Estudante de Medicina da UnP ganha prêmio de centro de pesquisa nos EUA

Estudante de Medicina ganha prêmio de centro de pesquisa mais importante dos EUA

O estudante de Medicina da UnP, Nilson Nogueira Mendes Neto, levou duas pesquisas desenvolvidas na Instituição para apresentação em eventos nos Estados Unidos. O futuro médico conquistou destaque internacional com os estudos acerca do Zika Vírus e da Cefaleia, levando prêmio do National Institute of Health (NIH), mais importante centro de pesquisa em Saúde e Serviços Humanos dos EUA, pela relevância do trabalho sobre o tratamento neurocirúrgico da Neuralgia do Trigêmeo, um tipo de dor facial grave.

Na ocasião, Nilson pôde ministrar palestra no Congresso Anual da Academia Americana de Neurologia (AAN), em Boston, sobre a Síndrome Congênita do Zika no Nordeste do Brasil. Outra conquista foi a apresentação de estudo sobre o tratamento de cefaleia em salvas, um tipo mais grave da doença, que causa dores mais intensas. Como resultado do trabalho, a pesquisa foi reconhecida pela AAN como uma das melhores realizadas por um estudante de Medicina.

O jovem foi ainda selecionado para o programa científico da Associação de Médicos Cientistas Americanos (APSA), para a profundar suas pesquisas. Essa não foi a primeira vez que o aluno da Universidade Potiguar, integrante da rede Laureate, ganhou destaque internacional. Em 2016, ele foi o único na história do Congresso de Infectologia da Sociedade Americana de Doenças Infecciosas (Infectious Diseases Society of America – IDSA) a ser escolhido para uma apresentação oral de trabalho, a forma mais concorrida de apresentação em congressos médicos.