Covid-19: Com poucos leitos de UTI, Sesap busca vagas no Seridó e Oeste

Dados mostrados por volta das 12h30

A ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19, nos hospitais de Natal e Região Metropolitana aumenta com o passar das semanas. Com isso, a Sesap começa a regular para outras unidades do estado, como Mossoró e Caicó.

Neste domingo (22), pelo menos 5 pessoas devem ser transferidas para o Hospital Regional do Seridó, em Caicó, inclusive, um deles, de avião. Na manhã deste domingo, por volta das 11h40min, segundo o Regula RN, a UTI da referida unidade tinha 6 leitos disponíveis, enquanto o sistema mostrava 13 hospital em todo o estado com 100% dos leitos críticos ocupado.

Dados mostram situação por hospital

Hospitais de Caicó e Currais Novos recebem ampliação de leitos de UTI

A população do Seridó potiguar receberá do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a ampliação do número de leitos de UTI nos hospitais regionais de Caicó e Currais Novos. Nesta terça-feira (06), o secretário de Saúde, George Antunes, visitou as obras das duas unidades. Em Caicó, o hospital salta de cinco para 10 leitos. A expectativa da Sesap é que a inauguração oficial aconteça até o final do mês. Já Currais Novos, o acréscimo é de seis leitos, passando de quatro para 10, com previsão de conclusão de obras para abril.

Continue lendo


RIO GRANDE DO NORTE: Acelerador Linear chegará a três hospitais do estado

Hospitais do RN terão aceleradores lineares

Para aumentar o acesso da população ao tratamento contra o câncer no SUS, o Governo Federal expandiu a distribuição dos aparelhos utilizados nas sessões de radioterapia, conhecidos como aceleradores lineares.  Ao todo serão entregues pelo Ministério da Saúde 140 aceleradores lineares em todo país. O Hospital da Solidariedade, em Mossoró, o Hospital Universitário Onofre Lopes e Hospital Dr. Luís Antônio em Natal estão entre os beneficiados. Cerca de 500 milhões de reais foram investidos para adquirir 100 desses aparelhos, além da realização de projetos e obras. Os outros 40 aceleradores serão adquiridos com recursos de convênios. Essa medida vai garantir a cobertura no Sistema Único de Saúde (SUS) de mais de 70 milhões de brasileiros, como explica o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Continue lendo


Secretário estadual de Saúde visita obras de hospitais de Currais Novos e Caicó

Secretário de Saúde visitou obras em hospitais no Seridó

O secretário de estado da Saúde Pública, George Antunes, visitou as obras de ampliação do Hospital Mariano Coelho, em Currais Novos, e do Hospital Regional do Seridó, em Caicó, nesta quinta-feira (18). Com a ampliação, o hospital de Currais Novos passará de 4 para 10 leitos de UTI Adulto e também de 4 para 10 leitos de UTI Neonatal.

As obras em Currais Novos encontram-se em fase de conclusão da estrutura e início do revestimento e devem ser finalizadas em março deste ano. Já as obras de ampliação da UTI do Hospital Regional do Seridó, cuja conclusão está prevista para este mês, permitirá a abertura de mais cinco leitos de UTI Adulta, contabilizando um total de 10 leitos.

Na visita, o secretário foi acompanhado pelo coordenador de Operações de Hospitais e Unidades de Referência da Sesap, Carlos Eduardo de Albuquerque, pelo coordenador administrativo, Anselmo Cortez, e pelo coordenador do Grupo Auxiliar de Engenharia e Projetos da Sesap, Alcedo Germano.


Sesap e Itep devem cadastrar funerárias para remoção de cadáveres em hospitais

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) cadastrem funerárias com registro regular para facilitar a identificação delas pelos hospitais quando houver a necessidade de remoção de cadáveres. A recomendação, expedida pela 47ª Promotoria de Justiça de Natal, foi publicada na edição desta sexta-feira (18) do Diário Oficial do Estado (DOE).

O documento é endereçado ao secretário estadual de Saúde, George Antunes de Oliveira, e ao diretor-geral do Itep, Marcos José Brandão Guimarães. O objetivo é acompanhar o cadastramento, na Sesap e no Itep, das empresas relacionadas às atividades de remoção de cadáveres, principalmente relacionados aos traslados de corpos oriundos de hospitais.

A Promotoria adverte que a não observância da recomendação implicará na adoção das medidas cabíveis. O MPRN deu prazo de 30 dias para que sejam encaminhadas informações pormenorizadas quanto à adoção das medidas administrativas para o pleno atendimento da recomendação.

Clique aqui e leia a íntegra da recomendação.


Robinson esclarece: “Meu Governo não fechará hospitais”

O governador Robinson Faria afirma veementemente que não permitirá o fechamento de hospitais regionais no seu governo e esclarece quais são as determinações da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta entre Governo do Estado e Ministério Público. “O TAC não determina o fechamento, mas um estudo de redefinição do perfil das unidades. Não vamos fechar“, disse.

Ele explica que, ao contrário, trabalha para recuperar e reabilitar os hospitais dentro da estratégia de regionalização do atendimento à saúde. “Estamos destinando mais de R$ 40 milhões para a reforma e reequipamento de sete hospitais regionais. Instalamos tomógrafo em Mossoró e Caicó e vamos instalar em Pau dos Ferros. Vamos investir R$ 100 milhões na construção do Hospital da Mulher em Mossoró, já em licitação. E estamos recuperando e reequipando 21 maternidades em diversos municípios. Isso tudo com recursos que conseguimos junto ao Banco Mundial“, explica o governador.

O chefe do Executivo estadual informa ainda que acabou de conseguir R$ 150 milhões junto ao Ministério da Saúde, o que vai permitir reabastecer e regularizar o funcionamento de toda a rede de saúde do Estado e implantar novos serviços como os mutirões de ortopedia e de cirurgias eletivas – e as policlínicas para agilizar exames.

O governo afirma também que o documento assinado com o Ministério Público tem por objetivo avaliar o sistema de atendimento e promover ajustes no perfil das unidades hospitalares do estado dando a elas funções que melhor couberem na sistemática do SUS. “Não haverá fechamento de hospitais“, assegura.


Em nota Sesap esclarece que TAC sugerido é para revisão em hospitais da rede estadual

A respeito do Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo Governo do Estado com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público Estadual, esclarecemos o que TAC foi sugerido pelo MP após um minucioso estudo realizado sobre o atendimento na rede de hospitais regionais do RN, que identificou a necessidade de uma adequação à realidade financeira do Estado.

O Termo determina a elaboração de um plano de revisão dos hospitais da rede, observando-se critérios de otimização dos recursos orçamentários escassos.

Também está prevista a conversão de hospitais que não apresentam condições estruturais de atendimento pleno para Unidades de Pronto-atendimento, UBS – Unidade Básica de Saúde, Sala de Estabilização, de forma que permaneçam em funcionamento como unidades de saúde.

Trata-se, portanto, de um reordenamento para definir uma melhor aplicação e distribuição dos recursos destinados à rede e, consequentemente, por um melhor atendimento à população, com hospitais em pleno funcionamento.

O Governo do Estado trabalha para garantir o melhor atendimento a toda a população, sem desperdício de recursos.