

Nascida em Mossoró, Wilma era professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e iniciou sua carreira política em 1979, quando comandou o Movimento de Integração e Orientação Social (Meios) durante a gestão do então governador Lavoisier Maia, com quem era casada à época. Em 1983, já com José Agripino como governador, Wilma de Faria foi secretária de Trabalho e Assistência Social do Estado, antes de disputar e ser eleita, em 1986, deputada federal para a Constituinte.

No entanto, foi em Natal onde ela deixou sua principal marca como política. Em 1988, Wilma foi eleita prefeita da capital potiguar, cargo que voltou a ocupar em 1997 e 2001. Porém, em 2002, ela deixou o terceiro mandato na prefeitura para disputar o Governo do Estado. Ela havia sido derrotada na primeira tentativa, em 1994, mas foi eleita em 2002. Em 2006 conseguiu a reeleição.

Em março de 2010, Wilma renunciou ao cargo para disputar o Senado Federal. Favorita a uma das duas vagas em disputa, Wilma terminou na terceira colocação, sendo superada por Garibaldi Filho e José Agripino. Em 2012, Wilma foi eleita vice-prefeita de Natal, na chapa de Carlos Eduardo. Em 2014 tentou, mais uma vez, a eleição no Senado, mas foi superada por Fátima Bezerra (PT).

Em 2016, Wilma de Faria foi eleita vereadora de Natal, pelo PTdoB. Durante o tratamento de saúde, a parlamentar precisou se licenciar do cargo.

As informações sobre o velório e sepultamento ainda não foram divulgadas pela família.


Governador participa da liberação do segundo viaduto na BR-101, em Parnamirim

Governador Robinson Faria participou de inauguração do viaduto de Emaús em Natal

O governador Robinson Faria participou hoje, 03, do ato de liberação do segundo viaduto na BR – 101, no bairro de Emaús em Parnamirim. O local registra o maior tráfego rodoviário no Estado com a circulação de 95 mil veículos por dia. O ato contou com a presença do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

O viaduto vai eliminar um ponto crítico de trafegabilidade e melhorar a segurança de quem viaja, além de reduzir o tempo de deslocamento. A parte inferior do viaduto tem previsão de ser liberada no próximo mês de maio e vai permitir o retorno nos dois sentidos da via.

Na ocasião, Robinson Faria ressaltou os esforços do Governo do Estado para destravar obras importantes como o reinício das obras da avenida Moema Tinoco na zona norte de Natal e do acesso sul ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante. “Estas são duas obras da maior importância por que vai dotar Natal de um anel viário contornando a cidade e criando novas opções de acesso à região Metropolitana, inclusive com a construção da terceira ponte sobre o Rio Potengi”. O Governador ainda convidou o ministro Maurício Quintella para a inauguração destas obras que deverão ocorrer ainda este ano.

O PROJETO

A obra começou em novembro do ano passado e teve investimento de R$ 6,9 milhões (recursos federais). Antes dos dois viadutos concluídos (o primeiro está localizado no bairro Neópolis, em Natal), o tráfego fluía apenas pelas vias principais, com o ordenamento do fluxo por semáforos, provocando grandes congestionamentos. Agora, será possível distribuir o fluxo de veículos entre o viaduto e as vias marginais, eliminando alguns semáforos.

A duplicação e adequação da BR-101 entre Parnamirim e Natal contempla outros quatro viadutos, um túnel, seis passarelas, uma passagem inferior para veículos, implantação de 21,3 km de vias marginais e a restauração de pista principal, além de 15 km de drenagem de águas pluviais. O projeto está orçado em R$ 166,1 milhões.