Foragido da Justiça é preso pela Polícia Civil em Caicó

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (31), a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Única da cidade de São Miguel do Guaporé, no Estado de Rondônia, contra Willian Medeiros Dias, 35 anos.

Willian Medeiros foi preso no município de Caicó, pela suspeita da prática do crime de apropriação indébita de contribuições previdenciárias. De acordo com investigações, o suspeito teria praticado o crime em 2014.

Foi constatado também que ele estava foragido da Justiça e trabalhava em uma empresa prestadora de serviços. Willian Medeiros foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


Condenado pela morte de jornalista em Serra do Mel/RN é um dos 27 foragidos de presídio no Pernambuco

Ranielly Brito é um dos foragidos de presídio em Limoeiro do Norte – (FOTO: Divulgação-Polícia Civil/RN

A Polícia tenta recapturar o potiguar, Ranielly Brito de Azevedo, de 37 anos, que fugiu no dia 09 de julho, passado, juntamente com outros 26 detentos, da Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, na cidade de Limoeiro do Norte, no estado do Pernambuco.

Os detentos explodiram o muro do presídio e colocaram grampos nas ruas da região, para dificultar a reação da polícia. Até esta terça-feira (14), tinham sido recapturados, 9 presos.

O foragido, Ranielly Brito, foi condenado em 2013, a uma pena de 23 anos de reclusão pela morte do jornalista e líder político, Edinaldo Filgueira, na cidade de Serra do Mel/RN. Ele foi um dos autores materiais do crime.

A denúncia ofertada pelo Ministério Público à época diz que “ficou comprovado que coube aos denunciados Rafânio Brito de Azevedo, Ranielly Brito de Azevedo, Daniel dos Santo Azevedo e Cícera Soares da Costa orquestrar o assassinato de Edinaldo Filgueira”.

Segundo os autos do processo, a arma usada para matar Edinaldo pertencia a Ranielly.

Em 2015, a Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado – Deicor, prendeu Ranielly Brito e outros dois comparsas por assalto e estouro de caixas eletrônicos. A prisão ocorreu em Natal.


Ação conjunta resulta na prisão de homicida foragido da Justiça de Caicó há 15 anos

Na tarde de sexta-feira (28), foi localizado nas dependências de um estabelecimento comercial no Bairro São Judas Tadeu, cidade de Taboão da Serra/SP, o foragido da Justiça, MAURÍCIO RAFAEL DE LUCENA, de 41 anos de idade. Ele foi detido por policiais da Delegacia de Roubos a Bancos do DEIC de São Paulo. De acordo com as informações apuradas pelo Blog Sidney Silva, ele é indiciado pelo homicídio que vitimou Laércio José Silveira Carvalho, ocorrido no dia 28 de dezembro de 2019, na cidade de Dionísio Cerqueira em Santa Catarina.

A localização e prisão de MAURÍCIO somente foi possível graças a troca intensa de informações do CIOF, PCSC, PCSP, PRF e demais forças de segurança desde o final de dezembro de 2019.

No crime praticado em Santa Catarina, o preso matou a vítima com 3 disparos de arma de fogo e evadiu-se para o estado de São Paulo. Ele também era foragido da Justiça de Caicó, estado do Rio Grande do Norte, desde 2005, também pela prática do crime de homicídio.

Inaugurado em dezembro de 2019, o Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF) é um projeto estratégico do Ministério da Justiça e Segurança Pública – conduzido pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), objetiva intensificar e fortalecer a integração entre os agentes de segurança pública no combate ao crime organizado transnacional, atuando também com operação ostensiva e auxílio das investigações.


Polícia Civil prende foragido da Justiça por roubo em Natal

Janailson Campos da Silva, de 36 anos era foragido

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, na manhã desta sexta-feira (26), Janailson Campos da Silva, 36 anos. Em desfavor dele havia um mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal, referente à sentença condenatória pela prática do crime de roubo.

Ele havia rompido a tornozeleira eletrônica e estava foragido desde 2017. A prisão aconteceu no bairro Vale Dourado, na Zona Norte de Natal. Janailson Campos foi conduzido à Delegacia de Capturas e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Foragido do PB1 suspeito de assaltos a bancos é recapturado, no Sertão da Paraíba

*G1/PB

Um homem que fugiu da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, quando ocorreu a fuga em massa, em setembro de 2018, foi preso na cidade de Várzea, no Sertão da Paraíba, nesta quarta-feira (17). De acordo com a Polícia Militar, ele é suspeito de realizar assaltos a bancos.

Ari Muniz da Silva, de 39 anos, passava por uma blitz e se identificou com outro nome. No entanto, os policiais o reconheceram.

Ainda conforme informações da Polícia Militar, além de agir em assaltos a bancos, o suspeito também estaria envolvido em assaltos a carros fortes, comércio, roubo de carros e homicídios. Ele foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, em Cabedelo.


MPRN captura foragido condenado por crime ocorrido em 1998

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), com apoio da Polícia Militar, conseguiu localizar e prender, na última sexta-feira (22), João Maria Ribeiro de Souza. No dia 29 janeiro de 1998, ele atropelou duas pessoas na praia de Genipabu, no município de Extremoz.

