Operação contra corrupção em Extremoz apreende 70 mil reais, 996 dólares e 2.865 euros

Dinheiro apreendido pela Polícia Federal em Extremoz

AGORA RN – A Operação Vale Tudo, deflagrada na manhã desta sexta-feira 30 contra um suposto esquema de corrupção na Prefeitura de Extremoz, apreendeu 70 mil reais, 996 dólares e 2.865 euros na casa de um empresário. Alvo de mandados de busca e apreensão, a residência fica no bairro Tirol, na Zona Leste de Natal.

A ação foi realizada pela Polícia Federal, Ministério Público Federal, MP Eleitoral, Receita Federal e Controladoria Geral da União (CGU). Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em 19 endereços de Natal, Extremoz e Recife.

O prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, e quatro servidores municipais foram afastados de seus cargos. Segundo o Ministério Público Eleitoral, a ordem para afastamento foi dada pelo desembargador Claudio Santos.


Ex-tabeliã acusada de estelionato, corrupção e lavagem de dinheiro é absolvida pela Justiça

Decisão judicial inocentou a ex-tabeliã e mandou que todos os seus bens fossem devolvidos

Na manhã do dia 13 de abril de 2018, foi deflagrada, na cidade de Extremoz, a Operação Senhorio. A pedido do Ministério Público, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, de bloqueio de bens e ainda o afastamento de Maria Lucia Costa de Souza, à época com 69 anos, da função de tabeliã substituta do Cartório de Extremoz, que exercia há mais de cinco décadas.

Recentemente, o Poder Judiciário concluiu que D. Lucia – como é conhecida naquela cidade – não praticou qualquer dos crimes e declarou a sua inocência, determinando a devolução de todos os seus bens.

Após o reconhecimento da sua inocência, Maria Lúcia desabafa: “Foi o dia mais difícil da minha vida. Jamais imaginei passar por tanta injustiça. Me senti humilhada. Foi horrível aquele dia. Acabaram com a minha dignidade. Tiraram de mim a alegria de viver. Foi um absurdo o que fizeram comigo. Com tudo bloqueado, eu não tinha dinheiro nem para comprar comida. Vivi esse tempo da ajuda de familiares. Foi muito humilhante. Graças a Deus a justiça reconheceu que eu nunca fui uma criminosa. Mas o que eu passei, infelizmente, nunca será apagado. Só eu mesma sei”; lamentou.


Ex-tabelião substituto de Extremoz é condenado a 11 anos de prisão por desvio de recursos

O juiz Diego Costa Pinto Dantas, da Vara Única de Extremoz, condenou o ex-tabelião substituto do Cartório Único de Extremoz, Gustavo Eugênio Costa de Souza, a 11 anos e dez meses de reclusão, em regime fechado, pela prática dos crimes de peculato e lavagem de capitais. Na mesma sentença também foi condenada a namorada do réu, Lourdyanna Agostinho de Lima da Silva, a oito anos e quatro meses de reclusão pelos mesmos crimes.

As condenações são consequência da Operação Senhorio, deflagrada em abril de 2018 pelo Ministério Público Estadual, para apurar, inicialmente, os crimes de falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, estelionato e lavagem de dinheiro, praticados no âmbito do cartório, pelos tabeliães titular e substitutos daquele ofício, bem como por corretor do ramo imobiliário e empresário.

Continue lendo


Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos por crimes sexuais em Extremoz

Uma equipe da Delegacia Municipal de Extremoz deu cumprimento, na manhã desta terça-feira (10), a dois mandados de prisão preventiva em desfavor de suspeitos pela prática de estupro de vulnerável.

A investigação da Polícia apontou que um dos suspeitos é cadeirante, e teria praticado atos libidinosos contra crianças menores de dez anos, que frequentavam sua lan house. O outro preso é suspeito de ter tentado sexualmente contra sua enteada.

Os dois suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.


Polícia Civil elucida duplo homicídio ocorrido em Extremoz

A Delegacia Municipal de Extremoz elucidou um duplo homicídio ocorrido na praia de Pitangui, no dia 14 de setembro de 2015, tendo como vítimas os idosos Giorgio Bagnasco e Maria Giovanna Repetto.

Na ação, homens armados efetuaram vários disparos em direção a uma residência e, em seguida, atearam fogo ao imóvel. Quatro pessoas estavam no interior do casa, sendo Andrea Bagnasco, proprietária da casa, e Lucia Parisella, ambas conseguiram escapar do local. No entanto, os idosos Giorgio Bagnasco e Maria Giovanna Repetto não conseguiram fugir, e morreram dentro da residência.

Continue lendo


MPRN apura esquema de fraudes no cartório de Extremoz; tabeliães são afastados

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira (13) a operação Senhorio. O objetivo é apurar um recorrente esquema de fraudes cometidas no cartório único de Extremoz, cidade da Grande Natal. São investigados os crimes de falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, estelionato e lavagem de dinheiro. Dois tabeliães substitutos foram afastados de suas funções. Um mandado de busca e apreensão pessoal foi cumprido com o apoio da Polícia Militar.

Continue lendo


PRF cumpre mandado de prisão e prende outro por porte de arma na BR 406

PRF cumpre mandado de prisão e prende outro por porte de arma na BR 406

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na tarde desta quinta-feira (27), dois homens que seguiam em um Vectra da cidade de João Câmara para Natal.

Após a abordagem ao veículo e consultas aos sistemas de segurança, os PRFs constataram que havia um Mandado de Prisão em aberto, por roubo majorado, para o condutor do veículo, um homem de 41 anos, expedido pela Comarca de Extremoz/RN.

Foi encontrado ainda no interior do veículo, uma espingarda calibre 28, pertencente ao passageiro, um homem de 46 anos. Este confessou que não tinha autorização para portar arma. Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos dois.

Ocorrência encaminhada à Delegacia de Plantão da Zona Norte em Natal, para as medidas Cabíveis.