Polícia prende cinco pessoas na comunidade do Mosquito

Presos na Favela do Mosquito em Natal

Policiais militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) e do Batalhão de Choque prenderam, na manhã desta quarta-feira (13), quatro homens a uma mulher na comunidade do Mosquito, Zona Oeste de Natal. Foram autuados na Central de Flagrantes da Polícia Civil: Adriele Barbosa de Oliveira; Givaldo Batista da Silva; Kleberson Felix da Cruz; Cícero Eduardo da Costa e Michael David da Silva Pereira. Os cinco responderão pelo crime de tráfico de drogas e por outros crimes como posse ilegal de arma de fogo.

Adriele Barbosa foi autuada pelo crime de tráfico de drogas. Na casa dela, os policiais apreenderam porções de droga e embalagens para acondicionar as substâncias. Michael David da Silva foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Ele estava em uma residência com quatro tabletes e porções individuais de droga; seis cartuchos calibre 12; seis aparelhos celulares e uma câmera digital.

Em uma outra residência foram presos pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico Givaldo Batista da Silva; Kleberson Felix da Cruz e Cícero Eduardo da Costa. Eles estavam com tabletes e porções de drogas; uma balança; duas gandolas camufladas; uma capa de colete; um coldre e um aparelho celular.



Nesta quarta (13), ao menos três morrem em confronto com a PM, em Natal

Ao menos três pessoas morreram em confronto com a Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (13) na comunidade do Mosquito, Zona Oeste de Natal. A ação dos policiais do Batalhão de Choque, que começou por volta das 5h, permanece em execução e também realizou detenções e apreensão de armas e drogas.

De acordo com a PM, a operação tem como objetivo o cumprimento de mandados de prisão na Comunidade do Mosquito. Pelo menos três feridos foram socorridos ao Hospital Santa Catarina, na Zona Norte da capital.

Além do Batalhão de Choque, a operação conta com a Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) e o Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE).

*Do G1/RN



DHPP realiza operação e prende seis pessoas na Favela do Mosquito

Material apreendido em Operação na Favela do Mosquito – (FOTOS: Assecom/Degepol/RN)

Uma operação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Força Tática do 9º Batalhão e do 4º Batalhão de Polícia Militar, prendeu em flagrante, na madrugada desta sexta-feira (10) na Favela do Mosquito, seis homens, sendo três foragidos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, dois presos por mandado de prisão em aberto e um em flagrante. Durante a ação, ocorrida na Zona Oeste da capital, os policiais apreenderam drogas, balanças de precisão, aparatos relacionados ao tráfico de drogas, anotações contendo entrada e movimentação de munições e armas, uma pistola calibre 9 milímetros, vários celulares, documento falso, e uma motocicleta Honda Fan 125 roubada.

Dentre os presos na operação, três eram foragidos do pavilhão 05 de Alcaçuz, onde teriam fugido por um túnel no dia 14 de janeiro durante uma rebelião no presídio, sendo eles: Aleff Marrone da Silva Correa, 23 anos, preso por homicídio e já condenado por assalto; Natécio de Lima, preso por assalto; e Shakespeare Costa de França, 24 anos, preso por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e já condenado por assalto. Dois dos presos estavam com mandado de prisão em aberto, sendo: Aurélio Nascimento da Silva, 25 anos, encontrado com um documento de identidade falso e um caderno com anotações de movimentação de munições; e Gilton Amaro Barbosa Júnior, 22 anos, integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital, preso por assalto. Cléiverson Wilson da Silva, 18 anos, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Moto também foi apreendida na operação

Em coletiva realizada nesta sexta-feira, o diretor da DHPP, Ben-Hur Medeiros, o delegado, Ernani Júnior, e o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, detalharam a operação. “Através da operação realizada hoje, a qual contou com a participação de 16 policiais civis e 20 policiais militares, conseguimos desmembrar mais um grupo criminoso. Durante a ação, encontramos uma pistola 9 milímetros com o ‘Shake’, que confessou ser foragido de Alcaçuz, sendo ele autuado também por porte ilegal de arma de fogo uso restrito. Dentre o material apreendido, encontramos uma motocicleta apreendida, que foi tomada de assalto ontem a tarde. Nessa organização criminosa havia também uma pessoa, conhecida como ‘contador’ ou ‘anotador’, a qual era responsável por todo o controle do armamento e da munição que entrava e saía do local”, detalha o delegado da DHPP, Ernani Júnior.

Segundo o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, equipes de polícias civis e militares estão trabalhando para recapturar os foragidos da última rebelião ocorrida no presídio de Alcaçuz. “Na madrugada de hoje, a Polícia Civil, juntamente com a Polícia Militar, apreendeu uma vasta quantidade de material ilícito com esses seis homens, entre eles alguns fugitivos, sendo todos autuados pelo crime de associação criminosa. Desde a situação ocorrida no sistema prisional de Alcaçuz, os policiais estão trabalhando com afinco para recapturar todos os foragidos, e a operação realizada nesta sexta-feira é mais um reflexo desse trabalho”, destaca o delegado geral adjunto, Correia Júnior.