Suspeito de matar Henrique Lopes, também responde pelo assassinato de Isaac Torres

Barata disse aos moradores de Barra de Santana que tinha matado Henrique

O ex-presidiário, Odair José Alves, também conhecido como Barata, de 42 anos, está sendo procurado pela polícia por ser o principal suspeito de ter assassinado o empresário Henrique José Torres Lopes, no Distrito de Barra de Santana, na manhã deste sábado, dia 12.

De acordo com moradores do referido Distrito, o Barata, antes de fugir, disse a várias pessoas que tinha matado o empresário a tiros. Ele estava em liberdade há alguns meses.

No dia 16 de agosto de 2016, Barata foi preso em Caicó, por ser um dos suspeitos de ter participado da morte do também caicoense, Isaac Soares de Oliveira Torres, este, assassinado no dia 19 de maio de 2013, na zona rural de São Fernando. Inclusive, um dos irmãos de Henrique, Jorge Lopes, responde pelo mesmo crime.


Empresário vai a julgamento em Macaíba acusado de ordenar duplo homicídio

Do G1/RN – O empresário Henrique José Torres Lopes vai a julgamento pela morte do também empresário Robson Maurício Oliveira de Souza e de André Luiz Delfino. Henrique é apontado como mandante do duplo homicídio e o juiz Felipe Barros, da comarca de Macaíba, publicou, no início deste mês, sentença de pronúncia determinando que o ele vá a júri popular.

Robson Maurício Oliveira de Souza era empresário do ramo de construção civil e foi assassinado no dia 2 de setembro de 2005, em Macaíba. De acordo com as investigações, ele tinha uma dívida com Henrique Torres, por ter comprado combustível no posto do acusado e não ter pago, alegando que o produto era adulterado.

A dívida resultou em uma ação judicial e, ainda segundo consta nos autos, o empresário Henrique Torres teria contratado criminosos para executar Robson Maurício, que acabou sendo morto a tiros, juntamente com o motorista André Luiz, que o acompanhava.

Continue lendo