Energia elétrica é cara ou muito cara para 84% dos brasileiros

Pesquisa é do IBOPE e da Associação dos Comercializadores de Energia – (Foto: Marcelo Camargo/ABr)

Oitenta e quatro por cento dos brasileiros, entrevistados pelo Ibope e pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), consideram a energia elétrica cara ou muito cara.

Para a Abraceel, o valor pago pelos consumidores tem se tornado mais evidente nas despesas das famílias, já que as pessoas que consideravam o preço caro ou muito caro no ano de 2014 – primeiro de realização da pesquisa – chegavam a 67%.

O percentual atingiu a maior marca em 2014 (88%) e no ano passado (87%).

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em todas as regiões do país, entre os dias 24 de março e 1º de abril.

Agência Brasil


Conta de luz deve ter reajuste menor em 2019

Aumentos serão menores em 2019

As contas de luz para consumidores de baixa tensão devem sofrer um reajuste menor em 2019. Pelo menos é o que aponta o levantamento feito pela empresa TR Soluções, especializada em tarifas de distribuição de energia elétrica. Segundo as informações publicadas pela empresa, alguns fatores devem influenciar nesse reajuste mais amigável ao bolso dos consumidores. Entre eles, o término do pagamento de consumidores de parte dos empréstimos feitos às distribuidoras para cobrir os gastos das empresas.

Outro ponto que, segundo a TR Soluções, irá ajudar nessa mudança é a redução nos custos de geração de energia, comparando com 2017. Nesse período, os custos que não foram pagos com o recurso das bandeiras tarifárias foram antecipados pelas empresas responsáveis pela distribuição.

Continue lendo


Conta de luz ficará mais barata em dezembro

Contas de energia elétrica ficarão mais baratas

A Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel, divulgou nessa segunda (27) que a conta de luz vai ficar mais barata em dezembro. Segundo a autarquia ligada ao Ministério de Minas e Energia, a bandeira tarifária ainda será vermelha, mas de nível um. Na prática, isso significa que os brasileiros pagarão três reais a cada 100 quilowatts-hora consumidos. O preço é menor do que os cinco reais estabelecidos desde outubro, quando a bandeira vermelha de nível dois foi adotada.

A redução ocorreu, segundo a Aneel, por conta da melhora nos reservatórios das usinas hidrelétricas, no comparativo com os últimos dois meses. Apesar da melhora, a agência reforça que o consumo de energia deve ser feito de maneira consciente, sem desperdício. O sistema de bandeira começou a ser adotado em 2015, e tem como objetivo informar os consumidores da situação dos reservatórios que geram a energia elétrica.


Energia elétrica de prédios públicos do Município foi religada na terça (08)

A energia elétrica dos prédios públicos de Caicó que foi cortada na última segunda-feira (07), foi religada no dia seguinte depois que foi efetuado o pagamento das contas em atraso por parte da prefeitura. A informação foi confirmada ao Blog Sidney Silva pelo secretário de finanças, Francisco de Assis Oliveira.

Ainda faltam esclarecimentos também por parte da prefeitura sobre os motivos reais que levaram a Cosern a fazer o corte no fornecimento da energia nos prédios e praças públicas.


Câmara de Caicó quer explicações da Prefeitura sobre cortes nos prédio públicos

Câmara de Caicó quer explicações da Prefeitura sobre cortes nos prédio públicos

A Câmara de Vereadores de Caicó cobrou da gestão do prefeito Robson Araújo explicações sobre o corte no fornecimento de energia em alguns prédios públicos, ocorridos nesta segunda-feira (07). O requerimento é da vereadora e vice-presidente da mesa diretora, Mara Costa (PROS) que lamentou a situação de descaso vivenciada no município.

Em entrevista a imprensa Mara explicou que irá pedir todos os débitos da prefeitura junto a Cosern, já que o pagamento é feito via recursos da Cosip que arrecada cerca de R$ 250 mil por mês.

Se a arrecadação gira em torno de R$ 250 mil e é gasto pouco mais de R$ 100 mil com o fornecimento de energia, onde está sendo aplicado o restante do recurso? Para acontecer o corte é necessário ter pelo menos dois papeis. A situação é preocupante“, destacou a vereadora do PROS.


Cosern cortou energia do prédio da Prefeitura de Caicó e de Escola Municipal

Centro Administrativo de Caicó precisa de uma reforma – (Foto: Sidney Silva)

A Cosern cortou no final da manhã desta segunda-feira (07) a anergia do Centro Administrativo de Caicó. Os profissionais da empresa AHB que presta serviços para a Cosern estiveram no prédio e fizeram o corte.

Outro prédio público municipal que também teve a energia elétrica cortada, foi a Escola Maria Bernadete Marques Ginane, localizada no Bairro Recreio, zona norte.

O secretário de finanças, Francisco de Assis Oliveira, disse ao Blog Sidney Silva, que está resolvendo a questão.

A energia elétrica dos prédios públicos de Caicó, é paga com o dinheiro da Cosip – Contribuição Social de Iluminação Pública, que é recolhida pela Cosern e repassada para a Prefeitura.


Cosern explica falta de energia elétrica em 35 cidades do Oeste nesta quinta (18)

A Cosern esclarece que um problema na Subestação Mossoró II, da Chesf, ocasionou a interrupção no fornecimento de energia elétrica para 15 subestações da Cosern entre 16h28 e 16h58 desta quinta-feira (18), atingindo 35 municípios das regiões Oeste e Alto Oeste.

As causas das ocorrências estão sendo apuradas pela Chesf que, após a conclusão, enviará relatório final à Cosern.


Cosern dá cinco dicas para economizar na conta de energia elétrica

Cosern dá dicas para economizar energia elétrica

Economizar na conta de energia elétrica pode ser mais fácil do que se imagina. Sem perceber, às vezes você adota alguns hábitos que acabam aumentando o consumo na sua casa e, como consequência, o valor da fatura a ser paga no fim do mês. A Cosern identificou essas pequenas “manias” que impactam no consumo mensal (e no bolso do consumidor) e elaborou as dicas de economia abaixo.

Continue lendo