No dia do crime, o réu estava conduzindo um veículo do tipo Buggy em alta velocidade e realizando manobras perigosas, quando atingiu primeiramente um cachorro e depois as três vítimas que estavam brincando à beira mar. Uma criança de um ano e quatro meses, e sua babá, de 20 anos, não resistiram aos ferimentos e morreram.

João Maria Ribeiro de Souza foi condenado por homicídio doloso pelo Tribunal do Júri de Extremoz em 2012 ao cumprimento de pena de 10 anos, 8 meses e 18 dias, mas a pena foi reduzida pelas instâncias superiores para 7 anos, 10 meses 15 dias, em regime fechado. Ele estava foragido desde então.


PF prende procurado pela Interpol em praia do RN

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte, prendeu nesta quinta-feira (21), na praia de Cotovelo, Litoral Sul Potiguar, um pernambucano, de 33 anos, procurado por tráfico de drogas e incluso na Difusão Vermelha da Interpol. Ele foi condenado a 15 anos de reclusão pelo Juízo de Direito da 3ª Vara Criminal de Olinda/PE.

Apontado como fundador e líder de uma facção criminosa intitulada “Trem Bala”, com atuação em Pernambuco, ele era foragido do Sistema Penitenciário daquele estado desde 2011 quando comparsas explodiram o muro da penitenciária Prof. Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife.

Com extensa ficha criminal, o homem foi localizado em um resort e no momento da abordagem reagiu sacando arma de fogo, ocasião em que foi atingido em uma das pernas. Conduzido ao hospital, foi medicado e liberado, encontrando-se custodiado na sede da Polícia Federal, à disposição da Justiça.


DEICOR prende traficante foragido da Paraíba

Mário era foragido e foi preso pelo Deicor

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em parceria com a Polícia Civil da Paraíba pela Delegacia de Repressão à Entorpecentes de João Pessoa prenderam, nesta quarta-feira (02), Mario Cléber Bernado do Nascimento, 37 anos e Thabata Emanuele da Costa, 26 anos. Ela foi autuada pela co-autoria de receptação, já o suspeito foi autuado por uso de documento falso e autoria de receptação, cumpre também mandado de prisão na Paraíba pelo crime de tráfico de drogas.

No dia 27 de março, prendeu Francileide Francisca da Silva na rodoviária de Natal, ela era comparsa de Mario e veio do estado da Paraíba para trazer dois revólveres para ele.

Prosseguindo as investigações, os policias da Deicor identificaram a residência dele no bairro de bairro Dix-Sept Rosado, onde foi encontrado documentos falsos, cadernos com anotações de tráfico de drogas e um carro, o qual a mulher admitiu que era dela, porém a polícia descobriu que era roubado e estava clonado. Será realizado mais investigações com relação aos documentos falsos e caderno com anotações de tráfico de drogas.

Documentos e material apreendido pela Deicor


Polícia prende foragido do Raimundo Nonato em Tenente Laurentino Cruz/RN

Material apreendido pela Polícia em poder de João Kleber

Policiais militares da cidade de Tenente Laurentino Cruz, prenderam na tarde desta sexta-feira (13), o foragido da Justiça, João Kleber Araújo dos Santos, de 28 anos, que estava residindo no sítio Pataporô, em Florânia.

Os policiais realizavam blitz em Tenente Laurentino, quando, Kleber, se aproximou e ao ver os barreira tentou se evadir. Os policiais realizaram diligência e conseguiram abordá-lo. Com ele, que era foragido do presídio Raimundo Nonato, em Parnamirim, foi encontrado um revólver de calibre 38, com  munições, maconha (pequena quantidade) e um monitor de computador, que segundo a polícia, pode ser produto de furto.

Depois de preso, o homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Caicó de onde será encaminhado de volta ao sistema prisional.

Contra João Kleber, existia mandado de prisão em aberto. Ele cumpria pena no Raimundo Nonato, pela prática de roubo.


Polícia Civil prende foragido da justiça

Luciano Ferreira era foragido de Alcaçuz -(FOTO: Divulgação/Polícia Civil)

Policiais civis em conjunto com a Polícia Militar, prenderam na manhã desta quarta-feira (11), o foragido da justiça Luciano Ferreira da Silva, vulgo “Ventola”.

Ele foi encontrado em Santa Cruz/RN e conseguiu fugir da penitenciária de Alcaçuz utilizando um alvará de soltura de outro preso daquela mesma unidade prisional.

Luciano foi encaminhado para a sede da 9ª Delegacia Regional de Polícia de Santa Cruz, e logo após será encaminhado de volta ao sistema prisional.


