Caicoense esfaqueada pelo ex-companheiro morre em Natal/RN

Claudineide morreu em Natal

Morreu na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, a caicoense Claudineide da Silva, de 33 anos, que foi esfaqueada pelo ex-companheiro identificado como Novinho, fato ocorrido no dia 18 de novembro de 2018, na frente da residência da vítima no Conjunto Casas Populares, no Bairro Barra Nova. Ela sofreu cerca de 08 cutiladas de faca em várias partes do corpo.

De acordo com o relato de uma das filhas, de Claudiane, Kátia Viviane Silva do Nascimento, sua mãe passou 1 mês e 18 dias internada, inicialmente na UTI do Hospital Regional de Caicó, aonde teve infecção pulmonar. Depois foi encaminhada para Natal.

Nesse período, Claudiane, que estava tetraplégica por causa de uma das facadas ter atingido uma artéria que oxigenava a medula óssea, passou por cirurgias, sofreu paradas respiratória e cardíaca e estava com as funções cerebrais bastante comprometidas.

O agressor está foragido desde o dia do fato. Após o ataque, Novinho não foi mais encontrado em Caicó.



Homem foi esfaqueado na Zona Norte de Caicó na manhã deste sábado (22)

Gaguinho foi esfaqueado e socorrido para o Hospital Regional

A Polícia Militar registrou uma tentativa de homicídio no Bairro de Boa Passagem, na manhã deste sábado (22), por volta das 06hs. O fato foi registrado na Rua São João.

A vítima, identificada como Reginaldo Bezerra dos Santos, apelidado de “Gaguinho”, residente na Rua Santa Luzia, no mesmo bairro onde foi atacado, sofreu duas cutiladas de faca peixeira na região abdominal.

O acusado, de acordo com informações repassadas ao Blog Sidney Silva pela Polícia Militar, foi identificado como Ivanildo. Ele empreendeu fuga e está sendo procurado.

O Samu foi acionado e conduziu o Gaguinho para o Hospital Regional. Na unidade de saúde, ele fez exames de Raio-X e aguarda avaliação do cirurgião.