Please enter banners and links.


Audiovisual: Produções de alunos da EECCAM estarão no Festival de Baía Formosa

O curso FIC Produção Audiovisual para a Internet, promovido pelo IFRN e a Referência Comunicação, com alunos da Escola Estadual Calpurnia Caldas de Amorim – EECCAM, superou as expectativas. Várias produções forma selecionadas para o X Festival Internacional de Baía Formosa, que será realizado nos dias 29 e 30 de novembro.

O IFRN está organizando uma caravana de estudantes para participar do encerramento do festival.



Curta Caicó anuncia filmes vencedores e homenageia o lendário caicoense “Chico do Cinema”

Premiações foram entregues no final do Festival Curta Caicó

Emoção foi a palavra de ordem da cerimônia de encerramento do 2º Festival de Cinema Curta Caicó, realizada neste domingo (16), no Centro Cultural Adjuto Dias. O festival rendeu homenagens ao Chico do Cinema, cidadão caicoense que esteve à frente de antigos cinemas de Caicó e que dedicou toda sua vida à sétima arte.

 Seu Chico foi duplamente homenageado: na exibição do curta-metragem “Chico do Cinema”, produzido durante a oficina Documentando de Marlom Meirelles, e ao receber o Prêmio REFERÊNCIA de Contribuição Artística.  A família de seu Chico esteve presente na homenagem, que arrancou lágrimas da plateia, diante da emoção do momento.

“Não há palavras para descrever o quão forte foi a emoção de homenagear seu Chico. Um homem que dedicou toda sua vida ao cinema e que sabe bem que o audiovisual pode transformar a vida das pessoas. O Curta Caicó se sente grato por ter a oportunidade de celebrar a vida de um caicoense tão importante quanto seu Chico”, afirmou Raildon Lucena, diretor e idealizador do Curta Caicó.

A cerimônia teve ainda mostras especiais de filmes, exibindo “A Menina Banda”, do pernambucano Breno César; “Nomofobia”, curta produzindo durante a oficina Cinemando do 1º Curta Caicó; além do filme realizando durante a oficina de Cinema Alternativo, com Ernani Silveira.

O Curta Caicó também anunciou os filmes vencedores que teve os seguintes jurados: Diana Coelho, Lourival Andrade, George Holanda (Nacional); Carlos Segundo, Daniel Hetzel e Rebeca Souza (Potiguar); Breno César, Dênia Cruz e Titina Medeiros (Seridó); além de Laísa Trojak (Associação de Críticos de Cinema do RN).

O filme “A Parteira” de Catarina Doolan recebeu o prêmio de Melhor Filme na Competitiva Potiguar, o prêmio da Crítica do RN e o prêmio Místika de pós-produção, como melhor filme do Rio Grande do Norte. Na Competitiva Nacional, o filme vencedor foi “Nova Iorque”, de Leo Tabosa. O prêmio Elo Company foi para “Riscados pela Memória”, de Alex Vidigal. A Mostra Seridó teve como vencedor “Berro”, de Alex Macedo e Riely Silva, produção da cidade de Parelhas.

As mostras paralelas tiveram como vencedores os seguintes filmes: #Júri, de Samantha Col Debella (Curtas Fantásticos; “Um Corpo Feminino”, de Thaís Fernandes (Diversidade) e “Uma Balada para Rocky Lane”, de Djalma Galindo, (Matinês do Cine Pax). A homenagem da noite foi para Chico do Cinema, que recebeu o Prêmio Referência de Contribuição Artística.

Festival Curta Caicó foi realizado com sucesso

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O evento conta com os seguintes parceiros: Governo do RN, Fundação José Augusto, Prefeitura de Caicó, Prefeitura de Parelhas, CERES – UFRN, UERN, SESC RN, SEBRAE, SINDSERV, Replac, Implarn, Calle, Óticas Mirna, Unicords, Auto Escola Caicó. Apoio cultural: BrisaNet, TV Kurtição, Elo Company, Místika, ACCIRN, ABDeC, Setcenas, Sistema Rural de Comunicação, Rádio Povo FM, Rádio Caicó AM, Solidariedade FM, Jovem Pan FM, Canal Futura, Gravura Filmes e InterTV Costa Branca.

