Vacinação contra a gripe prossegue em Caicó; Drive-thru será realizado na Ilha neste sábado

A coordenadora de Imunização da secretaria municipal de Saúde, Ana Camila, confirmou que a secretaria distribuiu na quinta-feira (26) uma nova remessa de doses da vacina contra a gripe. “A demanda está grande e estamos recebendo as doses por cota toda semana. O drive-thru será realizado neste sábado (28), na Ilha de Sant’Ana, a partir das 17 horas”, disse Ana Camila.

O drive-thru é o sistema no qual as pessoas passam de carro e, sem descer do veículo, passam pela triagem e recebem a imunização.

Dentro das estratégias de vacinação, também haverá a vacinação em domicílio e em alguns postos de saúde com controle total do fluxo de pessoas para evitar aglomerações. Nessa primeira fase, a vacinação está sendo desenvolvida para os idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde.


2020 já regristrou 165 casos e 13 mortes de pessoas infectadas pela gripe A H1N1

O Ministério da Saúde mantém a vigilância da influenza no Brasil por meio da vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG) e de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em pacientes hospitalizados.

Ao todo, são 114 unidades distribuídas em todas as regiões geográficas do país e tem como objetivo principal identificar os vírus respiratórios circulantes, permitir o monitoramento da demanda de atendimento dos casos hospitalizados e óbitos.

Em 2020, até a Semana Epidemiológica 11 (14 de março), foram registrados 165 casos e 13 óbitos por Influenza A (H1N1), 139 casos e 14 óbitos por Influenza B e 16 casos e 2 óbitos por Influenza A (H3N2). O estado de São Paulo concentra o maior número de casos de H1N1, com 42 casos e 2 óbitos. Em seguida, estão a Bahia (40 casos e 3 óbitos) e o Paraná (20 casos e 5 óbitos). No ano passado, o país registrou 5.800 casos e 1.122 óbitos pelos três tipos de influenza.


Começa segunda-feira vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde inicia na segunda-feira (23/3) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. Para isso, foram adquiridas 75 milhões de doses da vacina, que já estão sendo enviadas aos estados. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio (sábado). Nesta data, os 41 mil postos de saúde ficarão abertos para atender todos os grupos prioritários.

Continue lendo

Vacinação contra a gripe no SUS é aberta para toda a população

Campanha é aberta para a população

Após 50 dias de campanha direcionada para o grupo prioritário, o Ministério da Saúde abre nesta segunda-feira (3) a possibilidade de vacinação contra a gripe para toda a população. Até a última sexta-feira (31), 20% do público-alvo ainda não estava imunizado – faltam 11,9 milhões de pessoas para atingir a meta de 90% de cobertura.

A medida, segundo o ministério, busca evitar o desperdício das doses – a campanha segue até que elas acabem. Mesmo assim, o grupo prioritário continuará tendo precedência para a aplicação em todas as unidades de saúde. No estado do Rio de Janeiro, a vacinação continua sendo exclusiva para grupos prioritários.

Os principais alvos são gestantes, mulheres que deram à luz há menos de 45 dias, crianças menores de seis anos, idosos, pessoas com doenças crônicas, trabalhadores da área de saúde, professores e povos indígenas.

Seis estados atingiram a meta: Amazonas (98,5%), Amapá (98,5%), Pernambuco (93,6%), Espírito Santo (91,3%), Rondônia (90,4%) e Maranhão (90%). Os estados com menor adesão são Rio de Janeiro (63,7%), Acre (73%) e São Paulo (73,1%).


Vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira (10) em todo o país

Vacinação contra a gripe começa nesta quarta em todo o Brasil

Começa nesta quarta-feira (10), em todo o país, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A escolha dos grupos segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, segundo a pasta, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.

A vacina

Em nota, o Ministério da Saúde destacou que, em relação ao ano passado, houve alteração de duas cepas na vacina. Em função da mudança na composição, a pasta considera “imprescindível” que os grupos selecionados, ainda que já tenham sido imunizados anteriormente, recebam a nova dose este ano.

“O Ministério da Saúde não indica a utilização da vacina contra influenza com cepas 2018, pois não tem a mesma composição da vacina de 2019, o que faz com que não seja eficaz para proteção”.


Vacinação contra gripe: 1.068 crianças ainda não se vacinaram em Caicó

Campanha de vacinação contra a gripe termina na sexta – (Foto: Semuc/Andrezza Mariot/Divulgação)

A campanha de vacinação contra a gripe segue até a próxima sexta-feira (22) e em Caicó, faltam imunizar 1.068 crianças. Ou seja, foram vacinadas 2.399 (69,20%) das 3.467 que eram meta.

Outro público alvo da campanha que os profissionais de saúde tiveram dificuldade foi a população idosa, mas, na reta final, em Caicó, foram imunizados, 7.497, ou 95,81% da meta que era de 7.825.

Os outros dados são os seguintes:

Professores, foram vacinados, 921 (97,36%). A meta era 946

Puérperas, foram vacinadas, 98 (113,95%). A meta era 86

Gestantes, foram vacinadas, 468 (89,31). A meta era 524

Trab. de Saúde, foram vacinados, 1.501 (107,75%). A meta era 1.393

Os dados são da Secretaria de Saúde do Município de Caicó.


Termina na sexta (15) vacinação contra Influenza para os grupos prioritários

A campanha de vacinação contra a Influenza, iniciada em 23 de abril, segue até o próximo dia 15 de junho em todos os postos de vacinação do Rio Grande do Norte. Até o momento o estado aplicou 750.330 mil doses, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 81,8% do público alvo. O estado se encontra em quarto lugar no Nordeste e décimo segundo do país em números de cobertura vacinal.

Continue lendo


Diocese de Caicó orienta católicos com medidas de prevenção contra a gripe nas celebrações

Fiéis devem evitar apertar as mãos nas celebrações

Por causa dos casos de gripe e dos casos de H1N1, H3N2 e a Influenza B e em comunhão com a Arquidiocese de Natal e Diocese de Mossoró, que já fizeram orientações aos católicos, o Bispo Diocesano de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz Santos, emitiu uma nota na tarde desta quinta-feira (16), informando que solicitou às paróquias que tomem temporariamente às seguintes providências:

Evitar o aperto de mão durante a acolhia aos fiéis

Não dar às mãos ao rezar o Pai-Nosso

Omitir o abraço da paz

Distribuir a comunhão somente sob uma espécie e diretamente nas mãos

Na mesma nota, são acrescentada as medidas de prevenção emitidas pela Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte.