Polícia registra homicídio na zona norte de Caicó

Josemberg foi morto na frente de sua casa

Na noite desta segunda-feira (11), foi assassinado no Bairro de Boa Passagem, Josemberg Costa dos Santos, de 20 anos. Ele estava em casa, na Rua São José, nº 33, no Bairro de Boa Passagem, por volta das 1hs20min, quando foi chamado por um homem. Ao sair, foi atingido por disparos de arma de fogo.

O assassino estava em uma moto, provavelmente de cor azul e usando capacete. Depois do tiros, empreendeu fuga com destino ignorado.

A vítima teve passagem pelo sistema penitenciário sob a acusação de roubo registrado em Caicó.

As polícias Civil e Militar foram acionados para o local da ocorrência.



Polícia Civil de Assú prende dupla suspeita por homicídio

Uma ação da Polícia Civil de Assú prendeu, nesta quarta-feira (18) na cidade de Patu, Damião Firmino da Silva, vulgo “Damião do Baralho”, 59 anos, e o seu filho, Éder Flankle da Silva, 35 anos, em cumprimento mandados de prisão preventiva.

A dupla é suspeita pelo homicídio de Francisco das Chagas Bezerra, ocorrido no dia 04 de julho de 2008, no bairro Frutilândia, em Assú.

A vítima foi assassinada através de disparos de arma de fogo, além de chutes e socos. Após as investigações policiais, a dupla foi presa sendo encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



Adolescente foi assassinado na zona rural de Parelhas no final de semana

O Instituto Técnico-Científico de Perícia – ITEP de Caicó, registrou no final de semana a morte do adolescente, Hebwerson Soares do Santos, de 15 anos, natural de Parelhas, desempregado, residente no Sítio Almas I.

O crime aconteceu por volta das 20hs30min no sítio mencionado. Ele foi morto com disparos de arma de fogo e ainda chegou a ser socorrido para o Hospital, local, mas, não resistiu aos ferimentos e morreu.

As polícias e o ITEP foram acionados para atender a ocorrência.



Preso suspeito de assassinar homem e disparar contra secretário de Saúde confessa crime à DHPP

Após a prisão em flagrante realizada por policiais militares, no último dia 20 no bairro Cidade da Esperança, de Márcio Galdino Macedo, 33 anos, suspeito pelo homicídio contra Erinaldo Bezerra da Silva, 32 anos, e por ter disparado contra o secretário de Saúde de Paraú (RN), Antônio Rogério Peixoto Neto, 53 anos, o preso confessou, nesta quarta-feira (27) à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ter sido o autor do crime.

No dia do ocorrido, Márcio teria discutido com Erinaldo em frente a Rodoviária de Natal, localizada na Zona Oeste da capital, e realizado disparos contra a vítima, atingindo o secretário durante tiroteio, sendo preso por policiais militares, que, após diligências, o prenderam nas imediações do local com uma pistola 380, e 16 cartuchos do mesmo calibre na meia, a qual ele teria tentado se desfazer. Após a prisão, ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde foi reconhecido por testemunhas, tendo negado o crime.

Investigações da Polícia Civil apontam duas hipóteses de motivação para o cometimento do crime, sendo uma delas a vingança contra Erinaldo, o qual teria afirmado que no dia 28 de janeiro de 2015 Márcio teria sido o autor do assassinato contra o seu primo, Luan Bezerra, morto no bairro Planalto, Zona Oeste de Natal, e a outra hipótese seria uma possível queima de arquivo contra a vítima, por essa ser testemunha de tal crime. Após a confissão de Márcio, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) solicitará a prisão preventiva do homem à Justiça.



Autônomo é assassinado na Zona Norte de Caicó

Autônomo foi assassinado no Bairro Boa Passagem em Caicó

Foi assassinado na noite desta quinta-feira (28), na zona norte de Caicó, o profissional autônomo, Francisco Marcelino Batista, de 56 anos, natural de Patu, que residia na Júlia Rodrigues, nº 520, no Bairro Boa Passagem.