Confira a lista completa dos vencedores:

COMPETITIVA POTIGUAR

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

MELHOR DIREÇÃO: Enquanto o sol se põe (Márcia Lohss)

MELHOR ATOR: Derradeiro (Luiz Leonardo – Seu António)

MELHOR ATRIZ: A Parteira (Donana)

MELHOR ROTEIRO: Codinome Breno (Manoel Batista)

MELHOR FOTOGRAFIA: Derradeiro (Pedro Medeiros e Kennel Rógis)

MENÇÃO HONROSA: O Grande Amor de um Lobo (Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis) 

COMPETITIVA NACIONAL

MELHOR FILME: Nova Iorque (Leo Tabosa)

MELHOR DIREÇÃO: Entremarés (Anna Andrade)

MELHOR ATOR: Rasga Mortalha (Buda Lira)

MELHOR ATRIZ: Nova Iorque (Hermila Guedes)

MELHOR ROTEIRO: Nova Iorque (Leo Tabosa)

MELHOR FOTOGRAFIA: Casulo (Durso BC)

MENÇÃO HONROSA: Caio Salles pela Montagem de Entremarés

MOSTRAS PARALELAS:

MOSTRA DIVERSIDADE: Um Corpo Feminino (Thaís Fernandes)

MOSTRA MATINÊS DO CINE PAX Uma Balada para Rocky Lane (Djalma Galindo)

MOSTRA DE CURTAS FANTÁSTICOS: #Júri (Samantha Col Debella)

PRÊMIOS ESPECIAIS

PRÊMIO DA CRÍTICA – ACCIRN

MOSTRA POTIGUAR: A Parteira (Catarina Doolan)

MENÇÃO HONROSA: Berro (Alex Macedo & Riely Silva)

PRÊMIO ELO COMPANY

MELHOR FILME: Riscados pela Memória (Alex Vidigal)

PRÊMIO MÍSTIKA

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

PRÊMIO REFERÊNCIA DE CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA

Chico do Cinema



“No Fim de Tudo” e “O Vestido de Myriam” vencem prêmios de Melhor Filme no Curta Caicó

O vestido de Myriam foi um dos escolhidos como melhor filme

A cerimônia de encerramento do Festival de Cinema Curta Caicó foi realizada neste domingo, no Centro Cultural Adjuto Dias.

Confira a lista dos vendedores do Troféu Xique-Xique das Mostras Competitivas Nacional e Potiguar.

MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL

Filme – O Vestido de Myriam

Roteiro – Lucas Hossi (O Vestido de Myriam)

Direção – Dani Suzuki (Pulso)

Fotografia – Pablo Escasero (Quando parei de me preocupar com canalhas)

Ator – Tonico Pereira (O Vestido de Myriam)

Atriz – Eva Wilma (Minha Mãe, Minha Filha)

Menção Honrosa – Aquela Rua Tão Triunpho (Gabriel  Carneiro)

MOSTRA COMPETITIVA POTIGUAR

Filme – No Fim de Tudo

Roteiro – Victor Siriaco e Hélio Ronivom (No Fim de Tudo)

Direção – Victor Siriaco (No Fim de Tudo)

Fotografia – Carito Cavalcanti (Vida Vaza)

Ator – Arlindo Bezerra (Ainda Não Lhe Fiz Uma Canção de Amor)

Atriz – Arly Arnaud (No Fim de Tudo)

Menção Honrosa – Leningrado, Linha 41

PRÊMIO DO JÚRI POPULAR

Filme Nacional – Minha Mãe, Minha Filha (Alexandre Estevanato)

Filme Potiguar – Vitruviano e o Poema da Inerente Invisibilidade (Sihan Félix)



Curta Caicó: 413 filmes de todo o país se inscrevem na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens

Curta Caicó tem 413 filmes inscritos

As inscrições para o primeiro Festival de Cinema de Caicó – Curta Caicó foram encerradas à meia-noite desta sexta-feira (20). E o resultado superou as expectativas da organização do evento. Ao todo, 413 realizadores de todo o Brasil inscreveram seus filmes na Mostra Competitiva de Curtas-Metragens.

O Curta Caicó teve filmes inscritos dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal. Agora, os filmes inscritos irão passar pela avaliação de uma curadoria que irá definir os selecionados para a Mostra Competitiva do Festival.

De acordo com Dodora Medeiros, presidente da Associação Cultural União do Sobrado, a grande quantidade de filmes inscritos, já na primeira edição do Curta Caicó, demonstra a relevância do município que, com essa iniciativa, se coloca no mapa de festivais de cinema do Brasil. “Essa ação pioneira, em Caicó, será muito importante para a nossa cadeia produtiva cultural”, enfatizou.

Para o jornalista Raildon Lucena, da Referência Comunicação, o Curta Caicó irá criar um espaço para os realizadores de cinema independente exibirem seus filmes, além de propiciar um momento de formação aos interessados em enveredar pelo mundo do audiovisual. “Outra de nossas metas é interagir e conhecer os realizadores que atuam no Seridó, por isso no evento iremos criar o Fórum do Audiovisual do Seridó”, destacou.

O Festival de Cinema de Caicó será realizado no período de 01 a 03 de junho, tendo em sua programação, além da Mostra Competitiva, realização de oficina de cinema, apresentações culturais, passeio turístico, fórum e painéis sobre o audiovisual. O evento é uma realização da Associação Cultural União do Sobrado com organização da Referência Comunicação.



Documentário Leningrado, Linha 41, será lançado nesta sexta (23), no Centro Cultural de Caicó

Programação para o Cinema no Teatro é definida

A segunda edição do projeto Cinema no Teatro estreia na próxima sexta-feira (23) com o lançamento do documentário potiguar Leningrado, Linha 41, da documentarista Dênia Cruz.

O filme relata a história do assentamento Leningrado, em Natal, cuja comunidade ainda luta por serviços básicos como escola, saúde, segurança e lazer, sendo sua única ligação com a cidade a Linha 41, que precisa ser ampliada. A diretora Dênia Cruz e a roteirista, Luara Shamo virão a Caicó para o lançamento do documentário, que tem o apoio da Prefeitura de Caicó.

Leningrado, Linha 41 vem ganhando repercussão ao ser exibido nos festivais de cinema por onde passa. Em São Miguel de Gostoso venceu o prêmio de pós-produção. No Cine Verão Mostra Poti ficou em segundo lugar no júri popular.

Além de Leningrado, Linha 41, serão exibidos os curtas potiguares Família Tropa Trupe – O Circo Enquanto Vida, de Babi Baracho e Diana Coelho, e Insustentável, de Seo Cruz e Júlio Castro.

O projeto Cinema no Teatro terá prosseguimento durante o final de semana. No sábado, será exibido o filme As Aventuras de Robin Hood, às 20h. No domingo haverá sessão dupla com O Mágico de Oz, ás 17h, e a comédia Uma Noite na Ópera, às 20h.  Nesse mesmo dia também terá uma apresentação de bonecos da Trupe Será o Benedito, com a peça O Roubo de São José pra Mode Chover, às 18h30. O projeto é uma realização do Centro Cultural Adjuto Dias com apoio da Referência Comunicação.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira (23):

20h – Leningrado, Linha 41

Família Tropa Trupe – O Circo Enquanto Vida

Insustentável

Sábado (24);

20h As Aventuras de Robin Hood

Domingo (25);

17h – O Mágico de Oz

18h30 – Teatro de Bonecos: O Roubo de São José pra mode Chover

20h – Uma Noite na Ópera