Petrobras reduz preço da gasolina em 3,8% nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (6) a queda do preço da gasolina em 3,8%. Por outro lado, o preço do óleo diesel foi aumentado em 0,7%. A nova política da estatal prevê reajustes quase diários nos combustíveis.

Os reajustes são aplicados na saída das refinarias, ou seja, são calculados sobre o preço do combustível vendido aos distribuidores. O preço no posto de gasolina pode ser reajustado em valores acima ou abaixo desse.

A queda de 3,8% da gasolina ocorreu depois de quatro altas consecutivas, que resultaram num reajuste acumulado de 11,09%, entre 31 de agosto e 5 de setembro. Ontem (5) não houve reajuste.

Já o diesel teve a sétima alta de preços consecutiva e acumula aumento de preço de 9,71% desde 29 de agosto.



Petrobras reduz o preço da gasolina vendida à distribuidoras

A Petrobras reduziu o preço da gasolina vendida às distribuidoras em 1,4% e subiu o valor do diesel em 0,7%.

Os novos preços anunciados nesta segunda-feira valem a partir de hoje. A companhia não comentou quanto isso poderá incidir nas bombas ao consumidor, pois o mercado de combustível é regido pela livre concorrência entre os postos.

Segundo a empresa, a política de preços para a gasolina e o diesel vendidos nas suas refinarias às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, que representa a alternativa de suprimento oferecido pelos principais concorrentes para o mercado.

Também é levado em conta uma margem que considera os riscos inerentes à atividade de importação, como volatilidade da taxa de câmbio e dos preços, atrasos e perda da especificação de qualidade.



Gasolina tem aumento de 1,7% e diesel cai

Gasolina tem aumento de 1,7% e diesel cai

A Petrobras anunciou ontem mais um ajuste nos preços dos combustíveis. Desta vez, a gasolina subirá 1,7%, enquanto o óleo diesel cairá 0,9% na venda para as refinarias. Os novos preços valerão a partir de hoje, dia 14. A nova política de revisão de preços da companhia – que permite ajustes mais frequentes nos preços – foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho.

Desde então, os preços já  haviam sido reduzidos três vezes. A única mudança estava em vigor desde o dia 11 deste mês, quando a gasolina ficou 1,7% mais barata e o óleo diesel, 2%. Possíveis impactos para o consumidor não foram divulgados na ocasião, assim como não o foram ontem.



Petrobrás decide elevar o preço da gasolina em 1,8%

A Petrobrás decidiu aumentar o preço médio do diesel nas refinarias em 2,7% e elevar o da gasolina em 1,8%, a partir desta terça-feira. A empresa não detalhou os motivos para o movimento.

O ajuste é o primeiro após a revisão feita em sua política de preços na semana passada, que busca aumentar a frequência de reajustes em uma tentativa de retomar participação de mercado. A partir de agora, segundo a estatal, os preços dos combustíveis poderão cair ou subir diariamente.

Os ajustes de preços de combustíveis passarão a ser divulgados através do site www.petrobras.com.br/precosdistribuidoras e nos canais internos de comunicação aos clientes.