O crime foi registrado às 22hs na Avenida Ruy Mariz, quando ele se deslocava de moto para sua residência.

A Polícia Militar juntamente com o Samu foram acionados. A vítima ainda recebeu atendimento no local da ocorrência. A equipe do Samu tentou reanimá-lo por mais de 30 minutos sem êxito.

O ITEP e a Polícia Civil também foram acionados.



Pedro Velho: MP consegue condenação de 18 anos para acusado da morte de adolescentes

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça a condenação de Severino do Ramo da Silva, conhecido como “Moleque”, acusado de ser o mandante do crime de homicídio do adolescente Gian Pedro da Silva, no município de Pedro Velho. O Tribunal do Júri da comarca imputou uma pena privativa de liberdade de 18 anos e seis meses de reclusão, em regime inicialmente fechado.

O crime ocorreu em 28 de dezembro de 2012. As investigações realizadas pela Promotoria de Justiça da comarca basearam a ação penal proposta pelo MPRN em 2013.

A autoria mediata do crime foi descoberta a partir de interceptações telefônicas autorizadas judicialmente, que ainda permitiu que o MPRN identificasse a existência de uma associação criminosa voltada para o tráfico de drogas com atuação no Município, a partir do acusado – ele se encontrava preso na penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

A investigação concluiu que a morte de Gian, ocorrida no dia seguinte à prisão de um traficante conhecido como Walter (braço direito de “Moleque” no tráfico de drogas), foi ordenada por Severino, como represália de possível delação do adolescente. “Moleque” teria ainda utilizado dois adolescentes integrantes da associação, um deles assumindo a posição que antes era ocupada por Walter, para executar o crime.

O conselho de sentença considerou réu culpado pela prática de homicídio triplamente qualificado e de corrupção de menores.

No entanto, o MPRN recorreu da sentença quanto à pena aplicada, pois entende que há mais elementos nos autos que justificam uma aplicação maior da condenação fixada pelo júri.



DHPP elucida homicídio ocorrido em Lagoa Nova

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o homicídio de Jefferson Mateus de Oliveira da Silva, mais conhecido como “Bileu” ou “Jubileu”, morto na noite de 04 de agosto de 2016, no bairro de Lagoa Nova, localizado na Zona Sul de Natal. Segundo investigações, o autor do crime foi um adolescente, o qual foi morto no dia 31 de agosto de 2016, e o corpo deixado próximo a ponte de Igapó, em frente a Favela do Mosquito, juntamente ao corpo de outro homem. A autoria teria sido confessada a familiares do adolescente, e a motivação seria uma desavença com a vítima.



Garçom é assassinado em Cerro Corá/RN

Jailton foi assassinado em Cerro Corá

O Instituto Técnico-Cientifico de Perícia –  ITEP, Regional de Caicó, registrou um homicídio no início da noite desta quinta-feira (07), por volta das 18hs, na zona rural de Cerro Corá/RN. A vítima foi o garçom, Jailton Ribeiro da Silva, de 37 anos, que residia no Sítio Catolé. O homem que era natural da cidade de Assu, trabalhava no Bar de Galeguinho quando foi atingido por disparo de arma de fogo pelas costas.

Segundo a polícia local, um homem entrou no bar e pediu água. Quem o atendeu foi a vítima que disse não dispor de água. Logo, o suspeito pediu uma cerveja. Quando Jailton Ribeiro se virou e afastou-se, nesse momento, o homem sacou uma arma e atirou. A vitima caiu e ele fugiu.

A Polícia Militar foi acionada juntamente com a Polícia Civil e o ITEP de Caicó. O corpo foi removido para ser necropsiado.

A vítima tinha passagem pela polícia. Ele foi condenado a cinco anos em regime semi-aberto por tentativa de homicídio contra sua ex-companheira.



Polícia de Pedro Velho prende suspeito de matar o próprio pai

Polícia de Pedro Velho prende suspeito de matar o próprio pai

Policiais de Pedro Velho prenderam em flagrante, neste domingo (02), Damião Carlos Soares da Costa, 30 anos, suspeito pelo homicídio de José Soares da Silva, seu pai de 79 anos, no município de Santo Antônio.

Na manhã de deste domingo, o suspeito foi a um batalhão da Polícia militar para informar o desaparecimento do pai da residência onde os dois moravam. Quando os policiais foram ao local, Damião confessou o crime e indicou que o corpo estava em uma cisterna.

O Damião foi preso em flagrante e autuado pelo crime de homicídio, sendo encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



DHPP prende homem suspeito por homicídio ocorrido na Avenida Ayrton Senna

Rato foi preso por policiais do DHPP – (Foto: Divulgação Degepol/RN)

Policiais civis da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, neste sábado (03), Pedro Victor Maciel Silva, mais conhecido como “Rato”, 18 anos, suspeito pelo homicídio de José Erimar Santana Filho, 23 anos, e pela tentativa de homicídio de Kleyton Rafael de Lima Weigert, 27 anos, ocorridos em abril deste ano na cidade de Natal.

Segundo investigações, “Rato” disparou contra uma motocicleta, onde estavam os dois homens, na Avenida Ayrton Senna, próximo a uma conveniência, na madrugada do dia 23 de abril. A vítima fatal estava na garupa da moto, enquanto o piloto sobreviveu ao ataque.

Pedro Victor foi preso em cumprimento a um mandado de prisão temporária, quando estava na Rota do Sol, próximo ao estádio Frasqueirão, embarcando em um ônibus que ia para cidade do Recife.



Polícia Civil apreende adolescente suspeito por homicídio em São Vicente

A Polícia Civil de São Vicente, com apoio da Polícia Militar, apreendeu nesta sexta-feira (02), um adolescente, em cumprimento a um mandato de busca e apreensão. Ele é suspeito de ter praticado o homicídio de Clécio Barbosa Meira de Oliveira, juntamente com Francisco Anderson Batista da Silva, vulgo “Zé Pretinho”, ocorrido na cidade de São Vicente, no dia 25 de março deste ano. Os policiais civis também cumpriram mandado de prisão preventiva contra “Zé Pretinho” que já estava detido no presídio de Jucurutu.

A família da vítima prestou o boletim de ocorrência em Natal e as investigações foram articuladas pelo delegado Lenivaldo Pimentel, diretor da Polícia Civil do Interior (DPCIN) em conjunto com o Delegado Rafael García da cidade de São Vicente.Na ação foi apreendida a motocicleta usada no dia do homicídio, celulares, dois recipientes de chumbo e pólvora.



Polícia Civil prende em São Paulo suspeito de homicídio em Natal

Alexsandro Barbosa do Nascimento é suspeito da prática de homicídio em Natal – (Foto: Divulgação/Assessoria Degepol RN)

Uma ação em conjunto entre policiais civis da 9ª Delegacia de Polícia do Rio Grande do Norte, o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil (NIP) e a 2ª Delegacia de Capturas de São Paulo prendeu, nesta quarta-feira (31), na cidade de São Paulo, Alexsandro Barbosa do Nascimento, 36 anos, suspeito por cometer um homicídio, ocorrido em 2011, no conjunto Parque dos Coqueiros, localizado na Zona Norte de Natal.

Segundo investigações, Alexsandro teria assassinado Adeinilton Freitas Santos, no dia 02 de setembro de 2011.

O homem foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva e será recambiado para Natal, onde será autuado pelo crime de homicídio.



Caicó: Júri Popular condena “Guiguiu” a pena de 16 anos pela morte de “Avalanche”

Petrucio Railande foi condenado a pena de 16 anos por homicídio – (Foto: Blog de Jair Sampaio)

O Conselho de Sentença reunido nesta quarta-feira (31), no plenário do Fórum Amaro Cavalcante em Caicó, julgou e condenou o jovem caicoense Petrúcio Railande dos Santos, também conhecido por “Guiguiu”. Ele estava presente no fórum.

A pena aplicada foi de 16 anos, 07 meses e 15 dias de reclusão. Ele matou com disparos de arma de fogo no dia 10 de agosto de 2014, Silas Tavares da Silva, também conhecido por “Avalanche”, que tinha 25 anos e residia na Rua Manoel Fernandes Jorge no Bairro João XXIII. O crime foi praticado dentro da casa da vítima.

Na época levantou-se a possibilidade de que crime foi praticado por causa de dívidas da vítima com traficantes de drogas.

Durante a sessão de julgamento, o promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, defendeu a tese de homicídio qualificado pelo motivo torpe, qual seja, dívida oriunda do tráfico de drogas.

A defesa do réu, patrocinada pelos advogados, Ádson Soares de Azevedo e Henrique Bruno de Oliveira Fernandes, sustentou a tese da negativa de autoria e, subsidiariamente, desclassificação para homicídio simples.



STF nega seguimento a Habeas Corpus de ex-vereador acusado de homicídio no RN

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento (julgou incabível) ao Habeas Corpus (HC) 143261, impetrado em favor do ex-vereador de Vera Cruz (RN) Cleonaldo Joaquim de Oliveira, preso preventivamente pela suposta prática dos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver, apurados pela operação Descanso, ocorrida em 2012.

O relator aplicou ao caso a Súmula 691 do STF (não compete ao Supremo conhecer de habeas corpus impetrado contra decisão do relator que, em HC requerido a tribunal superior, indefere a liminar). O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em decisão monocrática, negou pedido de liminar em recurso em habeas corpus da defesa do ex-vereador.

O ministro Gilmar Mendes não vislumbrou, na decisão do STJ, nenhuma das situações que poderiam afastar a incidência da súmula: flagrante constrangimento ilegal e manutenção de situação que seja manifestamente contrária à jurisprudência do Supremo. Salientou ainda que o acusado responde a outra ação penal, também pelo delito de homicídio, em trâmite no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN). A condenação foi confirmada em apelação criminal e o réu encontra-se preso em razão da execução provisória da pena.

Continue lendo



Policiais Civis de Assú prendem foragido da Justiça suspeito pelo homicídio de idoso

Foragido da Justiça é preso em Natal – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil/RN)

Uma equipe de policiais civis da delegacia de Assú prendeu, neste domingo (09), o foragido da Justiça Uberlândio Rodrigues de Macêdo, vulgo “Pilate”, 34 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito pelo homicídio do idoso Antônio Vieira da Silva, conhecido como “Antônio Gago”, a época com 72 anos, ocorrido no dia 25 de março de 2016 na comunidade Riacho, zona rural de Assú.

A equipe de policiais descobriu em investigações que a motivação do crime teria sido por vingança, uma vez que Antônio Gago havia sido apontado como o autor da tentativa de homicídio contra o Uberlândio Rodrigues. Ele fora atingido na região do tórax por uma espingarda calibre 12.

O idoso também é suspeito de ser o autor do homicídio de Diego Cabral e tentativa de homicídio de Jadson Coelho ocorridos no dia 13 de setembro de 2013, na Avenida Prefeito Arcelino Costa Leitão, em Assú. Este crime teria sido motivado em razão da suspeita de que Jadson Coelho havia subtraído um carneiro da propriedade de Antônio. No dia do crime, Antônio Gago e outras duas pessoas efetuaram disparos de arma de fogo, de dentro de um carro escuro, contra Jadson Coelho e Diego Cabral que estava no local, ele foi alvejado pelos disparos não resistindo aos ferimentos e vindo a óbito.

A polícia encontrou Uberlândio Rodrigues, que havia fugido da cidade de Assú para Natal após o crime, na Feira Livre do Bairro Cidade da Esperança, onde trabalhava como feirante vendendo peixes. Ele foi preso e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.