Lula não é considerado foragido, diz Justiça Federal

Lula não é considerado foragido pela Polícia – (Foto: Felipe Araújo/Fotos Públicas)

Após o fim do prazo determinado pelo juiz federal Sérgio Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é considerado foragido. A assessoria de imprensa da Justiça Federal no Paraná esclareceu que Moro concedeu a oportunidade de ele se entregar à Polícia Fededal e, por isso, mesmo após as 17h, ele não é tratado como foragido da Justiça.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Antônio Boudens, que se reuniu hoje (6) com o superintendente da Polícia Federal no Paraná, delegado Maurício Valeixo, explicou que Lula não é considerado foragido porque não há componentes de fuga. “A condição de foragido é específica. Tem que haver componentes de fuga, de rejeição de apresentação. Terminou o prazo para que ele se apresente voluntariamente. Como não aconteceu, o mandado será cumprido”.

Boudens se reuniu com o superintendente para pedir reforço na segurança dos agentes que devem cumprir o mandado de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, a ordem de prisão do juiz Moro foi muito rápida e não houve tempo hábil para que os policiais planejassem a execução do mandado. “Para a nossa avaliação, foi uma surpresa esse mandado. Apesar de avaliarmos que os ritos legais foram seguidos, nós vimos uma celeridade no procedimento padrão que o TRF4 vem adotando. Essa celeridade tem aspectos positivos e negativos. Não sob o ponto de vista processual, mas sob o ponto de vista do cumprimento e da execução. Nós temos que estar preparados para que tudo transcorra da melhor forma possível”, disse.

Segundo Boudens, outro assunto discutido na reunião com o superintendente foi a manutenção dos serviços à população na sede em Curitiba, como a expedição de passaportes. “Nossa preocupação apresentada aqui para o superintendente foi de manter todos os serviços para não prejudicar nem os policiais nem os cidadãos que buscam o serviço da Polícia Federal”, acrescentou.


Policial militar foragido há 25 anos é preso em São José de Mipibu

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu localizar e prender na manhã de quinta-feira (4) o policial militar aposentado Izaldo Antônio da Silva. Ele é condenado a 20 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato de Feliciano Efigênio da Silva, crime cometido em 9 de março de 1989 na cidade de Apodi, no Oeste potiguar. Izaldo foi preso quando saía da casa de um filho em São José de Mipibu, na Grande Natal.

O policial militar estava foragido havia 25 anos, desde que foi condenado pela primeira vez pelo Tribunal do Júri de Apodi. Ele foi localizado e capturado por uma equipe do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, após meses de trabalho de inteligência.

Continue lendo


Caraúbas: Gaeco localiza condenado por homicídio que estava foragido desde 2009

O foragido da Justiça potiguar, Elailde Vieira de Souza, foi preso nesta terça-feira (12) na cidade de Garuva (SC). Ele foi condenado em 2009 a 14 anos de reclusão pelo crime de homicídio qualificado, em sentença proferida pelo Tribunal do Júri do município de Caraúbas. A prisão foi possível graças a informações repassadas ao Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio do Disque Denúncia 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPRN (Gaeco).

O foragido estava residindo na cidade de Guaratuba (PR), onde trabalhou como comerciante e proprietário do “Bar do Ceará”. O Gaeco do RN encontrou fortes indícios de que o foragido estava mantendo movimentação entre as cidades de Guaratuba e Garuva, distantes 38 km, e acionou o Gaeco do Ministério Público do Paraná, que efetuou a captura e prisão do condenado.

Caso você saiba de alguma informação que possa levar à prisão de criminosos, colabore com as autoridades ligando para o Disque Denúncia do MPRN – 127. A identidade do informante será preservada.


Deicor captura foragido investigado por integrar organização criminosa de roubo a bancos

Foragido é preso pela Deicor

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam, nesta segunda-feira (16) no bairro Planalto, o foragido da Justiça, José Miguel de Azevedo Filho, 28 anos, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por um duplo homicídio ocorrido na cidade de Campo Grande.

A prisão foi realizada através de investigações das delegacias de Patu e de Janduís, sendo o homem capturado em uma cigarreira, localizada no bairro Planalto, onde ele teria comprado o estabelecimento com o intuito de disfarçar-se. José Miguel é investigado pela Deicor por ser um dos integrantes de uma organização criminosa especializada em roubo a bancos, a qual tinha como líder o seu primo Ranielly Brito de Azevedo, preso em uma operação da Polícia Federal no último dia 05 no estado de Pernambuco, juntamente com o seu irmão Rafanio Brito de Azevedo. José Miguel foi capturado e encaminhado ao sistema prisional.


PM prende em Caicó foragido do CDP de Currais Novos

Alex-Pereira, foragido de Currais Novos, é preso em Caicó

Policiais do GTO de Caicó, prenderam no início da tarde desta sexta-feira (08), Alex Pereira Basílio. Ele era foragido no sistema prisional da cidade Currais Novos/RN, aonde cumpria pena por tráfico de drogas.

A prisão aconteceu no Bairro Novo Horizonte, na zona oeste de Caicó.

Os policiais receberam informação da presença de Alex em uma casa no bairro mencionado.

De posse de mandado de busca e apreensão, os policiais o localizaram. Ele não esboçou reação.

Os policiais o conduziram para a Delegacia de Polícia Civil aonde foi autuado.