Pesquisa do Ministério da Saúde revela que 25% da população de Natal têm hipertensão

25% da população de Natal tem hipertensão

Dados inéditos da Pesquisa VIGITEL, do Ministério da Saúde, revelam que 25% da população de Natal têm hipertensão arterial. A doença acontece quando a pressão para bombear o sangue ultrapassa os limites médios e começa a exigir maior esforço do coração para realizar esse bombeamento. Também conhecida pressão alta, essa complicação pode prejudicar o coração, os rins, os olhos e o cérebro.

Continue lendo



Anvisa autoriza venda de novos genéricos para HIV e pressão alta

Genéricos são autorizados pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu aval para a comercialização de quatro novos medicamentos genéricos. A autorização foi publicada na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial da União (DOU). Um deles é o Entricitabina combinado com Fumarato de Tenofovir Desoproxila, produto usado para o tratamento de pessoas que contraíram o vírus HIV. O medicamento de referência é o Truvada, cujas indicações incluem a profilaxia pré-exposição (PReP), usada para reduzir o risco de infecção pelo vírus adquirido sexualmente em adultos de alto risco. No Brasil, a detentora do registro é a Blanver Farmoquímica e Farmacêutica S/A.

Outro produto genérico inédito com registro aprovado pela Anvisa é o Perindopril Erbumina combinado com Indapamida, indicado para o tratamento da hipertensão arterial (pressão alta), que acomete uma a cada quatro pessoas adultas, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH). A empresa detentora do registro no país é a  EMS S/A.

Continue lendo