Sancionada lei que eleva pena para roubo com uso de explosivos

Lei que pune de forma mais severa explosões de banco é sancionada

A lei que aumenta a pena para quem roubar ou furtar utilizando explosivos foi sancionada nesta segunda-feira (23) pelo presidente Michel Temer. De acordo com a norma, os bancos deverão instalar dispositivos que inutilizem as cédulas dos caixas eletrônicos em caso de explosão. É o que explicou o próprio presidente da República, em um vídeo divulgado no Twitter. “Duas medidas importantes foram tomadas. Uma primeira é que há um agravamento na pena, ou seja, um aumento da pena, se o assaltante levar consigo materiais explosivos ou artefatos que possam permitir a feitura de explosivos. Outro ponto é que, se houver explosão de um caixa eletrônico, haverá um sistema pelo qual as notas que estão no caixa eletrônico ficarão inutilizadas, ou borradas de tinta, portanto inutilizadas ou até destruídas”.

A lei eleva em dois terços a pena por roubo quando há uso de explosivos para destruir um obstáculo. A prática de furto com o emprego de explosivos passa a ser uma modalidade de furto qualificado, com pena de quatro a dez anos de prisão. O furto e o roubo dos equipamentos explosivos também tiveram as penas aumentadas.

Esse texto que foi aprovado determina que os bancos instalem nos caixas eletrônicos tecnologias que inutilizem as cédulas em caso de ataque com alternativas como a dispensa de tinta, pó químico ou ácidos ou mesmo com a incineração das notas.

Se a violência resultar em morte, a pena passa de 20 para 30 anos de reclusão.




Quadrilha invade Lajes, explode banco e metralha viatura da PM

Do Portal BO – Cerca de dez homens armados invadiram, na madrugada desta segunda (30), a cidade de Lajes, distante 141 km de Natal, explodiram a agência do banco do Brasil e metralharam uma viatura da Polícia Militar. Os suspeitos fugiram em três carros após saquear o dinheiro dos terminais destruídos; Ninguém foi preso.

De acordo com o policiamento local, os criminosos usavam armas longas e estavam em maior número em comparação ao efetivo da PM no município, não houve reação. Com os terminais destruídos com a explosão a quadrilha levou o dinheiro, mas antes de fugir ainda metralhou uma viatura da polícia estacionada na frente do prédio do destacamento.

Policiais de várias cidades da região realizaram diligências na tentativa de prender os criminosos, mas até o início da manhã ninguém foi localizado.

Fotos: Focoelho

Viatura da PM foi alvejada com disparos de arma de fogo


Agência bancária é explodida e Correios assaltado em Japi

Do G1/RN – Criminosos invadiram a agência e explodiram um caixa eletrônico do Bradesco e arrombaram uma agência dos Correios na madrugada desta sexta-feira (13) no município de Japi, a cerca de 130 quilômetros de Natal. De acordo com a Polícia Militar, a quadrilha conseguiu fugir.

Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 3h. Os homens armados chegaram em um carro, invadiram o estabelecimento e explodiram o caixa. A agência bancária ficou destruída com a força da explosão. Segundo relato de testemunhas, todos usavam armas de grosso calibre. Em seguida, arrombaram a agência dos Correios. Não se sabe o que foi levado.

As testemunhas informaram que a ação durou menos de dez minutos até os suspeitos fugirem atirando em estabelecimentos e deixando grampos espalhados nas ruas da cidade. A polícia ainda não sabe se o dinheiro do terminal foi levado pelos criminosos.

A polícia fez buscas, mas ninguém foi preso. O caso vai ser investigado pela Polícia Federal e a 9º Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz.