Mulher que mandou matar o gerente do Bradesco, em Santa Cruz, será julgada nesta segunda (10)

Nesta segunda-feira (10), senta no banco dos réus na cidade de Santa Cruz/RN, Vileda Doerl Neta de Macedo. Ela é acusada da mandar matar, em 2002, o seu companheiro, que a época era gerente do Bradesco da cidade.

O caso sofreu vários adiamentos da sessão de julgamento, na maioria a pedido dos advogados. Segundo a denúncia do Ministério Público, Vileda Doerl teria encomendado o crime à empregada doméstica Elisângela Silva, que chegou a aparecer no programa Linha Direta, da Rede Globo, acusada de participar do caso junto a seu irmão, Adibaldo Pinto da Silva.

O crime aconteceu porque Vileda Doerl, queria receber o prêmio do seguro de vida do marido, de 380 mil reais. Para isso, a mulher contou com a ajuda da empregada doméstica e do irmão dela, que executou o gerente com uma facada no pescoço, enquanto ele dormia. Antes de chamar o assassino, a mulher ainda beijou a face do marido, para ter certeza de que ele estava dormindo.



Gerente da Caern confirma que racionamento de água deverá ser intensificado em Caicó

A gerente regional da Caern, Rosi Gurgel, foi entrevistada nesta quarta-feira (26) e falou sobre o futuro uso da adutora emergencial da adutora que trará água da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves para Caicó.

Ela disse ainda que tem água no Rio Piranhas e essa água está sendo utilizada para o abastecimento de Caicó, Jardim de Piranhas, São Fernando e Timbaúba dos Batistas.

Quando a água do Rio Piranhas não puder mais ser usada por causa da sua falta, a adutora emergencial passará a ser utilizada. A população de Caicó usará a água pelo período de 15 dias e os municípios da Serra de Santana, pelo menos período.

Assista: