Bandido que matou F.Silva morre em confronto com o BOPE

Fernando Ventura Alexandre

Uma operação realizada pelo BOPE, na manhã desta quinta-feira (11), culminou em quatro pessoas detidas e na morte do homem apontado como autor dos tiros que tiraram a vida do sargento da Polícia Militar Francisco Edmilson da Silva, assassinado durante uma tentativa de assalto em Dezembro do ano passado.

De acordo com o assessor de comunicação da PMRN, o Tenente Coronel Eduardo Franco, os policiais do BOPE foram até o endereço onde estava escondido o criminoso, o local foi uma rua projetada no conjunto Nova Natal. Fernando Ventura Alexandre, de 19 anos estava sendo procurado desde o dia do crime. “As nossas guarnições foram recebidas a tiros efetuados por “Vevéio”, como era mais conhecido, diante da injustiça e grave ameaça os nossos policiais tiveram que atirar também“, disse.

Fernando Ventura foi atingido e socorrido para o hospital Santa Catarina, mas não desistiu. Com o bandido os policiais encontraram um revólver calibre 38. As quatro pessoas que estavam na mesma casa da ação foram conduzidas para a delegacia para averiguação.

Portal BO


Acusado de homicídio e outros delitos tem Habeas Corpus rejeitado pela Justiça do RN

Decisão foi prolatada no TJRN

O caso de um homem, apontado como autor de vários crimes no Rio Grande do Norte, entre eles um duplo homicídio, voltou a ser julgado pela Câmara Criminal do TJRN, a qual, em sessão por videoconferência, desta vez, negou o habeas corpus, movido pela defesa de Marcelo Ronaldo da Silva Gomes, que teve a prisão temporária decretada no dia 23 de junho de 2020, tendo sido denunciado sob a acusação da prática dos crimes homicídio mediante emboscada.

De acordo com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, o crime foi praticado na noite do dia 3 de junho de 2020, quando as vítimas estavam em um bar, localizado na Zona Sul de Natal. Além destes dois homicídios, o suspeito é investigado pelo cometimento de outros crimes no Rio Grande do Norte e em outro estado.

Continue lendo

Paraibano é morto a tiros na madrugada desta segunda (21) em Parelhas

A Polícia Militar de Parelhas foi acionada para se deslocar ao Bairro São Sebastião, onde informações davam conta de registro de disparos de arma de fogo. A PM foi ao local e constatou o registro de um homicídio.

A vítima foi identificada como Alessandro Barros dos Santos, de 24 anos, natural da cidade de Serra Branca, no estado da Paraíba.

A ocorrência foi registrada na Rua Zumira Terezinha Dantas por volta 02h15 da madrugada desta segunda (21/12).

Ainda conforme informações, o mesmo estava bebendo com sua companheira quando dois indivíduos em uma motocicleta chegaram na residência e efetuaram disparos de arma de fogo. Logo, os acusados fugiram do local.

A PM isolou o local do fato. O ITEP foi acionado e fez o recolhimento do corpo. A Perícia técnica também realizou seus procedimentos.

Blog do Marcos Silva


Polícia Civil começa apuração da morte de homem dentro de oficina no Centro de Caicó

Alan Bezerra foi morto a tiros

Na tarde desta quarta-feira (25), um homem foi assassinado com tiros de pistola no interior de uma oficina localizada no Centro da cidade de Caicó. Ele foi identificado como ALAN BEZERRA DA SILVA, de 29 anos, natural de Currais Novos, residente na Rua Maria da Luz Lima, no Boa Passagem. Os primeiros informes dão conta que ele residia no Bairro Recreio.

Um homem chegou ao local com um moto-taxi, entrou e abriu fogo contra a vítima que tombou sem vida. Depois, o assassino fugiu.

A esposa de Alan Bezerra estava no local e presenciou os disparos. Eles estavam com o carro para fazer reparos na referida oficina.

Policiais civis juntos com peritos do ITEP colherem as primeiras evidências do local do crime.

No interior do carro da vítima, foi encontrado e apreendido pela Polícia Civil, um revólver municiado.


Servente de pedreiro paraibano é assassinato a tiros no Bairro Recreio em Caicó

Local do crime no Bairro Recreio em Caicó – (FOTO: Blog Caicó na Rota da Notícia)

O paraibano da cidade de São Bento, Rivanildo Ferreira da Silva, de 20 anos, que trabalhava como servente de pedreiro, foi assassinado com disparos de arma de fogo na noite deste sábado (31), por volta das 18hs30min no Bairro Recreio, zona norte de Caicó/RN.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime, uma casa na Rua José Simplício da Silva, nº 79, nas imediações do posto de saúde da comunidade, até a chegada da Polícia Civil e ITEP.

A vítima estava na frente de casa quando dois homens em uma moto se aproximara e abriram fogo. Ele correu, mas, foi alcançado e tombou morto nas imediações do muro da residência aonde morava.

A vítima e a esposa moravam em Caicó, há pouco tempo. A mulher disse que ele não tinha passagem pela Polícia.


ITEP trabalha para identificar corpo encontrado na zona rural de Caicó

Profissionais do ITEP de Caicó trabalham para identificar corpo

Na noite de sexta-feira (09), por volta das 19hs21min, foi registrado um homicídio no Sítio Pedra do Queijo (antigo Sítio São Nicolau), na zona rural de Caicó/RN.

O corpo de um homem, sem identificação, foi encontrado com marcas de pedradas na cabeça.

O Itep foi acionado e removeu o cadáver para identificação e necropsia.

A Regional do ITEP em Caicó, recebeu o RG de um homem desaparecido e o encaminhou juntamente com as digitais coletadas do corpo encontrado para fazer o confronto dos dados. Com isso será possível dizer se são a mesma pessoa.


Polícia Civil prende suspeito por homicídio em Parelhas

Homem foi preso pela Polícia Civil em Parelhas

Policiais civis da Delegacia Municipal de Parelhas deram cumprimento, nesta segunda-feira (14), a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca de Parelhas, contra Willian Nóbrega de Oliveira, 23 anos. Ele foi preso pela suspeita da prática do crime de homicídio.

De acordo com as investigações, Willian Nóbrega, em conjunto com Judson Vítor Alves de Morais, 20 anos, teria praticado, no dia 18 junho de 2020, o homicídio que vitimou Osaías Araújo de Sousa Lima. Judson Vítor já havia sido preso anteriormente pelo crime.

Willian Nóbrega foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.