Reunião com forças de segurança em Caicó foi com portas fechadas

O comandante-geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Alarico Azevedo e o Delegado-Geral Adjunto da Polícia Civil do RN, Dr. Ben-Hur Cirino de Medeiros, participaram nesta terça-feira (25) de reunião com os delegados de Caicó, Leonardo Germano e Ricardo Brito, além do tenente-coronel, Walmary Costa, comandante do 6º BPM, com o objetivo de discutir possíveis saídas para a onde de violência registrada nas últimas meses na maior cidade da região Seridó. Ainda participaram, representantes da Casa do Empresário e o Procurador Jurídico da Prefeitura Municipal, João Braz de Araújo.

A reunião foi de portas fechadas e, ninguém, além dos que foram convidados, puderam participar. Ao final, o coronel Alarico Azevedo, disse que outras reuniões serão realizadas com o objetivo de realizar ações que melhorem a segurança em Caicó.


Entrevista: Forças de Segurança do Seridó fazem arrecadação de alimentos para famílias carentes

As forças de segurança da região Seridó do Rio Grande do Norte, irão realizar campanha para receber alimentos não perecíveis para doar à famílias carentes.

O tenente-coronel, Walmary Costa, comandante do 6º BPM, em Caicó, disse que os agentes da PM, Polícia Civil, PRF, Polícia Penal, Guarda Municipal, entre outros que receberão a dose da vacina contra o Covid-19, foram chamados a fazer o gesto de doar 1 quilo de alimento para cada dose tomada.

Os dias de arrecadação, serão na quinta (22) e na sexta (23).

Ninguém está sendo obrigado a doar o alimento, mas, se eles se sentirem tocados pela situação que muitas famílias estão passando com a falta de ter até o que comer em suas casas, ajudem e, se for o caso, pode doar até uma cesta básica. Nós vamos receber as doações no Quartel do 6º BPM e na sede do Pelotão da Cipam, localizado na Ilha de Sant’Ana“, informou.


STF diz que greve de servidores da segurança é inconstitucional

Plenário reafirma inconstitucionalidade de greve de policiais civis – (Foto: Nelson Jr/STF)

Por maioria de votos, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou entendimento no sentido de que é inconstitucional o exercício do direito de greve por parte de policiais civis e demais servidores públicos que atuem diretamente na área de segurança pública. A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira (5), no julgamento do Recurso Extraordinário com Agravo (ARE) 654432, com repercussão geral reconhecida.

A tese aprovada pelo STF para fins de repercussão geral aponta que “(1) o exercício do direito de greve, sob qualquer forma ou modalidade, é vedado aos policiais civis e a todos os servidores públicos que atuem diretamente na área de segurança pública. (2) É obrigatória a participação do Poder Público em mediação instaurada pelos órgãos classistas das carreiras de segurança pública, nos termos do artigo 165 do Código de Processo Civil, para vocalização dos interesses da categoria”.

O recurso foi interposto pelo Estado de Goiás contra decisão do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) que, na análise de ação apresentada naquela instância pelo Estado contra o Sindicato dos Policiais Civis de Goiás (Sinpol/GO), garantiu o direito de greve à categoria por entender que a vedação por completo da greve aos policiais civis não foi feita porque esta não foi a escolha do legislador, e que não compete ao Judiciário, agindo como legislador originário, restringir tal direito.

Continue lendo


Deputados aprovam projetos e doação de 50 viaturas para a Segurança Pública

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte fará a doação de 50 viaturas às Secretarias de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), e de Justiça e Cidadania (SEJUC) e de mais 85 ambulâncias à Saúde Pública Estadual. A iniciativa foi aprovada à unanimidade, em sessão extraordinária nesta terça-feira (24). Os deputados ainda aprovaram a convocação excepcional de servidores estaduais inativos, no âmbito da segurança pública, a contratação temporária de professores substitutos e a formalização da Comissão Especial de Segurança para acompanhar as ações de combate ao crime.

Durante a autoconvocação, os deputados votaram favoravelmente a proposta do Legislativo, que prevê a doação de 50 viaturas policiais na cifra de R$ 5 milhões. Os veículos serão adquiridos com recursos do Poder Legislativo.

Ainda por iniciativa do Legislativo Potiguar, foi aprovado o projeto que prevê a doação de 85 ambulâncias pela Assembleia ao Governo do Estado para reforçar a Saúde Pública.

Além desses, os deputados aprovam o Projeto de Lei Complementar nº 023/15, de iniciativa do Governo do Estado, encaminhado por intermédio do Ofício nº024/2017-GE, que dispõe sobre a convocação excepcional de servidores estaduais inativos, no âmbito da segurança pública, para a execução de atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Durante a sessão desta terça, foi formalizada a Comissão Especial de Segurança Pública que vai atuar em ações efetivas no combate ao crime. Os deputados vão acompanhar e fiscalizar a aplicação dos investimentos feitos. A comissão de Segurança será composta por oito deputados: Larissa Rosado (PSB), Márcia Maia (PSDB), Vivaldo Costa (PROS), Hermano Morais (PMDB), Jacó Jácome (PSD), Kelps Lima (Solidariedade), Getúlio Rêgo (DEM) e Dison Lisboa (PSD).